Blog Pós-graduação UNIPÊ

BLOG PÓS-GRADUAÇÃO UNIPÊ

Você sabe qual a importância das redes sociais para a sua carreira?

Postado por Fábio Albuquerque

Quem realmente se destaca em todas as corporações e negócios, não importando o porte ou a área de atuação? São as pessoas! Por isso, a imagem e o marketing pessoal são de extrema relevância para a carreira. Ainda mais hoje, em que existe uma grande importância das redes sociais devido ao caráter online assumido em todo o mundo.

Mas será que você usa as suas redes sociais adequadamente para o lado profissional? Ainda que o seu perfil seja apenas pessoal, saiba que pode ser uma fonte de análise sobre sua personalidade, principalmente se você estiver em busca de cargos mais altos na hierarquia de uma empresa.

No post de hoje, vamos falar sobre como os sites de relacionamento influenciam a sua carreira e daremos dicas para você utilizá-los a seu favor. Acompanhe!

voce-sabe-qual-a-importancia-das-redes-sociais-para-a-sua-carreira.jpg

O uso da internet e das redes sociais

A web, com o tempo, passou a ser essencial na vida de todos, mas nem sempre foi assim. No início, o objetivo era estritamente profissional. Com a evolução da internet, seguiu-se um rumo que potencializou, acima de tudo, as formas de comunicação.

É nesse contexto que estão inseridas as redes sociais: uma forma de facilitar o compartilhamento de ideias e a comunicação entre as pessoas. Por exemplo, quem já encontrou, virtualmente, um colega de infância que não via há muitos anos e teve a grata surpresa de saber que ele está cursando uma pós-graduação ou se tornou CEO de uma organização?

Esse exemplo mostra, entre muitos outros aspectos, que esses sites se tornaram uma forte ferramenta para o networking. Ainda que ninguém queira utilizá-los para fins de carreira, eles serão usados para análise de perfis pelas empresas. O inverso também acontece: consumidores e candidatos a emprego podem avaliar companhias por meio dessas páginas.

Por isso, o melhor caminho para usar corretamente as redes sociais é sendo coerente e honesto. Ser autêntico em seus perfis, sejam profissionais ou pessoais, é a melhor forma de se destacar. Não é preciso ser sério o tempo todo ou ter o mesmo estilo em todos os sites de relacionamento, até porque cada um deles terá um propósito. Mas é importante não ser uma pessoa completamente diferente a cada rede social.

A influência das redes sociais no mercado de trabalho

Tendo em vista que a maioria das pessoas demonstra opiniões e compartilha assuntos de seus interesses nas redes sociais, isso passou a influenciar muito o mercado de trabalho, em especial com relação aos processos seletivos e opiniões de headhunters — em inglês, “caçador de cabeças”, especialistas responsáveis por buscar talentos no mercado.

Há sites de relacionamento específicos para o lado profissional, como é o LinkedIn, e outros portais para empregos, como Catho e Vagas.com.br. Contudo, o mercado observa também outros locais, como Twitter e Facebook, em que poderão avaliar comportamentos e posturas importantes para as empresas, como questões voltadas a ética e valores. Dessa forma, é possível analisar se o indivíduo está em consonância com a filosofia e missão das organizações.

Digamos que você tenha especialização voltada para a área da psicologia. É de se esperar que apresente um perfil no LinkedIn informando toda a sua trajetória acadêmica e histórico na área. Além disso, a expectativa será de encontrar em suas redes pessoais informações relacionadas ao trato humano, ou que, pelo menos, não sejam totalmente distantes disso.

O mesmo ocorreria com alguém que é formado em Computação e TI. Principalmente nesse ramo, em que estar online faz parte do escopo de trabalho, pretende-se encontrar dados relacionados ao segmento em todos os seus perfis.

Baixe agora

A utilização das redes sociais em favor da sua carreira

Há dicas práticas para usar as suas redes sociais como um catalisador da sua carreira. Veja algumas formas de ter um marketing pessoal excelente sem fazer nenhuma ação mirabolante e sem precisar ser alguém diferente de quem você realmente é:

Preencha todos os perfis dos sites de relacionamento

Tem uma conta no LinkedIn? Então, provavelmente você já possui todos os seus dados de currículo preenchidos, incluindo interesses. Se ainda não o fez, corra para atualizar seu perfil, pois ele é geralmente a porta de entrada para a maioria das empresas.

Em seguida, pense agora em suas outras redes sociais. As mais comuns são Facebook, e Twitter. Preencha algumas das suas informações e aproveite para colocar uma expressão curta que indique qual é o seu papel profissional.

Em sites com perfis mais pessoais isso já é suficiente para dar uma boa impressão. Lembre-se sempre de que uma rede não pode contradizer a outra. Quando isso acontece, passa a impressão de que você é uma pessoa inconstante e com pouco desenvolvimento da inteligência emocional.

Busque uma imagem positiva

Mensagens de preconceito, discussões irrelevantes, polêmicas, grosserias e outros comportamentos inadequados existem na internet. Contudo, quem sabe da importância das redes sociais para a carreira deve ter em mente que sua postura digital influenciará de forma direta o marketing pessoal.

Até é possível manter os sites pessoais assim, mas saiba que, se o emprego ou alto cargo não for condizente, a empresa não o contratará se encontrar esse tipo de perfil.

Escreva em inglês ou outra língua se você tem um segundo idioma fluente

Tem um segundo idioma? Busque reportagens estrangeiras e comentários em inglês, por exemplo. Isso, sutilmente, demonstra que você tem a fluência necessária. Mas cuidado: somente escreva se tiver domínio da respectiva língua.

Participe de grupos

Esteja em grupos de mesmo interesse. O LinkedIn tem várias formas de participação, nos mais variados temas. É comum haver discussões interessantes, que podem revelar suas competências de habilidades sem parecer um outdoor de propaganda.

Aliás, demonstrar conhecimento nas redes sociais deve ser assim: naturalmente. Aqui também vale fazer parte de grupos que falem o segundo idioma, como informamos no tópico anterior.

Faça publicações de conteúdos

Se você tem formação ou expertise em algum assunto, publique textos sobre o tema. O LinkedIn tem uma parte dedicada a publicações. Há também outras redes para isso, como a Medium.

O mesmo vale para quem sabe editar imagens. Você pode criar infográficos e figuras bem-humoradas! Isso cativará o público e divulgará o que você sabe, tornando-o uma autoridade na sua área. Essa iniciativa chama a atenção de muitas empresas para o seu talento.

O outro lado da importância das redes sociais: avaliando as empresas

Assim como as pessoas, empresas também são avaliadas virtualmente. Isso já vem transformando, por exemplo, as relações de consumo. Assim, os clientes decidem onde e como comprar a partir de comentários em redes sociais.

No meio profissional, os aspectos são voltados à retenção de talentos: companhias buscam demonstrar que valorizam seus colaboradores a fim de manter um time de alta performance. Desde quem vai buscar o primeiro emprego, procurar recolocação ou pretende mudar de empresa, vale analisar a organização e, além disso, observar a postura de gestores e diretores. Com isso, é possível ver se a filosofia do negócio atende às suas expectativas.

Viu como é grande a importância das redes sociais para a sua carreira? Você já usa seus perfis nesse sentido? Conte para nós pelos comentários!

Acessar material

pós-graduação

Fábio Albuquerque

Fábio Albuquerque

Pró-Reitor da Pós-graduação do Unipê. Mestre em Administração pelo Programa de Pós-graduação em Administração da Universidade da Paraíba, Especialista em Estratégia Empresarial e Pesquisador de Marketing, Consumo e Sociedade, além de Tecnologia da Informação e Sociedade.

ÚLTIMOS POSTS

ASSINE A NEWS

VÍDEOS

ACOMPANHE O UNIPÊ

REDE SOCIAIS