Blog Pós-graduação UNIPÊ

BLOG PÓS-GRADUAÇÃO UNIPÊ

Qual tipo de pós-graduação escolher?

Postado por Fábio Albuquerque

Extensão, Especialização, Lato Sensu, Stricto Sensu, MBA, Mestrado, Doutorado… com essa quantidade de nomes e termos acadêmicos, às vezes fica complicado, para quem acaba de se formar no ensino superior, escolher a modalidade que melhor se aplica aos seus objetivos e, ao mesmo tempo, condiz com seu perfil. A oferta é tão grande que nada impede o profissional de escolher um curso errado e engrossar a eterna lista dos insatisfeitos com a própria pós.

Se você pretende entrar numa pós que realmente faça diferença na sua trajetória, conheça qual o tipo de pós-graduação mais se encaixa com seu perfil. Além disso, é importante saber a duração e conteúdo específicos de cada uma. Ainda não decidiu qual o melhor curso para você? Então descubra agora!

tipos-pos-graduacao-blog-unipe-pos-graduacao

Qual seu perfil?

Quer dar aulas, transformar-se num especialista em determinado assunto ou quer investir numa carreira baseada em gestão? Antes de escolher uma pós é preciso ter bem clara a questão de perfil, pois você irá investir tempo, dinheiro (e muita expectativa). Você já deve ter encontrado por aí alguém que se arrependeu de fazer uma pós, vindo até mesmo a largá-la antes de concluí-la. Embora não possamos generalizar, muitas vezes a insatisfação com a pós é fruto do desconhecimento do próprio perfil.

Afinal, se o seu objetivo é tomar as rédeas da empresa onde já trabalha como administrador, um mestrado extremamente acadêmico não te ajudará nesse objetivo a curto prazo. Se você sempre sonhou em dar aulas, uma especialização não irá contribuir muito além de pesar no seu currículo. Por último, se seu objetivo é simplesmente se aprofundar naquela matéria que você sempre gostou, um mestrado pode se revelar muito puxado. Confira as modalidades:

Extensão e Especialização

Contrariando o que muitos alunos pensam, cursos de extensão nada têm a ver com pós-graduação. Na verdade, os cursos de extensão são cursos extra-curriculares abertos a toda comunidade e que o acadêmico faz, se quiser, durante o período de graduação.

Já os cursos de especialização, esses sim, são voltados para quem já concluiu a faculdade e deseja se tornar um especialista em setores delimitados das atividades acadêmicas e profissionais, ou, simplesmente, aprimorar os conhecimentos do trabalho que exerce. Um exemplo de curso de extensão são os voltados para as artes, como pintura e modelagem. Já especialização envolve conhecimentos que caem muito bem como complemento de qualquer graduação como marketing e comunicação empresarial.

Baixe agora

Lato Sensu e Stricto Sensu

A terminologia, em latim, é usada exclusivamente no Brasil. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), a Pós-Graduação Lato Sensu tem carga horária mínima de 360 horas e é voltada para quem já tem diploma de curso superior, compreendendo programas de especialização e os cursos de MBA (Master Business Administration). Atenção: ao final do curso o aluno obterá certificado e não diploma, pois dispensa autorização prévia do MEC.

A Pós Stricto Sensu também é voltada para quem já se formou no ensino superior, mas que pretende investir na carreira acadêmica por meio de um mestrado, doutorado e pós-doutorado. Vale destacar que o mestrado tem sido uma opção viável para boa parte dos graduados, que passa a ser sustentada por bolsas de estudo. Em aproximadamente dois anos, os mestrandos são obrigados a entregar a tese de mestrado, o que lhes concede sinal verde para dar aulas em universidades.

MBA

Conforme foi citado, os cursos de MBA (Master Business Administration) integram a modalidade Lato Sensu e, embora possuam “master” no nome, não são cursos de mestrado. Os MBA’s são cursos de especialização voltados para a área de Administração, com um foco aprofundado em gestão e negócios. São os preferidos por executivos ou diretores que já atuam no mercado de trabalho e visam uma promoção e, claro, salários mais altos.

Escolha que pesa no currículo

A oferta de cursos pode ser vasta, mas engana-se quem pensa que, por isso, uma pós no currículo já não faça tanta diferença assim. O mercado brasileiro tem valorizado cada vez mais tanto os profissionais que apresentam uma base de conhecimentos gerais sobre todas as áreas de um negócio como aquele que se especializa num só tópico. Portanto, em se tratando de pós, qualquer opção de curso é bem vista pelos recrutadores, além de abrir as portas para salários acima da média, mais precisamente 107% a mais que os graduados - dados do IBGE.

E então, depois dessas dicas ficou mais fácil escolher seu tipo de Pós? O ideal é que, assim que fizer sua escolha, você procure a secretaria da instituição ofertante e discuta condições de financiamento, bem como se informe sobre o processo de inscrição. Dependendo da modalidade e do curso, há provas e seleção prévia de currículos para o preenchimento das vagas. Portanto, prepare-se para fazer uma ótima pós-graduação e boa sorte!

Ainda tem alguma dúvida sobre os tipos de pós-graduação? Compartilhe com a gente a sua dúvida!

Acessar material

pós-graduação, carreira

Fábio Albuquerque

Fábio Albuquerque

Pró-Reitor da Pós-graduação do Unipê. Mestre em Administração pelo Programa de Pós-graduação em Administração da Universidade da Paraíba, Especialista em Estratégia Empresarial e Pesquisador de Marketing, Consumo e Sociedade, além de Tecnologia da Informação e Sociedade.

ÚLTIMOS POSTS

ASSINE A NEWS

VÍDEOS

ACOMPANHE O UNIPÊ

REDE SOCIAIS