Blog Pós-graduação UNIPÊ

BLOG PÓS-GRADUAÇÃO UNIPÊ

Qual a real importância da qualificação profissional

Postado por Fábio Albuquerque

Com um mercado de trabalho competitivo, a qualificação profissional tem um importante papel na trajetória corporativa. Embora algumas áreas estejam com poucas oportunidades de trabalho, ainda há setores com diversas vagas disponíveis, mas faltam candidatos que atendam às exigências.

As empresas buscam pessoas que já tenham as competências necessárias para atuar em cargos bem remunerados porque nem sempre há tempo para desenvolver programas de treinamento e capacitação. Por isso, o profissional deve estar preparado para iniciar na função desde o primeiro momento.

A experiência é um fator determinante, assim como o diploma é outro fator de peso. Além disso, um curso de especialização permite que o candidato esteja à frente dos concorrentes em processos seletivos mais acirrados. E para aqueles que já conquistaram seu espaço na empresa, a formação pode somar vários pontos no currículo, para receber uma promoção ou aumento de salário.

Neste artigo, vamos falar a respeito do assunto e apresentar algumas vantagens de investir em um curso de pós-graduação para alavancar a carreira e ter maiores chances de crescimento profissional.

qual-a-real-importancia-da-qualificacao-profissional.jpg

Um curso de especialização é um grande diferencial para o candidato

Hoje em dia, mesmo em tempos de crise, há muitas vagas nas empresas. Porém, poucos profissionais conseguem se manter no mercado de trabalho, devido à falta de habilidades específicas. O curso superior não é mais um requisito desejável, e sim obrigatório para ter chances de efetivação no mundo corporativo.

Com a concorrência mais intensa, a qualificação profissional é fundamental para aumentar as chances de conseguir melhores oportunidades de trabalho. O conhecimento adquirido na pós-graduação permite que o profissional atue com mais independência e precisão.

Dessa maneira, o serviço é executado com um prazo menor, se comparado à produção de um funcionário menos preparado. Essa otimização do tempo significa menos investimentos por parte do empregador.

Em época de cortes de serviços, o funcionário qualificado tem mais possibilidades de manter-se no emprego. O contratante reconhece o colaborador que merece continuar na posição em períodos de adversidade econômica, justamente por se destacar dos demais.

A pós-graduação funciona como uma atualização na área

O curso serve para proporcionar, ao profissional, conhecimentos específicos da área que deseja atuar. Esse tipo de upgrade na formação permite que o trabalhador consiga aprimorar suas habilidades no campo profissional e executar tarefas com mais propriedade.

A convivência com outros alunos da mesma área garante uma troca de experiências a respeito de procedimentos e situações comuns do dia a dia. A reciclagem de ideias traz diversos benefícios para a rotina corporativa, agregando novas formas de solucionar problemas.

Outra situação que serve para impulsionar o interesse em uma atualização é a realização de múltiplas tarefas. É comum um empregado antigo receber novas atribuições na empresa, mas nem sempre ele domina a função.

Com uma qualificação, ele se torna mais confiante e preparado para ocupar novas posições na instituição, ou complementar sua experiência da graduação de acordo com o cargo ocupado.

É importante salientar que estar atualizado é uma maneira de se adaptar ao mercado e ter mais condições de competir com outros candidatos formados na mesma área. Quem busca se aprofundar em determinado nicho de mercado ganha mais notoriedade.

Baixe agora

A qualificação profissional proporciona novos desafios

Um curso de pós-graduação permite que o aluno se aprimore em um setor relacionado a seu cargo atual, além de abrir um imenso leque de novas opções. Para quem deseja mudar a carreira para outra direção, a especialização serve para aprender uma nova profissão, desde que relacionada com a graduação principal.

Um exemplo é a área de gestão, indicada para aqueles que almejam cargos de chefia. Há, ainda, os programas de aperfeiçoamento e diversos tipos de MBA.

É mais prático optar por um mestrado ou pós-graduação para redirecionar a trajetória profissional. Uma segunda graduação demanda mais tempo e empenho do que a especialização, que tem carga horária menor. O custo também é menor e o foco de estudos é mais preciso, com aprendizado menos genérico.

A graduação não agrega uma capacitação particular para determinada área, mas ela é muito abrangente. Já a formação de pós-graduação funciona como um funil, atendendo interesses voltados a uma margem de alunos menor e mais decidida em relação ao futuro profissional.

O reconhecimento na área pode resultar em aumento de salário ou em promoção

Além de proporcionar uma inserção no mercado de trabalho, a qualificação pode ser um elemento decisivo na valorização do colaborador. Isso porque as empresas preferem aumentar a remuneração de seus atuais funcionários a abrir processos seletivos, tamanha a dificuldade de encontrar candidatos que atendam às exigências das vagas. Isso também é uma forma de valorizar os contratados e mantê-los na equipe.

Ficar estagnado na rotina significa perder oportunidades de ascensão e maior risco de perder o emprego para um colega com currículo mais adequado ao foco da empresa.

qualificacao-profissional.gif

O profissional melhora seu networking

É sempre importante ampliar a rede de contatos para trocar experiências e conseguir indicações de trabalho. Conhecer colegas de profissão também ajuda a saber sobre eventos e palestras relevantes para sua ocupação.

No meio corporativo, o networking é decisivo para quem deseja ter maior destaque em sua área e ser reconhecido por colegas, além de criar laços com colegas de outras instituições. Portanto, o marketing pessoal é uma ferramenta que pode abrir muitas portas.

O curso de pós-graduação deve ser visto como um investimento para a carreira — é como uma carta na manga, um trunfo que serve para diversas situações. Quando surgir a necessidade de ocupar um cargo de responsabilidade, é bem provável que o RH priorize seus próprios colaboradores em vez de optar por alguém de fora.

A capacitação é uma chance de ser reconhecido e ganhar mais visibilidade no ambiente de trabalho. Afinal, quanto maior o cargo e o salário, maior deve ser o comprometimento com resultados.

Cada profissional deve analisar a importância da pós-graduação ou mestrado para sua carreira, levando em consideração sua trajetória e planos de crescimento na área de atuação.

Você tem algum outro motivo para optar por uma qualificação profissional? Conta para nós nos comentários.

Acessar material

pós-graduação

Fábio Albuquerque

Fábio Albuquerque

Pró-Reitor da Pós-graduação do Unipê. Mestre em Administração pelo Programa de Pós-graduação em Administração da Universidade da Paraíba, Especialista em Estratégia Empresarial e Pesquisador de Marketing, Consumo e Sociedade, além de Tecnologia da Informação e Sociedade.

ÚLTIMOS POSTS

ASSINE A NEWS

VÍDEOS

ACOMPANHE O UNIPÊ

REDE SOCIAIS