pós-graduação

O que é resiliência e como ela pode te ajudar profissionalmente

Ana Flávia da Fonseca
03-07-2018 7:10

Você sabe como atuar com competência, mesmo sob pressão? Saber responder rapidamente e, ao mesmo tempo, demonstrar criatividade para encontrar soluções mesmo nos momentos difíceis não é uma tarefa fácil. No entanto, hoje, mais do que nunca, é necessário ser resiliente. Mas o que é resiliência?

Esse conceito engloba todas as características citadas anteriormente. Elas permitem que alguém seja capaz de manter o otimismo e o desempenho desejado mesmo diante de situações adversas. No comportamento humano, trata-se da habilidade de se adaptar e superar situações que tendem a causar estresse.

Continue a leitura e saiba o que é resiliência e como ela pode te ajudar profissionalmente.

o-que-e-resiliencia-e-como-ela-pode-te-ajudar-profissionalmente

O que é resiliência?

A palavra resiliência, originalmente, se refere à capacidade que determinados materiais têm de acumular energia quando são submetidos à pressão. Depois de absorverem o impacto, eles voltam ao estado original sem deformações, quase como um elástico, sabe? Basta lembrar do travesseiro de viscoelástico.

Contudo, o conceito de resiliência que abordaremos aqui é o existente no comportamento humano. Ao aplicá-lo em nosso dia a dia, percebemos que ser resiliente é ter a habilidade de se adaptar e superar adversidades, ou seja, mesmo sob pressão, manter a postura e seguir adiante.

Quais são nossos exemplos de resiliência?

Basta olhar para algumas figuras conhecidas de nossa história. Nelson Mandela, ex-líder sul-africano, combatia com todas as forças o preconceito racial que predominava em seu país. Antes de ser eleito presidente, ele passou cinco décadas contra o regime de segregação e discriminação racial.

Stephen Hawking, físico teórico e cosmólogo mais consagrado da contemporaneidade, foi diagnosticado aos 21 anos com uma doença grave chamada esclerose lateral amiotrófica. Ele, que recebeu poucos anos de vida após o diagnóstico, viveu brilhantemente por mais de 50 anos.

Mandela e Hawking tiveram a capacidade de apanhar e seguir em frente, sempre determinados. Eles enfrentaram problemas, suportaram a pressão e tiveram flexibilidade para se adaptar a mudanças.

Stephen Hawking, por exemplo, perdeu a capacidade de falar. No entanto, ele recuperou com a ajuda de um software que sintetizava sua voz a partir dos movimentos dos seus olhos. E ainda foi além. Escreveu livros com suas teorias sobre física e o espaço, mesmo sem conseguir se mexer. Você percebe a força de vontade que ele manteve viva?

Ser resiliente não significa tornar-se invencível, inabalável ou sem problemas na vida. O que diferencia esse tipo de pessoa das demais é a capacidade de lidar com seus problemas e, mesmo diante deles, não desistir. O ser resiliente aprende com seus erros e sabe se adaptar para continuar sua jornada.

Baixe agora

Como ser alguém mais resiliente?

Para se tornar uma pessoa resiliente, você precisa adquirir as características de alguém assim. Por isso, comece aprendendo a reconhecer os problemas que tem e, diante deles, traçar planos para resolvê-los. Acreditar em si é fundamental para solucionar os problemas de forma criativa e objetiva.

Outro ponto que deve ser trabalhado é a temperança, ou seja, a capacidade de controlar a própria impulsividade. Diante de uma situação de pressão, a maioria das pessoas reage com o calor da emoção e pode acabar perdendo a razão. Mesmo sob pressão, mantenha a serenidade.

Isso leva você a ser mais empático, que é a capacidade de se colocar no lugar do outro enxergar o problema sob a ótica dele. Em vez de ser reativo, você consegue compreender melhor o porquê da outra pessoa agir de um determinado jeito — o que facilita bastante o trato.

Como a resiliência estimula a proatividade?

Em momentos de conflito, o comportamento resiliente o induz a ser proativo. E a proatividade é algo que vai muito além de tomar iniciativas. Quem é proativo se transforma em um agente de mudança, ou seja, não se preocupa em encontrar culpados — primeiramente, somente soluções.

A pessoa resiliente atrai outros iguais, formando uma forte corrente de união. No mundo corporativo, isso é fundamental para o sucesso. Imagine como é trabalhar numa grande corporação em que cada profissional pensa de um jeito e age somente pelo próprio interesse. Impossível, né?

Quem tem resiliência consegue lidar bem com contratempos, desilusões e até injustiças — sem jamais desistir do objetivo que traçou. Trata-se de uma pessoa otimista e muito flexível, que não fica presa às crenças limitantes ou outros fatores que impedem seu crescimento.

o-que-e-resiliencia-e-como-ela-pode-te-ajudar-profissionalmente

Como a resiliência ajuda você profissionalmente?

Reúna todas as características e o conceito do que é resiliência que foram abordados até aqui e aplique-os no seu dia a dia como profissional. Tornar-se resiliente é fundamental para enfrentar os desafios do mercado de trabalho e, acredite, isso é cada vez mais exigido pelas empresas.

Elas desejam profissionais comprometidos, que acreditam em si. Trabalhadores que se comportam assim acreditam mais em suas ações e, portanto, acabam se empenhando mais. Ao mesmo tempo, possuem o controle necessário para influenciar o resultado dos acontecimentos.

E, mesmo diante de situações muito problemáticas, elas enxergam os desafios como um evento que faz parte do processo — em vez de vê-los apenas como ameaças. Isso oferece a energia e disposição necessárias para não se deixar abater quando surgem as dificuldades.

Desse modo, os profissionais resilientes consegue atuar de maneira competente, mesmo quando há forte pressão. Isso ocorre porque eles são mais organizados e conseguem antecipar crises, prever obstáculos e se preparar para lidar com eles. Suas atitudes são mais positivas, sem deixar de ser realistas.

De que forma o mercado de trabalho recebe o profissional resiliente?

Existe firmeza nos propósitos e objetivos estabelecidos de quem é resiliente. Por isso, o desenvolvimento da resiliência é essencial para que os desafios pessoais e profissionais sejam enfrentados com sucesso. O mercado, atualmente, vive um momento de pressão por resultados, bem como mudanças e crises.

As companhias estão sofrendo com a grande quantidade de concorrentes e, por esse motivo, pressionam mais seus profissionais com metas cada vez mais apertadas. Além disso, o mercado passa por um momento de mudanças que exige de cada um agilidade e foco nas soluções para seus problemas.

Saber o que é resiliência contribui com o seu sucesso pessoal e profissional, afinal, ajuda você a se tornar uma pessoa melhor. Você será percebido de uma maneira diferente pelo mercado, amigos, familiares e colegas de trabalho, destacando-se positivamente como alguém capaz de superar as adversidades.

Deixe seu comentário a seguir e expresse sua opinião. Você considera que o mercado de trabalho e as empresas seriam melhores se todos fossem mais resilientes?

Acessar material

Recém adicionados

Veja nossas últimas atualizações
Materiais Gratuitos