Blog Pós-graduação UNIPÊ

BLOG PÓS-GRADUAÇÃO UNIPÊ

Home office: saiba mais sobre essa tendência

Postado por Fábio Albuquerque

Evolução tecnológica, internet, alta velocidade das informações, prazos mais curtos e exigências maiores. O mundo mudou, assim como as relações de trabalho.

É comum aproveitarmos o tempo em aeroportos, cafés, deslocamentos e outras pausas para colocar tarefas em dia ou responder a e-mails. E não poderíamos fugir à mais forte tendência em países desenvolvidos: o trabalho em home office.

Esta prática vem ganhando cada vez mais adeptos no mercado de trabalho brasileiro. Profissionais e empresas se preparam para usufruir das vantagens dessa modalidade de trabalho, mas é preciso atenção para aproveitar as vantagens sem correr os riscos que a atividade pode oferecer.

Confira a seguir vantagens, desvantagens, o que fazer e o que não fazer.

home-office-saiba-mais-sobre-essa-tendencia.jpg

Quais são as vantagens do home office?

Diferentemente do trabalho remoto, que pode ocorrer em um cliente, por exemplo, o home office é opção da empresa e do colaborador para que este desempenhe suas tarefas em casa.

Em casos de reunião ou situações esporádicas, é aconselhável que o colaborador esteja na empresa, pois o trabalho em equipe e as discussões em torno de um projeto são saudáveis e imprescindíveis.

Algumas empresas preferem deixar agendada a presença dos colaboradores em dias determinados, mesmo sem necessidade específica. Essa prática é aconselhável em função da contribuição da equipe e da participação dos colegas em assuntos correlatos aos projetos.

Deslocamento

A não ser que se more ao lado da empresa onde trabalha, os deslocamentos consomem recursos e tempo. Sem contar trânsito, poluição, barulho e impaciência de motoristas e pedestres, que contribuem para que você chegue ao trabalho com alto índice de estresse.

E o dia está só começando...

Evitar deslocamentos significa mais horas de trabalho, menos gastos com transporte e mais disposição para as atividades.

Menos interrupções

Desde que você se planeje bem, combinando com a família — a não ser que more sozinho — sobre a necessidade de não ser interrompido, essa prática favorece a concentração e diminui o tempo de execução de tarefas.

Trabalhar em casa lhe permite ser senhor de seu tempo e atenção.

Baixe agora

Maior produtividade

Com mais tempo para execução das tarefas, menos interrupções e maior concentração, a sua produtividade tende a aumentar. Mais tarefas executadas em menos tempo trazem realização profissional, um dos principais ingredientes da motivação.

Sua performance influenciará os resultados da equipe e de toda a empresa. Por isso, o trabalho remoto tem se espalhado por todo o mundo. Precisamos fazer mais com menos, em menor tempo.

Outra vantagem do maior tempo dedicado ao trabalho é que sobra espaço para atualização e especialização do profissional.

Por esse motivo, algumas áreas se mostram mais propícias ao home office. Técnicos em TI são maioria nessa modalidade, o que tem permitido a evolução na carreira pela especialização.

Outros profissionais, como os advogados, também aproveitam bem a oportunidade do trabalho remoto para investir tempo na carreira. Áreas como direito do trabalho, direito tributário e direito previdenciário, vêm sendo objeto desse investimento.

Melhoria na saúde

Um profissional motivado, com alto poder de concentração e mais tempo para o trabalho se torna cada vez menos um alvo para o estresse, o maior inimigo da produtividade.

Mais tempo pode significar qualidade de vida. Com tempo para se exercitar, possibilidade de se alimentar melhor e mais tempo para família e amigos, trabalhar em casa ajudará na saúde física e mental.

Com a produtividade nesses níveis, seu horário pode ser flexível. Dependendo dos índices de produtividade da sua empresa e da forma de mensuração, o horário flexível pode aumentar o seu potencial.

Momentos de pausa e lazer aumentam a performance, pois a mente se refresca o suficiente para recomeçar. Como analogia, seria como ter duas manhãs de trabalho em um mesmo dia.

E as desvantagens?

Informalidade excessiva

Ao começar a trabalhar em casa, cuidado com a informalidade excessiva. Parece bobagem, mas trabalhar sem camisa, de bermuda e chinelos — mesmo em casa — pode comprometer a sua capacidade de concentração e os níveis de formalidade necessários para a execução das tarefas.

Profissionais experientes nessa modalidade aconselham a não mudar a rotina. Faça tudo da mesma maneira, como se estivesse indo para o escritório ou empresa.

Nosso cérebro trabalha motivado pelo ambiente externo. Por isso, temos posturas diferentes entre uma festa e uma reunião. Outro problema: imagine que você recebe uma inesperada solicitação de videoconferência com um cliente.

Distrações

A proximidade com a televisão e a geladeira pode ser uma fonte de tentações. Telefonemas, visitas inesperadas e interfone tocando também podem atrapalhar a sua concentração.

A família precisará compreender que, apesar de estar em casa, você está trabalhando, portanto sua presença não pode ser levada em consideração.

Não apenas no trabalho remoto, mas e-mails pessoais e profissionais podem ser uma distração. Pelo fato de estar em casa, seu cérebro pode induzi-lo a conferências excessivas e desnecessárias.

home-office-saiba-mais-sobre-essa-tendencia.gif

Distância de colegas de trabalho

Não percebemos o quanto precisamos da convivência no trabalho até que começamos o trabalhar de casa. A troca de conhecimento sobre diversos assuntos promove crescimento e geração de novas ideias.

Obviamente, as conversas poderão ocorrer por aplicativos de mensagens instantâneas, mas não na mesma frequência que aconteceriam estando no mesmo ambiente que os colegas.

As reuniões devem ser mais bem planejadas em virtude do home office. Se a distância evita a ocorrência de reuniões desnecessárias, em caso de necessidade imprevista elas deverão acontecer por videoconferência.

Quais são as boas práticas?

O que fazer

Prepare o ambiente de trabalho, converse com a família e estruture-se para o trabalhar de casa.

Aperfeiçoe a sua disciplina para evitar distrações, amplie a sua capacidade de concentração, trace a rotina de trabalho e cumpra-a. Lembre-se de que a disciplina contempla também as pausas, muito necessárias à produtividade.

O objetivo do trabalho em casa não é o relaxamento. Ao contrário, é a oportunidade de melhorar sua performance e qualidade de vida, oferecendo tempo para o seu crescimento e aperfeiçoamento profissional.

Aproveite a chance para planejar sua carreira, estudar o mercado e projetar sua especialização ou MBA, dependendo de seus objetivos e perfil.

O que não fazer

Não se sinta em casa. A programação mental é o passo inicial e essencial para o seu sucesso. Mantenha a consciência de que aquele ambiente é de trabalho, sem diferença alguma em relação ao escritório.

Nunca se atrase, nem para acordar, iniciar o trabalho ou entregar uma tarefa. Sua seriedade em relação aos horários refletirá na qualidade do trabalho.

Não exagere nas pausas. Aja como se estivesse no ambiente da empresa. Mantenha a postura, evite sair da mesa de trabalho para, eventualmente, trabalhar no sofá ou na cama. Lembre-se de manter uma correta programação mental.

Oportunidades podem trazer situações ambíguas, com boas chances de sucesso e algumas armadilhas.

Sua preparação fará toda a diferença. Pratique o autocontrole, a disciplina para horários e prazos, não se isole. Como o trabalho remoto é uma solução felizmente irreversível, outras atividades o ajudarão a preencher espaços na agenda, como um curso de pós-graduação.

Depois de conhecer melhor essa modalidade de trabalho, você acha que se encaixa nela? Conte para a gente — deixe o seu comentário!

Acessar material

pós-graduação

Fábio Albuquerque

Fábio Albuquerque

Pró-Reitor da Pós-graduação do Unipê. Mestre em Administração pelo Programa de Pós-graduação em Administração da Universidade da Paraíba, Especialista em Estratégia Empresarial e Pesquisador de Marketing, Consumo e Sociedade, além de Tecnologia da Informação e Sociedade.

ÚLTIMOS POSTS

ASSINE A NEWS

VÍDEOS

ACOMPANHE O UNIPÊ

REDE SOCIAIS