pós-graduação

Estou desempregado há muito tempo. O que fazer?

Fábio Albuquerque
25-10-2018 6:07

A frase “estou desempregado há muito tempo, e agora” já passou pela sua cabeça? A falta de trabalho tem tirado o seu sono e você não sabe o que fazer? Então, chegou o momento de descobrir como aproveitar esse período para se desenvolver e acertar na próxima vez em que for buscar por uma oportunidade de trabalho. Produzimos este conteúdo repleto de dicas que poderão ajudar você no processo de transição, independentemente do tempo em que está sem exercer atividades remuneradas.

Para ser bem-sucedido, é preciso que você queira mudar a situação e se esforce para isso. É possível transformar o tempo de ócio em uma grande chance de aprimoramento, que poderá abrir muitas portas em sua jornada. Durante o processo, haverá muitas descobertas sobre o seu próprio potencial e também sobre qual é a melhor forma de usá-lo a seu favor. Coloque em prática as dicas que separamos para você e boa sorte!

estou-desempregado-ha-muito-tempo-o-que-fazer

Reorganize as suas finanças

Uma demissão pode gerar não só instabilidade emocional, como também financeira. Para que a situação não se transforme em uma bola de neve e deixe sua conta bancária negativa, é imprescindível tomar alguns cuidados no período em que não estiver recebendo salário. A dica é organizar os gastos de forma racional e se preparar para o maior tempo possível sem trabalho — afinal, você não sabe exatamente quando será contratado.

Evite compras supérfluas, reduza os passeios caros e prefira programas caseiros a restaurantes. Gastos com lazer devem ser deixados um pouco de lado, pois o foco precisa estar totalmente direcionado para a busca da recolocação profissional. Ao fazer isso, você terá mais fôlego para continuar procurando pela oportunidade perfeita, sem desespero, e ainda estará fortalecido emocionalmente para enfrentar todos os desafios que surgirem em seu caminho.

Reveja os objetivos da sua carreira

Antes de embarcar em um novo desafio profissional, faça uma reflexão sobre as suas principais habilidades — competências nas quais você se destaca e pelas quais costuma receber elogios em sua área de atuação — e os pontos que ainda precisam ser desenvolvidos. Pensar em toda a experiência acumulada ajudará você a continuar a busca de uma forma positiva e com a autoestima reforçada.

Nesse momento, aproveite para definir o que quer da sua carreira daqui para frente, traçando metas antes de investir em vagas que não tenham a sua cara. Talvez essa seja a hora de investir em cursos de pós-graduação para que você continue atualizado e amplie as chances de conseguir oportunidades atrativas e com salários mais altos.

Baixe agora

Faça networking

Networking é uma palavra-chave para quem está procurando emprego. A prática consiste em firmar uma rede de contato profissional, cujo foco é a ajuda mútua. Com isso, você pode conseguir boas indicações de trabalho dentro de sua área de atuação. Então, preserve o contato com a sua rede de relacionamentos, mostrando-se aberto para novas oportunidades.

Ligue para colegas com frequência e, quando possível, exponha o seu interesse, tomando cuidado para não ser invasivo ou se fazer de vítima, sendo objetivo quanto às suas expectativas na carreira. Outra recomendação para ampliar a sua rede é frequentar cursos e eventos relacionados ao segmento de mercado que você tem interesse. Lá, estarão reunidas pessoas com interesses semelhantes aos seus e que, certamente, poderão ajudar você.

Acredite: andar com um cartão de visita ajuda muita nessas ocasiões. Usar as redes sociais ao seu favor também é fundamental. Que tal compartilhar sua experiência, descrever ferramentas, dar dicas e falar sobre as suas descobertas no LinkedIn? Assim, você será visto e lembrado.

Liste prioridades sobre a vaga de trabalho de acordo com os seus objetivos

giphy

Como você imagina o seu próximo trabalho? Como é a vaga perfeita para você, de acordo com as suas habilidades? Quais competências diferenciam você dos outros candidatos? Ao responder a esses questionamentos, gradativamente, seus objetivos profissionais ficarão mais claros. Dessa forma, será possível identificar o cargo que esteja adequado ao seu perfil profissional e investir nele.

Enviar currículos ao acaso, para qualquer oportunidade que encontrar pode ocasionar uma futura frustração. Aproveite este momento de procura para fazer escolhas inteligentes e que permitam construir uma carreira de sucesso em longo prazo. Nunca perca a autoconfiança, porque todo o caminho percorrido até aqui não foi em vão. Cada experiência serviu para preparar você para o que está por vir. Acredite em si e vá com tudo!

Quando for chamado para a entrevista, lembre-se de estudar muito sobre a empresa, conferir sua história, notícias e posicionamentos nas redes sociais. Procure identificar os desafios enfrentados e proponha soluções. Cuidado com a roupa — vista-se conforme os demais profissionais da instituição — e com a postura. Aja naturalmente e diga como o conhecimento que você acumulou poderá auxiliar o negócio. Com confiança e tranquilidade, tudo dará certo.

Fique atento às oportunidades

Após seguir todas as recomendações anteriores, é hora de ficar atento às oportunidades. Recrutadores têm usado muito as redes sociais para procurar talentos. O LinkedIn destaca-se nesse sentido, sendo o responsável por milhares de contratações. Então, mantenha o seu perfil atualizado e candidate-se para as vagas que chamarem a sua atenção.

Além disso, existem diversos sites especializados em vagas de emprego. Basta que você cadastre o seu currículo, escolha o cargo pretendido e defina o local de interesse. Mesmo em páginas em que o serviço é pago, é possível encontrar planos com um mês gratuito.

Também procure processos seletivos por conta própria e fortaleça os laços com a sua rede de contatos. Use o tempo livre com sabedoria, dividindo o período entre aperfeiçoamento e busca de vagas. Fazendo tudo isso, temos certeza de que em breve as coisas vão mudar e você poderá escrever uma história profissional de muito sucesso.

Tenha confiança em você e mude seu pensamento e seu discurso. Substitua o pensamento “estou desempregado há muito tempo e as coisas não dão certo” por “esse tempo foi essencial e agora estou preparado para encarar grandes responsabilidades”. Com essa crença positiva, os recrutadores sentirão sua confiança em seu próprio potencial e enxergarão você como indispensável para qualquer organização.

O que achou das nossas dicas? Você tem mais pontos a acrescentar ou gostaria de deixar sua opinião? Então, deixe seu comentário e compartilhe conosco suas ideias e experiências!

Acessar material

Recém adicionados

Veja nossas últimas atualizações
Materiais Gratuitos