Blog Pós-graduação UNIPÊ

BLOG PÓS-GRADUAÇÃO UNIPÊ

8 dicas infalíveis para você mandar bem numa entrevista de emprego

Postado por Fábio Albuquerque

Currículo selecionado, teste de aptidão aprovado via e-mail e entrevista marcada: falta pouco para encarar seus possíveis empregadores. Você fez tudo certo até aqui, mas o maior desafio ainda está por vir. Como, afinal, causar uma ótima impressão na entrevista de emprego? Não se preocupe! Essa é uma pergunta que praticamente todos os candidatos a uma vaga no concorridíssimo mercado de trabalho normalmente se fazem (ou pelo menos deveriam se fazer) para tentar fugir das habituais pegadinhas dos recrutadores e agarrar uma boa oportunidade. Neste post, vamos dar 8 dicas para que você se saia muito bem em sua próxima entrevista de emprego. Curioso? Então confira a seguir!

dicas-infaliveis-para-mandar-bem-numa-entrevista-de-emprego

Dê um tapa no visual

Tudo bem que as aparências realmente enganam, mas não custa nada fazer uma forcinha para causar uma boa primeira impressão, não concorda? Por isso, é importante que você se alinhe ao dress code da empresa na qual está disputando uma vaga. Procure saber com antecedência se os funcionários se vestem informalmente ou se por acaso se trata de um ambiente em que todos usam roupas sociais. De toda forma, em ambos os casos, procure não exagerar, de preferência usando cores neutras. Além do mais, vale ter cuidado redobrado com a higiene pessoal: unhas roídas, mau hálito e barba malfeita podem passar uma imagem de desleixo e acabar lhe custando a tão sonhada vaga.

Evite mentir

Antes de sequer pensar em falar uma mentirinha aparentemente inofensiva para tentar, quem sabe, impressionar o recrutador, lembre-se: são muito grandes as chances de ele ter analisado suas redes sociais previamente e saber tudo sobre suas opiniões e seus gostos pessoais. Logo, forçar um linguajar que não é o seu e superestimar sua proficiência em outros idiomas, por exemplo, são mentiras facilmente identificáveis que podem até anular sua candidatura.

Pesquise sobre a empresa

Por que você quer trabalhar aqui? Por mais que essa seja uma pergunta presente em praticamente todas as entrevistas de emprego, muitos candidatos teimam em negligenciá-la, achando que se trata de simplesmente mais um protocolo. Na verdade, é uma das perguntas mais importantes do processo, pelo fato de que as empresas priorizam cada vez mais a contratação de candidatos alinhados a seus valores. Então pesquise sites, artigos, propagandas e, em vez de dar uma resposta genérica, demonstre que você se identifica com a filosofia do negócio e jamais passe a impressão de que está ali só porque não havia outra opção.

Baixe agora

Foque nos resultados

Lembre-se de que, no momento da entrevista, os recrutadores provavelmente estarão com seu currículo em mãos. Por isso, o ideal é não se limitar a repetir aquilo que está no papel, preto no branco. Muito melhor é focar nos resultados que atingiu em cada um dos seus empregos mais recentes, se possível citando cases de sucesso nos quais se envolveu e explicando que papel desempenhou para que os objetivos fossem devidamente alcançados. Caso não tenha experiência profissional, ressalte cursos e projetos dos quais participou e o que foi possível absorver de cada um deles.

Reaja adequadamente ao inesperado

Perguntas fora do script sempre podem surgir para testar seu jogo de cintura e raciocínio lógico. Quando se deparar com uma pergunta inusitada na entrevista de emprego, o importante é não se desestabilizar (gargalhando ou se irritando com os entrevistadores) e, principalmente, pensar antes de responder, demonstrando foco e segurança. Na verdade, nem sempre há uma solução para essas perguntas e, na maioria das vezes, os recrutadores querem mais é testar suas reações que receber uma determinada resposta.

Equilibre a personalidade

Não raro, os recrutadores jogam no ar perguntas aparentemente bobas para testar a personalidade do candidato. Nesse sentido, uma das mais clássicas é: por que saiu do seu último emprego? Conforme o candidato dispara a falar (bem ou mal) do seu último chefe, os entrevistadores podem obter informações preciosas sobre seu equilíbrio emocional. Não pense, portanto, que falar mal do seu último emprego e, ao mesmo tempo, enaltecer a vaga que deseja contará pontos. Pelo contrário! Esse é um indicativo de que, se fosse contratado, poderia ter o mesmo tipo de comportamento em relação a essa empresa.

Seja o mais sucinto e objetivo possível

Lembre-se de que, nesse momento, você é apenas mais um entre dezenas de candidatos a entrevistas para um time de poucos recrutadores (quando não é apenas um). Por isso, seu recrutador provavelmente não terá tempo ou sequer disposição para ouvir a história da sua vida, por mais emocionante que ela seja. Portanto, seja sucinto. O importante é que o candidato descreva bem suas experiências de acordo com o perfil da vaga, sem ser prolixo, sem sair do contexto das perguntas e, ao mesmo tempo, sem mostrar demais.

Demonstre autenticidade

Muitos candidatos acabam se dando mal em entrevistas por se perderem em discursos ensaiados e fórmulas teoricamente campeãs. Mas a verdade é que não há absolutamente nada de errado em demonstrar autoestima, mostrar que acredita no próprio potencial. Pelo contrário, esses pontos contam a seu favor! O problema surge quando você quer se demonstrar autoconfiante demais e trata os entrevistadores como amigos de infância, contando piadas, fazendo elogios e dando tapinhas nas costas. Entenda: a entrevista de emprego é, sobretudo, uma ocasião formal. Assim, por maior que sua simpatia seja, ela não necessariamente o tornará apto a preencher a vaga em questão.

Acima de tudo, lembre-se de que, apesar de todas essas dicas o transformarem em um candidato competitivo, não existe uma fórmula perfeita para ser selecionado. Ainda mais levando em conta que, hoje em dia, a concorrência está mais que preparada. Então, se quiser evitar surpresas desagradáveis mesmo depois de ter mandado bem na entrevista de emprego, dê um up no seu currículo para se destacar de uma vez por todas! Escolher um bom curso de pós-graduação, que o deixe alinhado com as últimas demandas do mercado, por exemplo, é uma excelente forma de se atualizar e impressionar os contratantes.

Mas antes de correr para fazer sua matrícula, comente aqui e nos conte se ainda tem dúvidas (ou mesmo sugestões) sobre como se comportar em entrevistas de emprego! Deixe o seu comentário e participe da conversa!

Acessar material

entrevista de emprego

Fábio Albuquerque

Fábio Albuquerque

Pró-Reitor da Pós-graduação do Unipê. Mestre em Administração pelo Programa de Pós-graduação em Administração da Universidade da Paraíba, Especialista em Estratégia Empresarial e Pesquisador de Marketing, Consumo e Sociedade, além de Tecnologia da Informação e Sociedade.

ASSINE A NEWS

VÍDEOS

ACOMPANHE O UNIPÊ

REDE SOCIAIS