Blog Pós-graduação UNIPÊ

BLOG PÓS-GRADUAÇÃO UNIPÊ

Desmotivação no trabalho? Veja como dar a volta por cima!

Postado por Fábio Albuquerque

Durante a carreira profissional é muito comum termos altos e baixos, assim como em outros âmbitos de nossas vidas. Há dias em que levantamos motivados e trabalhamos com mais satisfação, outros dias, no entanto, tudo o que queríamos era poder ficar em casa. Essa desmotivação no trabalho, que pode bater à nossa porta em determinados momentos, faz com que muitas pessoas se sintam “anestesiados” e tenham dificuldades em desenvolver atividades comuns do dia a dia, de modo satisfatório.

Esperar que a motivação parta de outras pessoas, senão de nós mesmos, é um dos maiores erros que podemos cometer. Um bom líder não só pode, como deve, gerar um estímulo para os seus funcionários. No entanto, é fundamental compreender que a maior parte da motivação é interna, ou seja, os únicos responsáveis por ela somos nós mesmos!

Mas o que podemos fazer para reverter essa situação? Podemos curar esse desânimo sozinhos? Sim! Por isso, confira a seguir como dar a volta por cima e superar a desmotivação no trabalho!

desmotivacao-no-tabalho-veja-como-dar-a-volta-por-cima.jpg

Os principais sinais da desmotivação no trabalho

Existem diversos sinais que podem apontar a desmotivação no trabalho, dentre os principais estão:

Acordar com a impressão de que todo dia é segunda-feira

Para a maioria das pessoas, a segunda-feira é o pior dia da semana. No entanto, para uma pessoa normal, o ânimo vai subindo conforme os dias passam. Acordar todo dia com a sensação de que é segunda-feira e se lembrar com pesar de que é preciso se levantar e ir para o trabalho, sentindo cada vez mais o desgaste da rotina de trabalho é um dos principais sinais de desmotivação.

Desejar que o tempo passe cada vez mais rápido

Você sabe qual é a maior diferença entre um profissional motivado e um desmotivado? A forma como ele enxerga o passar do tempo. Um profissional desmotivado tende a olhar o tempo todo para o relógio, desejando que as horas passem cada vez mais rápido para o expediente acabar. Já um profissional motivado sente que o tempo voa e que gostaria de ter mais algumas horas no dia para deixar tudo em ordem.

Estar constantemente se questionando

Não há nada mais complicado para um profissional do que começar a se fazer perguntas do tipo: "o que eu estou fazendo nessa empresa"? O profissional que não consegue responder a essa pergunta tende a não compreender o seu valor para a empresa e, por isso, sente dificuldades em se sentir motivado para trabalhar.

Sentir que as oportunidades de desenvolvimento são perda de tempo

Mesmo quando a empresa oferece cursos, palestras e capacitações para estimular o desenvolvimento profissional dos funcionários, para alguém que está desmotivado tudo isso parece apenas perda de tempo. Quando essa impressão surge a respeito das oportunidades de aprendizado que são oferecidas, é um sinal de alerta que o profissional vem sofrendo desmotivação no trabalho.

Baixe agora

Estar presente apenas fisicamente no trabalho

O presenteísmo torna-se cada vez mais comum na rotina do profissional desmotivado. Ele até pode estar fisicamente presente no seu ambiente de trabalho, mas não faz mais do que o necessário. Ou seja, ele não tenta se superar, não busca aprender mais ou encontrar uma forma melhor de desenvolver o seu trabalho, está lá apenas de corpo presente.

Passar a se excluir da equipe

Outro hábito que o profissional desmotivado tende a adotar é o de se excluir da equipe. Ele perde aquela sensação de pertencer e prefere trabalhar individualmente do que em grupo. Outro sinal da desmotivação no trabalho é a mudança de humor no ambiente de trabalho.

Ter dificuldade em atingir as metas

Um dos sinais mais evidentes de desmotivação no trabalho é quando o rendimento do profissional passa a cair e ele passa a ter dificuldades em atingir suas metas.

Diferentes maneiras de superar a desmotivação no trabalho

Superar a desmotivação no trabalho é possível sim e depende apenas de nós mesmos, já que isso é algo que parte do nosso interior. Veja algumas dicas que te ajudarão a dar a volta por cima:

Parar de se culpar

É muito comum começarmos a nos culpar por não estarmos mais conseguindo ser produtivos como éramos antes, mas essa culpa só piorará a situação. Se algo deu errado e foi sua culpa, paciência. Já está feito e não dá para mudar o passado. Parar de se lamentar e começar a buscar mudanças é o primeiro passo para “curar” a desmotivação.

Analisar o que deu errado

Algo que é capaz de desmotivar muito um profissional é cometer os mesmos erros, várias vezes. Quando você sentir que isso está acontecendo, pare um instante e faça uma análise do que deu errado e o que levou a cometer tais erros. Se for preciso, anote seus erros em uma folha de papel e logo em seguida escreva o que pode ser feito para não cometê-los mais.

Pensar no futuro

Uma forma de afastar a desmotivação no trabalho é pensar em longo prazo e traçar objetivos. Quando sentir que a desmotivação vem se aproximando, comece a rever seus objetivos e pensar como deseja estar daqui a um ano, cinco, dez anos.

Então, avalie: será que aconteceu algo assim tão grave para apagar tudo de bom que já aconteceu na sua carreira e terminar com seus sonhos? Nossos sonhos são uma grande fonte de motivação, pense nisso!

Fortalecer sua resiliência

A resiliência se trata de uma habilidade que temos de superar as adversidades da vida e seguir em frente. Por isso, experimente fortalecer esta virtude, assim, você poderá ver a vida e os obstáculos que surgem de uma nova perspectiva. Acredite: essa desmotivação não durará para sempre. Procure enxergar mais o lado positivo da vida para não perder a motivação.

Cuidar da sua vida pessoal

Buscar mais ânimo na vida pessoal também pode ajudar a recobrar a motivação no trabalho. Por isso, reavalie sua vida como um todo: você tem cuidado de você mesmo, se dedicado a sua família e cultivado hábitos saudáveis? Tire um tempo para fazer as coisas que gosta e busque tornar sua vida mais alegre. Uma pessoa feliz pode ter mais facilidade em recobrar a motivação para trabalhar!

Investir na sua carreira

Investir na carreira não se trata apenas de trabalhar cada dia mais e mais. Você não tem um objetivo de crescer na carreira? Então, que tal se preparar para isso e investir em capacitação profissional? Fazer uma pós-graduação poderá te oferecer uma nova perspectiva, mais reconhecimento e te dar aquela sensação de que algo está sendo feito!

Para superar a desmotivação no trabalho basta querer, o start inicial deve vir de dentro de você! E então, o que você tem feito para conseguir se sentir mais motivado no trabalho? Compartilhe sua experiência conosco por meio dos comentários!

Acessar material

pós-graduação, carreira

Fábio Albuquerque

Fábio Albuquerque

Pró-Reitor da Pós-graduação do Unipê. Mestre em Administração pelo Programa de Pós-graduação em Administração da Universidade da Paraíba, Especialista em Estratégia Empresarial e Pesquisador de Marketing, Consumo e Sociedade, além de Tecnologia da Informação e Sociedade.

ASSINE A NEWS

VÍDEOS

ACOMPANHE O UNIPÊ

REDE SOCIAIS