pós-graduação

Descubra qual é o perfil profissional mais procurado pelas empresas

Fábio Albuquerque
06-09-2018 5:46

No momento de contratar novos funcionários, as empresas consideram mais do que a qualificação do candidato à vaga. Os responsáveis também levam em consideração as características individuais dessas pessoas. Tais características, aplicadas ao contexto de trabalho, constituem o perfil profissional. Você sabe qual é o perfil profissional mais procurado pelas empresas hoje?

Neste post, explicamos algumas características muito buscadas pelos gestores no perfil profissional dos seus colaboradores. Quer saber se você tem essas qualidades? Então, acompanhe o texto e descubra. Boa leitura!

descubra-qual-e-o-perfil-profissional-mais-procurado-pelas-empresas

O que é o perfil profissional?

O perfil profissional é o conjunto de características de um funcionário dentro de uma organização. É como ele lida com as situações do cotidiano no trabalho, como se relaciona com os seus colegas e superiores, como age diante das dificuldades, como resolve os problemas, entre outras características.

O perfil profissional vai além das qualificações do empregado. Ele também leva em consideração a personalidade do funcionário e como ela influencia o seu modo de trabalhar.

Qual é o perfil profissional mais procurado pelas empresas?

Ninguém é igual, portanto, existem muitos perfis profissionais diferentes, já que eles dependem da personalidade de cada um. O mesmo acontece com as empresas: o que cada uma busca em seus candidatos varia de acordo com as suas particularidades.

Portanto, não existe um ou mais moldes perfeitamente delineados de perfil profissional. O que existem são características dentro do perfil de cada um que são desejadas.

Abaixo, listamos as principais delas, que são bem-vistas em qualquer empresa. Confira!

Baixe agora

Conhecimento

O diploma de ensino superior hoje já não tem o peso que costumava ter. Ele passou do status de diferencial para o status de item obrigatório. Nesse sentido, uma especialização ou pós-graduação enriquece muito o currículo do candidato, destacando-o dentro do mercado. Dos professores de ensino superior, por exemplo, é exigido, no mínimo, o mestrado.

Também é preciso continuar investindo em formação, mesmo já tendo conseguido a vaga. Isso mostra duas coisas: que você sempre vai trazer inovações para a empresa, pois estará constantemente em contato com novos conteúdos; e que você é uma pessoa que tem iniciativa, que quer se manter atualizada, que tem interesse em crescer e ser cada vez melhor no que faz. Essa valorização da educação é muito bem-vista pelos gestores.

Visão de mercado

A formação acadêmica é o que mais tem peso e o que mais chama a atenção dos recrutadores. Mas é preciso que você saiba aplicar esse conhecimento dentro do mercado de trabalho. E, para tal, você precisa conhecer bem de perto como é o mercado no qual você e a sua empresa estão inseridos. Algumas perguntas podem contribuir nesse sentido:

  • Quais são as perspectivas?
  • Quais são as inovações?
  • O mercado está em crise?
  • O que está em alta?
  • O que está ficando obsoleto?
  • Quais são as boas parcerias, negócios e oportunidades para aquele negócio?

Além de ter as respostas para essas perguntas, saber onde os funcionários e a empresa precisam aparecer, fazer o seu nome e entender quais são as melhores oportunidades para o crescimento da companhia (e dos funcionários) também reflete a noção de mercado do empregado para os gestores.

Ter essa visão enriquece muito as ações de um funcionário dentro da empresa, pois os seus esforços são direcionados aos lugares certos.

Criatividade

Essa é uma característica muito valorizada pelos gestores. Quando um funcionário tem essa habilidade, ele tem aptidão para lidar com situações de embate e dificuldades no dia a dia, bem como a capacidade de fazer boas sugestões, criar novos hábitos que facilitem ou melhorem os processos da empresa e que aumentem a eficiência e a produtividade.

O funcionário criativo tem sempre ideias borbulhando na cabeça, mesmo a respeito de coisas que não foram pedidas a ele. A criatividade está muito ligada à proatividade, que é uma qualidade muito bem-vista pelos gestores.

Autogestão

Imagine uma empresa com cinquenta funcionários divididos em cinco departamentos de dez. Cada departamento tem um gerente e esses gerentes se reportam diretamente ao proprietário. Agora, imagine que, toda vez que um desses funcionários tem um problema, ele busca o gerente, que, por sua vez, procura o dono. Isso significa que o proprietário da companhia não fará nada além de resolver problemas internos.

Se isso já soa mal em uma empresa fictícia de 50 funcionários, imagine em uma empresa com 100, 500, 1000 funcionários ou mais. Impraticável, não é mesmo?

Portanto, os empregadores valorizam muito aquelas pessoas que têm a capacidade de se autogerir, de resolver os seus próprios problemas, de delegar o que precisa ser delegado e de saber como o seu trabalho influencia e melhora o dos seus colegas e vice-versa. Saber como otimizar essa relação, além de buscar soluções sozinho, sem colocar a empresa em risco, são atitudes fundamentais para o profissional do mercado atual.

Essa capacidade de autogestão também está ligada a uma capacidade de liderança, já que não é preciso buscar a solução em superiores. Ao contrário, o próprio profissional busca encontrar, sozinho, meios de resolver esses problemas, para ter certeza de, se necessário, dirigir aos superiores apenas para decisões que fogem à sua alçada.

descubra-qual-e-o-perfil-profissional-mais-procurado-pelas-empresas

Relacionamento

Uma das coisas que mais causa conflitos e atrapalha a produtividade dentro de uma empresa são os problemas de relacionamento entre os funcionários.

Portanto, aqueles empregados que têm facilidade de se relacionar com os outros, que são cordiais sem perder a objetividade, que se comunicam bem e que buscam crescer em conjunto com os seus colegas são muito valorizados. O clima da empresa tem muito a ver com a forma como os seus funcionários se relacionam entre si, seja em qual cargo for. Logo, um bom ambiente depende de profissionais que saibam se relacionar de forma saudável.

Foco em resultados

No final do dia, toda empresa busca resultados. Elas querem crescer e melhorar constantemente em todos os aspectos — faturamento, expansão, relacionamento com os clientes ou o seu próprio ambiente de trabalho.

Seja qual for a sua tarefa naquele cargo, você foi contratado para fazer alguma coisa — e fazer bem! Saiba que os seus gestores sempre cobrarão resultados positivos e criativos, levando em consideração que você foi admitido para isso, certo?

Como posso identificar o meu perfil profissional?

Para identificar o seu perfil profissional, faça uma avaliação de experiências profissionais anteriores, seja trabalhos em outras empresas, seja em estágios, seja bolsas de iniciação científica e pesquisa etc.

Avalie como você se relacionava com os seus colegas, como lidava com prazos, com os seus superiores, como você se inteirava do universo daquela empresa etc. Você também pode procurar um psicólogo para ajudá-lo a fazer essa avaliação de forma mais objetiva e qualificada.

Ao colocar o seu perfil profissional no seu currículo, o mais importante é: não minta! Não adianta inventar qualidades que você não tem. Primeiramente, porque quem avalia esses perfis são profissionais, e eles vão saber se você está mentindo.

Em segundo lugar, não é saudável que você trabalhe em um lugar que não tem nada a ver com as suas expectativas, se forçando a trabalhar, a se comportar e a se relacionar de uma forma que não é natural para você. Hoje, existem empresas diversas, com todo tipo de cotidiano e cultura organizacional, e você certamente se encaixa em alguma delas.

Enfim, o perfil profissional mais procurado é aquele que os colaboradores sabem lidar com situações adversas e conflitos dentro do ambiente de trabalho, bem como evitá-los. É também ir além do esperado! O profissional mais requisitado contribui com sugestões, cresce — e quer ver a empresa crescer, e tem muito conhecimento na sua área.

E você, tem as características que citamos acima? Compartilhe conosco nos comentários. Até a próxima!

Acessar material

Recém adicionados

Veja nossas últimas atualizações
Materiais Gratuitos