Blog Pós-graduação UNIPÊ

BLOG PÓS-GRADUAÇÃO UNIPÊ

Descubra os segredos por trás de uma boa gestão de projetos

Postado por Fábio Albuquerque

A crise econômica que o Brasil está passando se tornou uma grande oportunidade para os profissionais buscarem novos conhecimentos. Afinal, o mundo empresarial vem exigindo cada vez mais habilidades e competências que vão além dos conhecimentos adquiridos na graduação.

Então, com a competitividade cada vez mais acirrada, o universo de projetos procura por profissionais mais dinâmicos, capazes de gerenciar a rotina, solucionar problemas e tomar decisões. E, para se adequar ao que o mercado de trabalho vem exigindo, muitas pessoas estão investindo em uma boa gestão de projetos — que permite, além das habilidades já citadas, uma visão mais abrangente do negócio, influenciando e motivando todos de sua equipe.

Por isso, neste post traremos a você os segredos por trás de uma boa gestão de projetos. Continue lendo para entender melhor o assunto e descubra como aplicá-lo no seu dia a dia!

descubra-os-segredos-por-tras-de-uma-boa-gestao-de-projetos.jpg

1. Planejamento

Em primeiro lugar, para gerenciar um projeto corretamente é necessário desenvolver um bom planejamento. Na verdade, um planejamento de projetos bem executado é um dos segredos do sucesso de qualquer projeto, pois permite conhece-lo como um todo, detalhando cada etapa e cada processo, e facilitando, assim, controlá-lo e monitorá-lo.

Existem algumas informações fundamentais para o desenvolvimento de um bom planejamento. Dentre as práticas mais comuns utilizadas pelos gestores de projetos, pode-se destacar o alinhamento do escopo com as expectativas dos stakeholders; a realização de um cronograma de atividades e de um orçamento compatível com a realidade da situação; a correta alocação de recursos; a atribuição de responsabilidades; a criação de metas de desempenho — entre outros.

2. Pessoas

De fato, ser gerente de projetos não é uma atribuição fácil. Além de trabalhar para que o projeto sempre permaneça dentro do prazo, executando o escopo solicitado, com o custo definido e com a qualidade esperada, é necessário gerenciar um dos recursos mais importantes — senão o mais importante: as pessoas envolvidas no projeto.

Dessa forma, é fundamental saber conhecer bem sua equipe, sabendo quais são as competências e características de cada profissional, para determinar suas responsabilidades e formar excelentes times.

Afinal, a formação de equipes é um dos papéis dos gestores de projetos, e contar com profissionais talentosos em uma mesma equipe exige um bom jogo de cintura para gerenciar o ego de cada um. Além disso, é necessário saber como motivá-los e, assim, aumentar sua produtividade.

3. Comunicação

Outro segredo por trás de uma boa gestão de projetos é a comunicação. De acordo com pesquisas realizadas em todo o mundo, a comunicação é um dos principais causadores dos fracassos em projetos. Uma comunicação defeituosa pode implicar em retrabalhos ou, em casos mais graves, no comprometimento do projeto como um todo.

Assim, uma comunicação efetiva é aquela na qual a informação repassada é a mesma que a informação recebida. Traduzindo em miúdos, podemos dizer que a melhor comunicação é a que ocorre sem nenhum ruído no processo, favorecendo a total compreensão do comunicado.

E, quanto a isso — como aponta o Guia PMBOK (Project Management Body of Knowledge) — para garantir uma comunicação eficaz é fundamental saber quem são as partes envolvidas no projeto e qual é o seu grau de responsabilidade, para, então, definir o meio de comunicação e planejá-la adequadamente.

Baixe agora

4. Riscos

Uma das principais competências dos profissionais de sucesso em gestão de projetos é saber administrar os riscos. Um gestor de projetos experiente tem sempre o costume de utilizar situações semelhantes para guiá-lo na prevenção de um risco e apontar quais atitudes podem ser tomadas para minimizá-lo.

Nesse sentido, a chave para o sucesso em termos de riscos é saber antecipá-los de modo que haja tempo hábil para se pensar em estratégias e soluções capazes de mitigá-lo. Uma vez que o problema é descoberto previamente, há a possibilidade de que ações corretivas sejam propostas e executadas, de forma que esse problema não impacte negativamente no desenvolvimento das atividades do projeto.

5. Escopo

Esse é um dos problemas mais recorrentes, e que não deveria acontecer. Alguns projetos, inclusive, parecem ter escopo infinito, tamanhas as suas solicitações de mudanças e correções. Na verdade, saber controlar essas mudanças e alterações de escopo é fundamental para que o seu projeto não se torne uma confusão total.

Professores renomados no tema ensinam que se deve sempre estar atento às solicitações de mudanças de escopo. Assim, é necessário se certificar de que todos os stakeholders têm conhecimento e estejam juntos para assinar os documentos que comprovem a solicitação. Além disso, é importantíssimo se lembrar da parte financeira.

Quando um contrato é firmado, ele compreende a execução de um escopo X. Então, caso haja alteração ou mudança nesse escopo, é necessário levantar os custos demandados por essas novas atividades e apresentá-los para o contratante, evitando prejuízos para sua empresa.

6. Partes interessadas

Como já mencionamos neste post, saber gerenciar as partes interessadas (ou stakeholders) também é atribuição indispensável de um bom gestor de projetos. Quanto a isso, fornecedores, cliente, equipes internas e diretoria são os exemplos mais comuns de partes interessadas.

Saber lidar com os fornecedores, garantindo boas negociações e o cumprimento do prazo acordado é crucial para a progressão de seu projeto; manter os clientes informados é ideal para manter o seu alinhamento com o escopo e a qualidade do empreendimento; e — não menos importante — manter toda a equipe alinhada, buscando sempre o mesmo objetivo e tendo o respaldo da diretoria, é outra tarefa crucial do gerente de projetos.

Aqui, uma boa dica é realizar reuniões periódicas com cada "classe" de stakeholder a fim de realinhar os objetivos, analisar o desempenho, medir os resultados e prover todo do feedback necessário. Sem dúvidas, com esse tipo de rotina, seu projeto terá ganhos inimagináveis.

7. Boa gestão de projetos

Agora, você deve estar pensando: como adquirir todos esses conhecimentos e habilidades? Simples e fácil não será, mas há uma maneira: invista em uma boa gestão de projetos, isto é, uma pós-graduação em gestão de projetos. Procure por universidades de qualidade que ofereçam cursos com foco no mercado de trabalho, com professores experientes e com vivência no mercado, e que tenham ótimas referências de seus alunos.

Aqui é válido ressaltar que existem universidades com uma estrutura física excelente, contando com salas equipadas no padrão executivo, equipamentos de última geração, fábrica de softwares, dentre outras particularidades. Em adição à estrutura física, é fundamental que os cursos de pós-graduação tenham matriz curricular atualizada e conteúdos voltados para a sua aplicação no dia a dia.

Apostar em uma especialização pode lhe proporcionar novas oportunidades no mercado de trabalho, e ser um diferencial no momento da entrevista de emprego. Também será possível melhorar seu marketing pessoal e planejar sua carreira almejando voos mais altos, pois esses cursos possibilitam a abertura de novas áreas de atuação, bem como um reconhecimento salarial.

Ademais, uma boa gestão de projetos fará com que você melhore o seu desempenho profissional e inclusive a gestão do seu tempo fora da empresa. Logo, será mais tranquilo controlar suas atividades laborais e sobrará mais tempo para você se dedicar à sua família e ao lazer.

Investir em capacitação profissional é uma das práticas mais comuns nos dias atuais, afinal, a graduação já não é garantia de uma carreira duradoura e de sucesso. De fato, a atual crise nacional fez com que muitas pessoas buscassem novas habilidades, técnicas e conhecimentos, não só para enfrentar o mercado de trabalho, mas para que o mercado possa buscar por esses profissionais.

E aí, gostou de aprender esses segredos de uma boa gestão de projetos? Pensa em fazer uma especialização na área? Deixe o seu comentário e conte para a gente!

Acessar material

pós-graduação, carreira, gestão de projetos

Fábio Albuquerque

Fábio Albuquerque

Pró-Reitor da Pós-graduação do Unipê. Mestre em Administração pelo Programa de Pós-graduação em Administração da Universidade da Paraíba, Especialista em Estratégia Empresarial e Pesquisador de Marketing, Consumo e Sociedade, além de Tecnologia da Informação e Sociedade.

Posts relacionados

ASSINE A NEWS

VÍDEOS

ACOMPANHE O UNIPÊ

REDE SOCIAIS