Blog Pós-graduação UNIPÊ

BLOG PÓS-GRADUAÇÃO UNIPÊ

Descubra como falar que foi demitido em uma entrevista

A busca por um novo emprego ainda é vista como um grande desafio para muitos profissionais. Grande parte dos candidatos tem dificuldades sobre como falar que foi demitido em uma entrevista. Há quem pense em omitir essa ocorrência; já outros preferem “mudar” um pouco a história. No mundo corporativo, agir com transparência e naturalidade é a melhor forma de lidar com esse tema.

A forma como você encara o fato de ter sido desligado de uma empresa conta muito. Pelo seu tom de voz e gestual, o recrutador consegue captar o impacto dessa demissão. Por isso, seja verdadeiro e muito firme ao falar do tema. Nada de ficar remoendo esse tópico ou dar a ele maior ênfase do que a necessária. Fale sempre a verdade, mas de forma objetiva e equilibrada.

Confira algumas dicas e descubra como falar que foi demitido em uma entrevista:

descubra-como-falar-que-foi-demitido-em-uma-entrevista.jpg

Lembre-se de seu objetivo central

Quando você está participando de um processo seletivo, existe um objetivo maior que precisa estar sempre em sua mente: a contratação! Portanto, mantenha o foco e não se esqueça de destacar a sua formação, as experiências anteriores e suas habilidades.

Em algum momento da entrevista, o recrutador vai pedir que você fale das experiências profissionais pelas quais já passou. Faça isso de forma sintética, destacando a área de atuação da empresa, sua principal função e o período que trabalhou por lá. Se possível, priorize habilidades que possam ser úteis na vaga que você está buscando.

Demonstre gratidão pelo tempo de trabalho

Em algum momento, o profissional de Recursos Humanos poderá fazer o seguinte questionamento: por que você ficou nesta empresa apenas alguns meses? Tenha a resposta na ponta da língua mostrando que, apesar do desligamento, você soube aproveitar o tempo de trabalho e é grato pela experiência.

Tente uma resposta como “infelizmente nessa empresa tive um contrato temporário de três meses que só pôde ser prorrogado por mais três meses. Mesmo assim, foi uma vivência fundamental para que eu conseguisse trabalhar em outra organização no período seguinte”. Ou então “a empresa passou por uma redução de quadro de funcionários muito grande durante a crise e eu fui um dos profissionais demitidos, mas sou grato ao tempo que estive lá, pois foi de grande aprendizado”.

Conduza a entrevista com verdade e firmeza

O grande erro de muitos candidatos é procurar artifícios para encobrir uma demissão. Os profissionais de RH são treinados para perceber esse tipo de desconforto e, quanto mais você tentar omitir, mais desconfiança levantará sobre a própria atuação. Sempre fale a verdade durante uma entrevista. Conte a história da demissão exatamente como foi, mas termine com um fato que agrega valor.

A segurança ao falar de uma demissão também conta muito. Nada de argumentar que tinha um chefe muito complicado ou que você até gostou de ser demitido. Dá até para falar sobre como ficou chateado ou surpreso ao ser dispensado, mas nunca use esse espaço para “desabafar” a respeito de outro emprego.

Baixe agora

Destaque o que for positivo sempre

Um dos questionamentos mais frequentes sobre como falar que foi demitido em uma entrevista é se os candidatos devem citar esse fato antes de o recrutador perguntar. É importante que você esteja preparado para responder a essa pergunta a qualquer hora, mas não precisa falar disso antes de ser questionado.

O tempo das entrevistas é curto e você deve aproveitá-lo para destacar as habilidades que você possui e que farão grande diferença para conquistar a vaga desejada. Quando perguntarem por que saiu de alguma empresa, fale com naturalidade sobre como tudo ocorreu e termine a colocação destacando algo positivo.

Por exemplo, fale de como esse desligamento contribuiu para que você aprendesse a desenvolver um tópico muito importante para qualquer profissional: a inteligência emocional.

Enfatize sua formação e constante capacitação

Todo recrutador gosta de ver que o candidato não estagnou em sua formação. Além de ter os cursos mais relevantes e recentes descritos em seu currículo, pode ser interessante citar a pós-graduação que você está fazendo no momento ou que começará em breve. Às vezes, esse assunto pode surgir justamente ao falar de uma demissão.

Alguns profissionais deixam de fazer cursos de formação quando são demitidos. Outros agem de forma mais estratégica e fazem justamente o contrário: investem o acerto recebido em capacitação para uma rápida volta ao mercado de trabalho. Se esse foi o seu caso, destaque esse ponto.

Narre a história dando a atenção devida a esse fato. Por exemplo: depois de três anos como analista, fui convidado a coordenar uma equipe, mas vi que não estava realmente preparado para esse desafio naquele momento. A empresa me demitiu após cinco meses na função e isso serviu para que eu procurasse uma pós-graduação na área de gestão de pessoas para desenvolver essas habilidades.

Mostre que você está atento ao mercado

descubra-como-falar-que-foi-demitido-em-uma-entrevista.gif

Mais uma vez, a naturalidade com que você aborda a demissão é muito importante em uma entrevista de emprego. Demonstre que está atento às movimentações do mercado e que isso é um processo natural de qualquer área. A crise financeira leva a demissões em massa, a aquisição de novas tecnologias muitas vezes substitui a mão de obra humana e a falta de profissionais especializados também provoca demissões.

Em uma entrevista, destaque diversas variáveis do mercado de trabalho ― o aumento de empregos formais no último mês, por exemplo ― e mostre o que você está fazendo para se manter qualificado e apto a assumir novas oportunidades no mercado.

Fique atento às estatísticas e mostre ao recrutador de que forma você pode contribuir com a melhoria desses números. Lembre-se sempre do motivo mais importante que te levou até a entrevista: a conquista de um novo emprego!

Viu como falar que foi demitido em uma entrevista pode ser um processo natural e sem mistério? Aprenda a transformar situações aparentemente desfavoráveis em oportunidades de destacar suas melhores habilidades e experiências.

Você já teve que falar que foi demitido durante uma entrevista? Como você reagiu? Deixe seu comentário aqui no post e conte-nos sobre esse processo!

Acessar material

pós-graduação, mercado de trabalho

Ana Flávia da Fonseca

Ana Flávia da Fonseca

Ana Flávia Pereira Medeiros da Fonseca é reitora do Centro Universitário de João Pessoa - Unipê. Doutora em Ciência da Informação pela Universidade de Maryland-EUA, exerceu cargo de Chefe de Arquitetura de Informação (Chief Information Architect) e Gerente do Departamento de Gestão da Informação do Banco Mundial. Possui experiência em negociação e cooperação internacional na área de projetos de informação com agências multilaterais e bilaterais, administrando programas relacionados à análise e ao apoio de projetos científicos e tecnológicos.

ÚLTIMOS POSTS

ASSINE A NEWS

VÍDEOS

ACOMPANHE O UNIPÊ

REDE SOCIAIS