pós-graduação

Descubra 6 formas de lidar com o medo no ambiente de trabalho

Ana Flávia da Fonseca
24-05-2018 7:33

Imagine a seguinte cena: você chega para mais um expediente em sua rotina de trabalho e, ao abrir o e-mail, vê logo uma mensagem do Recursos Humanos, onde se lê no título apenas A/C do colaborador.

Pronto, antes mesmo de abrir o conteúdo do texto, o seu coração já começa a palpitar, as pernas tremem e o pensamento já projeta o pior: vou ser demitido.

No entanto, ao criar coragem, você sente um alívio imediato: o e-mail era apenas um comunicado sobre um treinamento. Apesar de ser um fato fictício, o medo no ambiente de trabalho é real e cada vez mais presente nas corporações.

Afinal, diante de uma realidade com mais de 12 milhões de desempregados, ficar sem ocupação chega a tirar o cabelo de muita gente, causando até mesmo problemas mentais, como depressão e crises de ansiedade.

Para você não deixar o medo invadir o seu dia a dia, vamos mostrar neste post seis maneiras de lidar com a situação, com o objetivo de levar mais qualidade de vida tanto no meio profissional quanto pessoal. Venha conosco e seja mais confiante!

descubra-6-formas-de-lidar-com-o-medo-no-ambiente-de-trabalho-unipê

1. Faça especializações e treinamentos   

Como as demissões acontecem frequentemente, atingindo até mesmo grandes talentos, uma boa dica é sempre buscar o aperfeiçoamento profissional ,seja por meio de cursos de pós-graduação, seja por intermédio de treinamentos específicos em sua área.

Assim, a constante atualização será um meio de aumentar a confiança para um novo emprego, afastando o medo no ambiente de trabalho.

Afinal, quem está preparado e sabe resolver as demandas do dia a dia dificilmente fica muito tempo desocupado. Portanto, mantenha a motivação em alta e invista no seu conhecimento.

2. Tenha um bom networking     

Profissionais que mantém um bom relacionamento com pessoas da mesma área de outras empresas estão sempre por dentro de novas vagas e antenados nas tendências do mercado.

Isso ajuda muito a manter o medo afastado, pois você terá uma rede de pessoas dispostas a ajudá-lo caso o desemprego bata em sua porta.

Além disso, o contato com diversos profissionais é um auxílio para compreender situações adversas, como o desemprego. Ao ouvir outras histórias, certamente você saberá como agir no momento, mantendo a serenidade e a devida disciplina exigidos na hora da crise.

Baixe agora

3. Confie em si mesmo

A confiança supera o medo. Independentemente das situações vivenciadas em seu emprego, saiba que o conhecimento do que se faz é uma arma para afastar a ideia fixa de que algo dará errado.

Fora isso, ao saber que você está no caminho certo, buscando sempre a excelência no seu ramo de atividade, jamais boatos o assustarão, como frases maldosas ouvidas nos corredores das empresas.

Afinal, os boatos fazem muita gente ficar apreensiva, causando até mesmo sérios problemas de saúde, como estresse, ansiedade e a temida depressão, sem falar em alterações nos batimentos cardíacos.

Para colocar a confiança em prática, mais uma vez a dica é sempre se manter atualizado, aprendendo sempre e estando disposto para projetos inovadores. Vista a camisa do time e dê o seu melhor, mantendo a motivação sempre em evidência.

São fatores que contribuem com a qualidade de vida, evitando o medo no ambiente de trabalho, situação que traz inúmeros problemas para quem é inseguro de si mesmo.

4. Busque uma vida saudável  

Pessoas que valorizam a qualidade de vida são mais confiantes, estimuladas e não se deixam levar por ameaças, pressões, instabilidades emocionais ou crises financeiras.

Com isso em mente, busque praticar uma atividade física pelo menos três vezes por semana, faça refeições saudáveis, com frutas, verduras, legumes, beba muito líquido, inclusive ao longo do expediente e mantenha um contato com a natureza.

Vale a pena ainda investir em um hobby, ler livros positivos, além de estabelecer um vínculo com a família, ou seja, o equilíbrio precisa ser praticado em sua vida.

Dessa forma, o seu organismo estará bem mais preparado para lidar com as adversidades, criando mecanismos de defesa que o ajudarão a superar os entraves que invadem cotidianamente o ambiente de trabalho.

Além disso, quem se cuida, dormindo bem, consegue produzir mais e tem satisfação no que faz. É um aspecto crucial para desbancar o medo, pois haverá uma estrutura interna mais organizada, principalmente nos pontos emocional, físico e mental.  

5. Reconheça seus medos

giphy

Uma maneira de vencer determinadas limitações é aceitar a realidade, buscando mecanismos para superá-la.

Portanto, a nossa quinta dica é você reconhecer os medos que te assombram. É do chefe? Da pessoa que senta ao seu lado? Dos projetos que precisam ser entregues em um curto período de tempo? De perder o emprego?

Enfim, faça uma lista com todos os exemplos de medos que o afligem e escreva o que pode ser feito para vencer as situações.

Por exemplo: se o seu medo é do chefe, crie coragem para marcar uma reunião com ele e converse abertamente sobre questões da sua função, dê ideias, faça apontamentos pertinentes e analise o clima da conversa.

Caso haja uma interação de qualidade, vale a pena abrir o jogo: "fulano eu tinha uma visão totalmente equivocada de você. Obrigado por me ouvir". Ninguém precisa ficar bajulando o superior, mas uma conversa franca quebra muitos paradigmas errôneos.

6. Busque ajuda profissional  

Agora, se você perceber que as técnicas não estão funcionando e que o medo vem aumentando a cada dia é hora de buscar a ajuda de um profissional de saúde mental.

Afinal, psicólogos, psiquiatras e terapeutas podem auxiliá-lo a quebrar o medo no ambiente de trabalho, sendo um bom meio para você melhorar a sua qualidade de vida.

Somente um profissional capacitado poderá diagnosticar com critério o problema, oferecendo uma solução adequada para cada caso.

Combata o medo no ambiente de trabalho

Sabendo-se que atualmente muitos profissionais estão sendo afastados por conta da depressão, estresse, crises de ansiedade e outros distúrbios mentais que estão nitidamente ligados com o medo, nada melhor do que você se cuidar para não fazer parte desta estatística.  

Afinal, o medo em excesso influencia negativamente na produtividade e é uma questão de saúde. Ele atrapalha a convivência, paralisa suas funções e ainda ataca o sistema imunológico, ou seja, certamente haverá sérios prejuízos.

Portanto, para viver melhor e com mais qualidade em suas atividades laborais, busque sempre o autoconhecimento, a paz de espírito e uma interação com os demais colaboradores.

No mais, seja você mesmo e conheça seus pontos fortes e fracos, estabelecendo limites para não se sobrecarregar ao longo da sua jornada laboral.

Gostou do nosso post? Ficou com alguma dúvida? Então deixe aqui o seu comentário!

Acessar material

Recém adicionados

Veja nossas últimas atualizações
Materiais Gratuitos