pós-graduação

9 dicas de como ser um líder conectado com sua equipe

Fábio Albuquerque
19-07-2018 8:00

Pare e reflita: você está exercendo seu papel de líder de maneira efetiva? A resposta revela se está ou não engajado em sua posição de liderança. O fato é que líderes são gestores, no entanto, o oposto nem sempre acontece. Para alcançar os melhores resultados, é preciso saber como ser um líder conectado com sua equipe.

O líder que está conectado com os demais profissionais consegue exercer seu papel de maneira ímpar, tornando-se o exemplo que todos querem seguir. Ele é inspirador e, por meio de suas ações, motiva os colaboradores para que trabalhem pelo mesmo propósito: o da companhia.

Continue a leitura e saiba como ser um líder conectado com as 9 dicas a seguir.

Saiba como ser um líder conectado com sua equipe

1. Conheça sua equipe

Um bom líder é sempre autêntico. Ele conhece todos os membros de sua equipe, sabe seus nomes, de onde vêm e quais são suas dores, necessidades, expectativas e ambições. E isso ajuda em um dos pontos mais importantes da relação de liderança, a confiança — fundamental para alcançar bons resultados.

A confiança é conquistada por meio da autenticidade, do quão verdadeiro você pode ser. Isso envolve, também, sua capacidade de se importar de verdade com o próximo, auxiliando-o no que for necessário para que ele desempenhe um bom papel dentro e até fora da empresa.

2. Ouça o que eles têm a dizer

Muitos gestores acreditam que sabem ouvir. No fundo, quando é possível, eles escutam o que seus colaboradores têm a dizer. Escutar é uma coisa, ouvir é outra completamente diferente — pois tem a ver com empatia. Quando escutamos, estamos prestando atenção com profundidade.

Desse modo, nossa atenção se dirige a algum som ou mensagem específica, deixando-nos focados naquilo que está sendo recebido. Quem tem dificuldade de ouvir, escuta o outro enquanto elabora a próxima frase que vai dizer. Isso cria monólogos que se sobrepõem.

Baixe agora

3. Esteja disposto a ajudar

O ambiente de trabalho, muitas vezes, torna as pessoas cruéis. Elas passam a acreditar que devem se portar de maneira independente, isolada e até arrogante. Diante da dificuldade do próximo, preferem ignorar. Estamos falando de um lugar que deveria incentivar a proatividade e a colaboração mútua.

Ora, basta refletir. Cada profissional tem suas ambições e propósitos. No entanto, independentemente disso, os colaboradores trabalham para alcançar os objetivos da organização em que estão. Quando você não está disposto a ajudar, prejudica o desempenho do todo.

4. Dê e receba feedbacks

O profissional que sabe como ser um líder conectado reconhece o poder do feedback. Essa ferramenta é uma poderosa aliada da produtividade de uma equipe, pois orienta os profissionais acerca das melhores práticas para a realização de suas atividades. E o sentido oposto também funciona, viu?

Da mesma forma que é importante dar feedbacks, o líder precisa saber ouvir para recebê-los. Suas ações não são unânimes, portanto, existe a necessidade de saber a opinião dos demais profissionais e as considerações que eles têm em relação ao seu trabalho. Trata-se de uma via de mão dupla.

5. Lidere pelo exemplo

Faz sentido alguém falar para você o que considera ser o certo e, na prática, fazer exatamente o oposto? Com certeza, não. Essa linha de raciocínio também deve ser seguida por quem é líder. Pedir mais produtividade para a equipe e não fornecer as ferramentas adequadas soa esquisito.

O mesmo vale para o gestor que pede para sua equipe fazer horas extras e sai religiosamente no horário, exigindo o resultado na primeira hora útil do dia seguinte. É preciso liderar pelo exemplo! Como líder, as pessoas esperam de você o comportamento exemplar.

giphy

6. Foque no resultado

Muito cuidado com essa dica, tá? Priorize a entrega dos seus resultados, mas não deixe que eles se sobreponham às pessoas e comprometam seus valores éticos e morais. Isso significa ser produtivo e focado naquilo que realmente interessa, ou seja, o objetivo da companhia.

Esforce-se para criar e manter um bom clima organizacional. Forneça as ferramentas que sua equipe necessita e acompanhe todas as etapas dos processos para garantir que elas estão proporcionando a melhor velocidade que o trabalho pode alcançar. Trabalhe pelo resultado e dê o seu máximo para ser seguido por todos.

7. Entenda as diferenças

Até aqui, você já compreendeu que deve ser o ponto focal que vai unir os colaboradores em torno dos objetivos da empresa. Contudo, nem todas as pessoas são iguais. É preciso respeitar as diferenças! Cada um tem seu ritmo, forma de pensar e de ver o mundo.

Como líder, cabe a você direcionar cada profissional para o melhor caminho. E isso começa a partir do entendimento acerca das características de cada um. Na hora de distribuir responsabilidades, considere esse ponto. Identifique quem tem o melhor perfil para cada tarefa, otimizando a realização dela.

8. Reconheça os erros e acertos

Todo mundo erra — inclusive você. Reconhecer os erros e acertos é uma atitude inspiradora, pois demonstra humildade e transmite confiança. Diante de um problema, você não pode ser o gestor que imediatamente busca os culpados. O seu foco precisa ser, primeiramente, na solução da situação.

Ainda há aquele gestor que não reconhece os próprios erros e os atribui aos outros. E por mais bem elaborado que seja o método para repassar a culpa adiante, no fim todo mundo descobre. Isso afeta a reputação do gestor e coloca a equipe contra ele, prejudicando os resultados da companhia.

9. Capacite sua equipe

O gestor que sabe como ser um líder conectado não é mesquinho com o conhecimento. Ele compartilha informações, orienta pessoas e indica as melhores capacitações para que elas sejam excelentes profissionais. Para os liderados, isso reforça a confiança no líder.

Contudo, quem mais ganha com essa atitude é a empresa. Com profissionais qualificados, a companhia tem mais um diferencial competitivo para se destacar no mercado. Seus resultados planejados são alcançados com mais facilidade e isso contribui até com a melhora do clima organizacional — uma vez que todos estão focados.

Saber como ser um líder conectado com sua equipe é fundamental para que, como gestor, você consiga desempenhar um papel ímpar na empresa para a qual trabalha. É por meio dessa conexão que os resultados são atingidos com sucesso, bem como as expectativas superadas.

Refletiu sobre como está exercendo seu papel como líder? Conta essa reflexão para nós nos comentários!

Acessar material

Recém adicionados

Veja nossas últimas atualizações
Materiais Gratuitos