pós-graduação

8 dicas de como se dar bem no primeiro emprego

Mariana Brito
10-07-2018 15:00

Atualmente, conseguir manter-se no primeiro trabalho tem sido uma tarefa bem difícil, não é mesmo? Recentemente, uma matéria do portal UOL Economia mostrou que mais de 13 milhões de pessoas ficaram sem emprego. Diante disso, talvez você se pergunte: como se dar bem no primeiro emprego?

É óbvio que são vários os fatores que levam a uma demissão, mas você pode fazer a sua parte para preservar o seu trabalho. Quer saber como? Separamos algumas dicas de ouro para que você se torne um profissional indispensável. Vamos lá?

Siga os passos e veja como se dar bem no primeiro emprego

1. Tenha uma postura profissional

Algo muito comum em profissionais jovens que iniciam no mercado de trabalho é a dificuldade de mudar o seu comportamento — do estudantil para o profissional. Vamos ser realistas: essa é uma transição muito repentina e, muitas vezes, não estamos preparados para isso. No entanto, no atual cenário corporativo, essa transformação precisa ser rápida.  

Mas como conseguir isso? Entenda que você entrou em uma fase na qual é essencial ter uma postura ativa. Por exemplo, na universidade o normal é o professor falar e os alunos escutarem. Além disso, as tarefas são direcionadas pelo mestre, e aos estudantes, resta seguir apenas as orientações.

Por outro lado, o ambiente empresarial é bastante dinâmico. Embora no início você seja treinado em uma função específica, espera-se que desenvolva a sua autonomia e as suas habilidades em vez de apenas ouvir o que deve fazer.

2. Aprenda o máximo que puder

Encare o seu primeiro emprego como uma oportunidade valiosa para lançar a sua base profissional. Por isso, tente aprender qualquer ensinamento que oferecerem a você, seja por meio de uma atitude de um colega de trabalho, seja um programa de treinamento.

Com o tempo, você perceberá que é importante ter humildade e fazer perguntas sobre uma determinada tarefa ou pedir ajuda para realizar um projeto desafiador. Não fique com vergonha! Essa atitude é muito valorizada pelas pessoas e uma ótima maneira de aprender ainda mais.

3. Construa bons relacionamentos

O mundo corporativo tem um aspecto muito parecido com o escolar: a necessidade de fazer amizades e parcerias. Esse comportamento, no entanto, é chamado de networking pelos profissionais. Para abrir as portas de novos relacionamentos é essencial que você dê o primeiro passo.

Faça isso por demonstrar simpatia e vontade de ajudar os colegas de trabalho. Além disso, convide-os para almoçar e aceite também os convites que serão feitos para você.

Naturalmente, depois de algum tempo, você se apegará mais a uns do que a outros e formará o seu círculo de amigos na empresa. Porém, nunca limite as suas amizades. Pelo contrário, continue conquistando as pessoas, em especial aquelas que têm uma habilidade ou característica que você admira e gostaria de desenvolver.

Baixe agora

4. Seja observador

Ao chegar em um ambiente cheio de novidades é muito importante observar atentamente como as pessoas se comportam e de que forma são realizados os serviços ali.

Essa atitude impedirá que cometa erros desnecessários e ajudará você a se sentir mais confortável. Quando surgir uma informação importante, anote-a. Por exemplo, percebeu alguma atitude que agrada o seu chefe? Gostou do modo como um colega fez uma determinada tarefa? Registre isso e tente seguir essa receita!

5. Receba feedbacks com gratidão

Atualmente, muitas empresas adotaram a política do feedback como uma ferramenta fundamental do processo de desenvolvimento dos colaboradores. Esse retorno sobre um processo é um tesouro que deve ser muito bem recebido, usado e armazenado na sua identidade profissional.

É claro que ouvir um elogio é muito bom, mas isso nem sempre é o que acontece. Portanto, caso receba uma crítica, ouça com atenção e tente melhorar o máximo que puder. Lembre-se: aceitar conselhos é sinal de maturidade.

giphy

6. Respeite o horário

Pare um pouco e reflita: como você se sente quando marca um compromisso com um amigo e ele chega atrasado? Talvez fique muito irritado e reclame com o colega, não é mesmo?

Agora imagine o conceito que formarão sobre você caso chegue atrasado com frequência no trabalho. Se isso acontecer, logo será taxado como desorganizado, preguiçoso, procrastinador e por aí vai. Se não mudar, perderá o seu trabalho.

O mesmo ocorre quando não são respeitados os prazos para a entrega de trabalhos e projetos. Sendo assim, esforce-se em cumprir os horários e prazos. Antecipe situações que podem impedi-lo de ser pontual, como os engarrafamentos diários, e tente encontrar maneiras de contorná-los.

Se por acaso acontecer algo que o impossibilite de cumprir um determinado compromisso, avise logo aos seus superiores. Fazendo assim, você terá a confiança e a credibilidade dos seus colegas de trabalho.

7. Tenha iniciativa

No mercado de trabalho, os talentos profissionais são muito disputados. Por isso, muitas empresas têm estratégias para atrair e reter esse tipo de trabalhador. Mas o que esse grupo de pessoas têm em comum? Eles fazem além do que é esperado e ultrapassam o desempenho da maioria dos colaboradores.

Você quer ser assim? Então, comece tendo iniciativa, ou seja, disposição para executar uma tarefa. Além disso, tente inovar pensando em maneiras diferentes e eficientes para realizar as demandas internas.

Para conseguir isso, será necessário sair da sua zona de conforto e arriscar mais. Os gestores valorizam mais aqueles que tentam novas alternativas do que os acomodados e que não procuram inovar.

8. Invista na qualificação

Por mais que a empresa em que trabalha ofereça um programa de treinamento, desenvolvimento ou capacitação é essencial que você busque uma especialização na área em que atua. E isso poderá ser feito por meio de uma pós-graduação.

Sendo assim, pesquise por cursos em faculdades de renome. Essa vontade de aprender e crescer trará muitos benefícios, como:

  • Aprimoramento profissional;
  • Aumento de salário;
  • Promoções;
  • Um currículo mais atrativo.

Com toda essa instrução, ficará mais difícil perder o seu primeiro emprego e mais fácil se dar bem em sua carreira profissional. Apesar da “maré” do mercado de trabalho estar baixa, ainda é possível navegar com certa tranquilidade nesse mar. Seguindo as sugestões dadas, com certeza será um profissional muito valorizado em seu trabalho.

O que achou de nosso artigo? Curtiu nossas dicas e aprendeu como se dar bem no primeiro emprego? Queremos ouvir você! Deixe o seu comentário em nosso post!

Acessar material

Recém adicionados

Veja nossas últimas atualizações
Materiais Gratuitos