Blog Pós-graduação UNIPÊ

BLOG PÓS-GRADUAÇÃO UNIPÊ

Como não desanimar com as dúvidas que surgem durante a pós-graduação

Postado por Fábio Albuquerque

Hoje em dia, com a crise econômica, a situação está complicada. Muitos jovens se formam na graduação, mas ficam desempregados e pensam em continuar estudando, no entanto, têm muitas dúvidas sobre pós-graduação.

Os questionamentos que mais surgem são se, durante a pós-graduação, eles conseguirão conhecimentos para atuar em uma área diferente daquela em que se formaram, se o estudo adicional abrirá novas portas e se é um bom investimento de tempo e dinheiro.

Pois, pensando nisso, preparamos este post esclarecendo questões frequentes sobre pós-graduação, para fugir do desânimo durante esse período. Fique ligado!

como-nao-desanimar-com-as-duvidas-que-surgem-durante-a-pos-graduacao.jpg

A pós-graduação abre novas portas?

No cenário em que o Brasil vive uma crise econômica e que há um excedente de novos formandos entrando no mercado de trabalho, ter uma pós-graduação é um diferencial interessante. Afinal, a pós-graduação diferencia o seu currículo dos demais candidatos na hora de conseguir uma vaga de emprego.

Além disso, durante a pós-graduação você se aprofunda em novos assuntos, entrando em contato com outras formas de conhecimento, ampliando sua visão de mundo e sua bagagem cultural — e melhorando, assim, até a sua vida pessoal.

E você ainda entra em contato com alunos na mesma situação, possibilitando um networking que pode ser muito útil no futuro. Então, com certeza: a pós-graduação abre novas portas, tanto profissionais como pessoais e sociais.

É um problema fazer uma pós-graduação numa área diferente em que você se formou?

Muitas pessoas, depois de se formarem em um determinado curso, optam por fazer uma pós em outra área — e isso não é nenhum problema. Na verdade, nos dias de hoje, é mesmo uma grande vantagem.

O mercado de trabalho atual necessita de pessoas flexíveis e criativas, com uma visão holística do conhecimento e que consigam estabelecer novas conexões para resolver problemas. Quanto mais abrangente é a formação de uma pessoa, melhor ela se encaixa nesse novo cenário.

Então, se você se formou em Contabilidade, por exemplo, pode fazer um curso de pós-graduação na área ambiental, que te possibilitará trabalhar em auditoria ou perícia ambiental.

Se é formado em Administração, por outro lado, uma pós em Psicologia te permitirá olhar com novos olhos para a empresa em que trabalha, melhorando o relacionamento com os outros funcionários, sua eficiência e produtividade, entre outras coisas.

Baixe agora

A pós-graduação pode substituir diplomas de licenciaturas ou de bacharelados?

Apesar de ser ótimo para você ter uma pós-graduação numa área diferente daquela que se formou, tenha cuidado! Uma pós em Pedagogia ou em Letras, por exemplo, não substitui o diploma de licenciatura, obrigatório para você poder atuar como professor.

Além disso, a pós também não se equivale a muitos cursos de bacharelado. Para poder atuar como advogado ou engenheiro, é preciso ter se formado nesses respectivos cursos.

Nesse sentido, é interessante você saber que existem dois tipos de pós-graduação, cada uma com um objetivo específico:

1. Pós-Graduação Lato Sensu

Esse tipo de pós inclui as especializações, os MBAs etc. São cursos de aprimoramento, com um viés um pouco mais prático e dinâmico. Por isso, são flexíveis e, geralmente, têm um tempo de duração mais curto, sendo mais voltados para o mercado de trabalho.

2. Pós-Graduação Stricto Sensu

Incluem os mestrados, os doutorados e os pós-doutorados. Eles têm um viés mais acadêmico, e visam preparar você para ser um pesquisador e professor universitário. Geralmente, são mais aprofundados em um determinado campo específico do conhecimento, com disciplinas mais trabalhosas e complexas.

De toda forma, ambos os tipos de pós-graduação são ótimas escolhas, e sua opção por cada uma delas deverá depender dos seus objetivos e metas profissionais.

duvidas-que-surgem-durante-a-pos-graduacao.gif

A pós-graduação traz salários melhores?

Isso não é uma regra, mas, em muitos casos, quem tem uma pós-graduação recebe sim salários melhores, se comparado com quem possui apenas a graduação.

Isso acontece porque, geralmente, as pessoas que fizeram uma pós tem uma boa bagagem cultural, uma visão mais ampla do conhecimento e uma noção mais apurada de um determinado nicho, além de uma rede de contatos maior.

Assim, elas costumam ser escolhidas para cargos melhores, e com uma remuneração mais compensadora. Além disso, a pós permite também que você galgue novos postos na sua empresa, ou que mude completamente a sua área de atuação.

O diploma da educação a distância é equivalente ao da educação presencial?

De fato, essa é uma das principais dúvidas sobre pós-graduação para quem pensa no assunto. Sabemos que, com os avanços da tecnologia, já é possível escolher entre fazer uma pós a distância ou presencial.

Nesse caso, o primeiro detalhe a que você deve ficar atento é se a faculdade da sua escolha tem, ou não, o certificado do Ministério da Educação e da Cultura (MEC). Se tiver, perfeito! Como o Ensino a Distância (EAD) também é reconhecido pelo MEC, diplomas dessa modalidade têm a mesma validade que os presenciais.

No entanto, cada uma das opções tem as suas vantagens e desvantagens, que devem ser levadas em consideração. Vejamos:

1. Cursos a distância

Cursos a distância costumam ser mais acessíveis monetariamente. Eles permitem a você ter a sua própria rotina e horário de estudo, rever uma videoaula quantas vezes quiser, e são, geralmente, mais focados e completos.

Eles exigem de você, entretanto, uma participação mais ativa, necessitando uma melhor organização e proatividade para estudar todo o material.

2. Cursos Presenciais

Nos cursos presenciais, por outro lado, existe um maior contato com os outros alunos e com os professores, possibilitando a criação de um bom networking. Além disso, as perguntas podem ser respondidas pelos tutores na hora, e as aulas têm um maior atrativo, pois costumam ser mais dinâmicas e participativas.

Contudo, esses cursos costumam ser menos acessíveis financeiramente do que os cursos à distância, e exigem que você se desloque de forma habitual para as instituições de ensino.

Nesse caso, é bom procurar cursos de pós-graduação presencial que tenham professores com experiência e vivência de mercado, além de salas de aula novas e equipadas e conteúdos voltados para aplicações do dia a dia.

De qualquer forma, saiba que, em ambas as modalidades, o que mais fará a diferença será a sua disposição e dedicação em aprender e querer progredir rumo aos seus objetivos!

Enfim, gostou do post? Dúvidas sobre pós-graduação são comuns, não se assuste. Mantenha o foco, concentre-se e estude bem durante a pós-graduação que as oportunidades de trabalho vão se abrir para você. E, agora, não se esqueça de nos deixar um comentário e dividir com a gente a sua experiência!

Acessar material

pós-graduação

Fábio Albuquerque

Fábio Albuquerque

Pró-Reitor da Pós-graduação do Unipê. Mestre em Administração pelo Programa de Pós-graduação em Administração da Universidade da Paraíba, Especialista em Estratégia Empresarial e Pesquisador de Marketing, Consumo e Sociedade, além de Tecnologia da Informação e Sociedade.

ASSINE A NEWS

VÍDEOS

ACOMPANHE O UNIPÊ

REDE SOCIAIS