Blog Pós-graduação UNIPÊ

BLOG PÓS-GRADUAÇÃO UNIPÊ

9 dicas de como diminuir o estresse no trabalho

Postado por Fábio Albuquerque

De que maneira você prefere gastar a sua energia: se preocupando com um problema ou encontrando a melhor solução para resolvê-lo?

Diante de uma dificuldade, a maioria das pessoas liga um tipo de sinal de alerta. É como se existisse um GPS na mente e ele identificasse um inimigo mortal no caminho, fazendo com que alguns sentimentos como a preocupação, a ansiedade e o medo venham à tona.

Conforme o tempo passa, e a solução para resolver o problema não é encontrada, a pessoa acaba sofrendo com outro mal: o estresse. A consequência dessa situação vem em forma de noites mal dormidas, conflitos com os membros de sua família e até por meio problemas de saúde.

É muito provável que você esteja enfrentando uma situação como a descrita neste texto. Pode ser a apresentação daquele relatório complexo na semana que vem, o cumprimento das metas do mês ou a pressão que sua chefia exerce em seu cotidiano.

Você quer aprender como diminuir o estresse no trabalho? Veja como adotar atitudes preventivas e direcionar seu foco e energia para dar a volta por cima e superar esses momentos tensos!

9-dicas-de-como-diminuir-o-estresse-no-trabalho.jpg

1. Entenda suas preocupações

A preocupação surge quando passamos a gastar mais energia olhando para o problema do que buscando uma solução que o resolva. Trata-se de um foco excessivo e mal direcionado.

Preocupar-se demais com um problema faz com que, inconscientemente, passemos a enxergá-lo como uma ameaça. A partir do momento que o vemos dessa forma, passamos a imaginar todas as consequências negativas que ele pode trazer.

2. Não traga o problema para dentro da sua mente

Perceba que o problema se encontra fora de seu controle: o barulho no escritório é causado pelos outros e o mau humor do seu chefe é consequência de um problema que ele está enfrentando. Em vez de se preocupar com os percalços do dia a dia de seu trabalho, passe a se importar.

Quando você se interessa por algo, buscando entender os motivos que levaram até aquela situação, consequentemente procura resolver a situação da melhor maneira.

3. Pare de olhar somente para os outros

Muitas vezes, enxergamos em nossos colegas de trabalho as conquistas que gostaríamos de alcançar e, por algum motivo, ainda não conseguimos.

Trata-se de um sentimento de inveja que pode levar você à baixa autoestima. Antes de admirar o que os demais conquistaram, passe a agradecer pelo que você conquistou. Foi provado cientificamente que quem agradece o que tem consegue diminuir o estresse no trabalho, em casa e na vida.

4. Evite o hábito de pensar demais

Pode ser que, neste momento, esteja tudo bem em seu ambiente de trabalho. O estresse surge quando você não controla o seu pensamento e passa a pensar demais.

Sua rotina está perfeita, mas você não se contenta com isso e pensa na possibilidade de algo de ruim acontecer. Por que pensar nisso? Por que imaginar que algo ruim pode acontecer diante do momento bom que você está vivendo? Evite o hábito de pensar demais, principalmente em possibilidades.

Baixe agora

5. Evite os colegas sugadores de energia

Sabe aquele momento em que algumas pessoas fazem uma pausa e se encontram na copa do escritório para tomarem juntas um café? Esse é um momento de descontração, de falar sobre assuntos triviais e com o objetivo de eliminar o estresse.

O problema é que isso nem sempre acontece dessa forma. Algumas pessoas não têm autocontrole e utilizam esse encontro para falar mal dos outros, alimentar conspirações e fazer fofoca. Fuja desses sugadores de energia!

6. Seja otimista

Vamos te contar o segredo do livro “O Segredo”, escrito por Rhonda Byme, em 2006: quem pensa positivamente acaba atraindo coisas boas. Ok, concordamos que nem sempre as coisas funcionam assim. O fato é que, ao tentar ser otimista, sua mente direciona os pensamentos para assuntos que não alimentam a situação de estresse.

Se um colega de trabalho foi grosseiro com você, imagine que ele está tendo um dia ruim, em vez de buscar em sua mente as razões que o levaram a agir assim. Lembre-se: o problema não está dentro de você.

7. Saiba qual é a hora certa para se desconectar

O fato de estarmos conectados durante a maior parte de nosso tempo nos trouxe uma série de benefícios. Agora conseguimos falar com as outras pessoas de modo mais rápido e sem tantas barreiras.

O problema é que isso trouxe também um pouco mais de estresse no trabalho. A partir do momento em que você não impõe limites e deixa de se desconectar, toda hora é hora para uma bomba explodir em seu colo. Ou seja, as pessoas acharão que você estará sempre à disposição.

como-diminuir-o-estresse-no-trabalho.gif

8. Não aja por impulso

E muito menos fique na defensiva. A conduta defensiva surge quando há uma dificuldade natural de gerenciar o estresse no trabalho. Para evitá-la, converse com as pessoas que ultimamente você tem enfrentado problemas de relacionamento.

É importante que você faça isso e identifique as fontes para o seu estresse. Diante de situações tensas, é necessário adotar um comportamento racional, com atitudes que eliminem as chances de o estresse afetar sua rotina de trabalho.

9. Administre melhor o seu tempo

Em muitos casos, a maior fonte de estresse no ambiente profissional vem da má administração do seu tempo. Procrastinar e deixar para fazer as tarefas na última hora só gera dores de cabeça.

Organize melhor sua rotina, estabelecendo quando e como fará cada atividade. Crie uma planilha para seus compromissos ou coloque em uma agenda. Use a tecnologia ao seu favor e coloque alarmes para lembrá-lo dos prazos.

O estresse será reduzido à medida que você passe a adotar as dicas que listamos acima. Não deixe que sua mente se transforme em um campo fértil, onde os problemas têm vez e voz.

Que tal? Anotou todas as dicas de como diminuir o estresse no trabalho? Coloque-as em prática e deixe seu comentário no fim deste post, nos contando como elas o ajudaram a amenizar sua rotina profissional!

Acessar material

pós-graduação

Fábio Albuquerque

Fábio Albuquerque

Pró-Reitor da Pós-graduação do Unipê. Mestre em Administração pelo Programa de Pós-graduação em Administração da Universidade da Paraíba, Especialista em Estratégia Empresarial e Pesquisador de Marketing, Consumo e Sociedade, além de Tecnologia da Informação e Sociedade.

ASSINE A NEWS

VÍDEOS

ACOMPANHE O UNIPÊ

REDE SOCIAIS