Blog Pós-graduação UNIPÊ

BLOG PÓS-GRADUAÇÃO UNIPÊ

8 dicas de networking para quem está começando a carreira

Postado por Fábio Albuquerque

Você já ouviu falar sobre networking? Esta palavra em inglês que significa, em uma tradução mais ampla, construir uma rede de contatos e relacionamentos, se faz muito presente no dia a dia dos profissionais — dos mais experientes aos nem tão experientes. Neste artigo apresentaremos dicas de networking para você aprimorar suas experiências profissionais.

Mas qual seria o motivo deste termo ser tão importante nas carreiras dos profissionais? Nós, humanos, somos seres sociais. Não conseguimos viver sozinhos. O nível de sociabilidade é variável de acordo com cada pessoa, porém sempre precisamos ter contato com outras — seja para comprar pão ou perguntar se há uma vaga de emprego.

No âmbito profissional, o networking é fundamental. Ninguém consegue desenvolver todo um trabalho estando sozinho. Alguém precisa nos dar o direcionamento, o ensino, a opinião, o público-alvo e a indicação sobre o que estamos fazendo. Nasce daí a necessidade de termos uma boa rede de contatos profissionais, que nasce quando praticamos o networking. 

8-dicas-de-networking-para-quem-esta-comecando-a-carreira.jpg

1. Entenda a estrutura de uma boa rede de contatos profissionais

Uma boa rede de contatos profissionais é formada por, pelo menos, cinco categorias. Sabe quais são elas?

1.1 Mentores

A primeira categoria é a formada por mentores, que são as pessoas que já alcançaram o patamar profissional que você deseja. Eles, por meio de dicas, críticas e sugestões, podem dar um direcionamento para sua carreira. Considere como mentores os seus professores de faculdade, os altos executivos que atuam na mesma área que você e os ex-chefes que teve e admira.

1.2 Pares

A segunda categoria que compõe a estrutura de uma boa rede de contatos é composta pelos pares. Os pares são os ex-companheiros de turma na faculdade e os colegas de profissão. Como a vivência profissional de vocês é parecida, eles são úteis para trocar informações técnicas sobre a área que atuam e dar ideias de como solucionar problemas presentes no cotidiano, pois podem já tê-los vivido.

1.3 Juniores

Os juniores compõem a terceira categoria dessa estrutura. Esta categoria é composta pelos profissionais que não têm os seus conhecimentos, porém desejam aprender com você. Os juniores são os responsáveis por divulgar seus talentos, impulsionando positivamente sua reputação no mercado de trabalho.

Mas tome cuidado para não colocar nesta categoria apenas os profissionais com idade inferior à sua. Um chefe com mais idade que você, mas que aprende muito com o seu trabalho, também pode ser colocado entre os juniores.

1.4 Primos

A quarta categoria que faz parte da rede de contatos profissionais abriga os primos. Considere como primos os profissionais que trabalham com você na mesma área, mas não são formados na mesma profissão.

Arquitetos, designers de interiores e engenheiros muitas vezes precisam trabalhar juntos, mas não possuem a mesma formação. Os primos abrem seus olhos para o mercado de trabalho como um todo, ampliando sua visão em relação a ele — para que não seja restrita somente à sua profissão.

1.5 Pontes

Por fim, temos a quinta categoria, que é formada pelas pontes. Considere na categoria pontes os profissionais que têm um trabalho completamente diferente do seu. Sendo publicitário, qual seria a sua relação profissional com um médico?

Outros profissionais, de fora da sua área de atuação, são fundamentais para deixar sua rede de contatos maior e mais eclética. Isso permite o aumento de oportunidades imprevistas e um maior poder de alcance em relação a outros profissionais, que podem ser apresentados por eles.

Baixe agora

2. Obtenha os primeiros contatos na faculdade

O contato e a amizade com os seus colegas de faculdade e professores provavelmente proporcionaram suas primeiras experiências profissionais. Caso não tenha mais contato frequente com eles, busque maneiras de retomá-lo.

3. Frequente eventos relacionados com a sua área

Apesar de a internet ser uma ferramenta poderosa que nos coloca em contato frequente com as outras pessoas, entenda que os encontros presenciais ainda são muito importantes, principalmente quando precisamos manter e impulsionar nossa rede de contatos. Cafés, almoços, happy hours e outros encontros informais são fundamentais para que a rede de contatos permaneça segura.

Aproveite para conhecer outros profissionais da sua área em eventos como congressos, cursos e palestras. Além de novos contatos, estes eventos permitem que você descubra oportunidades.

4. Busque atuar em projetos de voluntariado

Busque por algum projeto que tenha uma vaga destinada à sua profissão. Os projetos de voluntariado ligados às questões sociais e ambientais são outra forma de construir e ampliar sua rede de contatos profissionais.

Neste tipo de ambiente, é possível encontrar outros profissionais que compartilham com você os mesmos princípios e valores.

5. Faça uma pós-graduação

Depois que finalizamos a graduação, nos deparamos com a presença de muitos pares — lembre-se da segunda categoria que compõe a estrutura de uma boa rede de contatos. Vocês estão nivelados pelo curso que concluíram.

Ao optar pela continuidade dos seus estudos, por meio de uma pós-graduação, você ganha em duas frentes. A primeira diz respeito à sua especialização profissional: um curso de pós-graduação permite que você adquira conhecimentos específicos sobre um segmento existente dentro de sua profissão.

A segunda frente diz respeito à sua rede de contatos, pois no curso de pós-graduação você conhecerá alunos de outras instituições, profissionais que já atuam no mercado de trabalho e outros mais que estão passando por algum tipo de mudança na carreira.

6. Comunique, sem medo, os seus interesses

Você é jovem e está em busca de oportunidades. Não há motivos para montar uma rede de contatos sem deixar claro quais são suas intenções. No mercado de trabalho, quem ousa mais consegue firmar seus primeiros passos.

Durante suas conversas com professores, ex-chefes e colegas de trabalho, diga quais são os seus desejos, anseios e necessidades. Estas conversas permitem que as expectativas de ambas as partes sejam alinhadas.

7. Tenha um perfil profissional na internet e avalie suas atitudes

Você conhece o LinkedIn? O LinkedIn é uma rede social para profissionais. Por intermédio dela, é possível se conectar com profissionais de diversos lugares do mundo. Crie seu perfil profissional no LinkedIn, divulgando suas experiências, expondo seu currículo e dividindo suas opiniões e conceitos por meio de artigos que podem ser escritos lá.

Além de manter um perfil nessa rede profissional, posicione-se de maneira mais madura nas demais, mas sem perder a espontaneidade. O seu comportamento nas outras redes sociais reflete muito do que você é em sua essência, podendo gerar interpretações equivocadas de profissionais que tentem se conectar com você por elas.

8. Seja sempre persistente e positivo

O fato de você ser jovem e estar no começo da carreira permite que você experimente mais. Ao longo do caminho da construção de sua rede de networking, alguns erros e outros acertos acontecerão.

Encare os obstáculos como algo natural e seja persistente na busca pela consolidação da sua rede de contatos. Converse com os membros de sua rede por e-mail, telefone, redes sociais e durante os encontros presenciais. Faça com que a relação de vocês seja sempre ativa!

Ao longo do tempo, você passa a ser a referência para os menos experientes, tornando-se uma fonte importante de ajuda profissional.

Com as oito dicas de networking citadas acima, você tem tudo para construir uma excelente rede de contatos. Curta a nossa página do Facebook e tenha acesso a outras dicas e informações que são relevantes para o seu crescimento profissional.

Acessar material

pós-graduação

Fábio Albuquerque

Fábio Albuquerque

Pró-Reitor da Pós-graduação do Unipê. Mestre em Administração pelo Programa de Pós-graduação em Administração da Universidade da Paraíba, Especialista em Estratégia Empresarial e Pesquisador de Marketing, Consumo e Sociedade, além de Tecnologia da Informação e Sociedade.

ASSINE A NEWS

VÍDEOS

ACOMPANHE O UNIPÊ

REDE SOCIAIS