Blog Pós-graduação UNIPÊ

BLOG PÓS-GRADUAÇÃO UNIPÊ

8 dicas de como cativar o recrutador e se sair bem na entrevista

Postado por Fábio Albuquerque

Se antes ter uma graduação era um sonho distante para muitos brasileiros, hoje a formação em um curso superior é uma realidade possível para a maioria — e fundamental. Isso porque as empresas estão muito mais exigentes, e os profissionais buscam se qualificar cada vez mais para atender às imposições do mercado e saber como cativar o recrutador na hora da entrevista.

Com essa forte concorrência, o momento da entrevista de emprego é crucial e pode ser o ponto-chave para se destacar frente a todos os profissionais, conquistando o sonhado emprego. A seguir, vamos dar 8 dicas de como mandar bem em uma entrevista de emprego. Confira!

8-dicas-de-como-cativar-o-recrutador-e-se-sair-bem-na-entrevista.jpg

1. Cuide do seu visual

A roupa diz muito sobre nossa personalidade e — acredite — o recrutador também está de olho na sua aparência. Portanto, é importante se vestir de maneira adequada na entrevista de emprego. Veja alguns pontos que você deve se atentar na hora de definir o seu traje:

Escolha a cor certa

Prefira o básico! O preto e o branco são difíceis de errar. É claro que você pode optar por outras cores, desde que não pesem no visual.

Vista-se de acordo com o cargo pretendido

Qual é a vaga que você quer preencher? Isso também tem relação com o momento da escolha da roupa. Para cargos iniciais, uma calça jeans com uma camisa social lisa já são suficientes. Entretanto, para os cargos de níveis intermediários e superiores, a melhor opção é o esporte fino, que é um traje social, mas sem grandes formalidades.

Preocupe-se com a higiene

Unhas feitas, cabelos arrumados, roupas limpas e um perfume bem sutil são imprescindíveis nesse momento. Dê atenção redobrada à higiene, pois ela também será observada pelo recrutador.

2. Seja sempre gentil e educado

Espera-se que você seja gentil e educado no seu dia a dia, mas na entrevista de emprego o mau humor, a falta de paciência e as deselegâncias não podem aparecer jamais! Você deve tratar a todos com simpatia, desde o porteiro até o diretor da empresa. Inclusive, muitos recrutadores fazem testes e questionam outros funcionários como foram tratados pelos candidatos.

Portanto, cuide para ser bem-educado desde o momento em que você aguarda ser chamado para iniciar a entrevista: pode ser que você já esteja sendo analisado.

3. Mostre-se capacitado para o cargo e o mercado

É claro que antes de você ser chamado para uma entrevista de emprego, o recrutador analisou bem o seu currículo para saber se suas qualificações condizem com o profissional que a empresa quer contratar. Mas é fundamental que você demonstre, durante a conversa, que de fato você está preparado para as funções do cargo e também atento ao mercado.

É interessante que você descreva, de maneira rápida, algumas das atividades que exercia em antigos empregos e que tenham relação com o cargo concorrido, demonstrando domínio sobre o assunto. Além disso, é fundamental expor o seu desejo de crescimento e os seus planos profissionais, como, por exemplo, uma pós-graduação, em uma instituição de ensino conceituada.

Baixe agora

4. Tenha uma boa comunicação

A comunicação faz toda a diferença em uma entrevista de emprego. Em grande parte dos cargos, um dos pré-requisitos para a escolha do profissional é a sua capacidade de expressão. É importante saber desenvolver assuntos de forma clara e sucinta.

Muitas pessoas têm dificuldades nessa parte, por isso, vale a pena treinar — mesmo que seja na frente do espelho ou com algum familiar ou amigo — para se sair bem nesse momento. Confira algumas dicas que são de grande ajuda:

  • Fale pausadamente, sem demonstrar ansiedade;
  • Mostre convicção do que está falando;
  • Não seja informal ou formal ao extremo, mas equilibrado entre as duas maneiras;
  • Preste atenção na linguagem: tenha cuidado com a conjugação de verbos e na pronúncia das palavras.

5. Não se esqueça dos bons modos

Além da educação e gentileza que já falamos acima, é preciso ficar atento às suas maneiras. Os bons modos estão aliados a outros comportamentos, como:

  • Pontualidade: o ideal é que você chegue sempre com uma antecedência entre 15 e 30 minutos do horário marcado. Por isso, analise previamente o local onde será a entrevista, de que forma chegará e adicione um tempo para imprevistos;
  • Aperto de mão: uma atitude que parece simples, mas que faz toda a diferença é um aperto de mão firme, demonstrando autoconfiança;
  • Postura: procure andar e sentar com a postura correta, pois uma má postura aparenta desleixo e desânimo;
  • Pós-entrevista: um comportamento visto com bons olhos pelos recrutadores é o envio de um e-mail agradecendo pela entrevista.

6. Espelhe-se no recrutador

Você já ouviu falar da tática do espelho nas entrevistas de emprego? A ideia é prestar atenção em como o recrutador se expressa e depois você o “imita”, comportando-se de forma semelhante a dele, em atos como sentar, utilizar gestos e adotar posturas parecidas. Isso tem uma explicação: nós temos a tendência de gostar daqueles que são parecidos conosco.

É claro que essa técnica tem que ser usada com cuidado para não ficar artificial e mecânico ou se tornar desagradável. A estratégia deve ser sutilmente aplicada, de modo que o entrevistador não note isso conscientemente.

7. Demonstre interesse

É muito importante que o recrutador perceba que você está ali não apenas para mais uma entrevista rotineira de emprego, e sim porque tem real interesse pela vaga. Como fazer isso? É simples. Antes de tudo, faça uma pesquisa sobre a empresa, como o histórico, posição no mercado, número de funcionários, a missão etc., demonstrando que você se informou sobre a instituição na qual deseja trabalhar.

Deixe clara, também, a sua intenção de crescimento profissional de acordo com os objetivos e metas da empresa. Isso demonstra que você pretende fazer uma carreira lá dentro e não ser mais um daqueles funcionários que trocam frequentemente de emprego, deixando, muitas vezes, a empresa "na mão".

8. Seja verdadeiro

De todas as dicas dadas até agora, talvez essa seja a mais importante: fale sempre a verdade. Acredite, o recrutador perceberá o quão sincero você está sendo, e isso contará pontos valiosos.

Também seja honesto quanto às suas qualidades e dificuldade; deixe claro o que realmente sabe fazer. Além disso, não minta sobre o nível de domínio de uma língua estrangeira ou de um sistema operacional, por exemplo. Não vale a pena, pois, além de necessitar desses conhecimentos quando contratado, é possível que haja um teste durante a entrevista.

Agora que você já sabe como cativar o recrutador, que tal sugerir um tema para nosso próximo post, com assuntos que você gostaria de ver tratados aqui? Deixe um comentário abaixo!

Acessar material

pós-graduação

Fábio Albuquerque

Fábio Albuquerque

Pró-Reitor da Pós-graduação do Unipê. Mestre em Administração pelo Programa de Pós-graduação em Administração da Universidade da Paraíba, Especialista em Estratégia Empresarial e Pesquisador de Marketing, Consumo e Sociedade, além de Tecnologia da Informação e Sociedade.

ASSINE A NEWS

VÍDEOS

ACOMPANHE O UNIPÊ

REDE SOCIAIS