pós-graduação

7 dicas de como definir um objetivo profissional

Ana Flávia da Fonseca
14-06-2018 7:38

Ter um objetivo profissional é estabelecer metas e conhecer suas prioridades. De início, tudo parece ser muito fácil: colocar em prática é que fica mais complicado. Mas será que você está se organizando de maneira correta?  

O processo envolve várias fases diferentes, mas todas estão interligadas. Além de se autoconhecer, você precisa entender o mercado em que está inserido e elaborar metas que possam ser cumpridas. Acompanhe este artigo e confira 7 dicas para saber como definir um objetivo profissional!

7-dicas-de-como-definir-um-objetivo-profissional

1. Conheça-se

Nada fará muito sentido se você não der uma chance para se autoconhecer. Sente-se em um local silencioso, pegue uma folha e vá escrevendo tudo o que sabe sobre si mesmo.  

Que qualidades e ambições você possui? Quais pontos fracos você pode melhorar? Em que contexto social você está inserido? Como seu trabalho ajuda as pessoas? Como seus familiares te enxergam? Quem é você nas dinâmicas em grupo? Quais conquistas já alcançadas te deixam orgulhoso?

Pensar em quem você é também pode te ajudar na orientação do futuro. Descreva quem você quer ser daqui a três, cinco ou dez anos. Que tipo de emprego você quer ter? Onde você quer viver? Neste primeiro momento, seus objetivos podem ser abrangentes: chame-os de sonhos.

2. Conheça o mercado

Agora que você já refletiu sobre suas características, é hora de entender qual o contexto em que está situado. Tomando sua área profissional como rumo, pesquise quais são as principais exigências do mercado no momento.  

Algumas profissões precisam que o profissional tenha, no mínimo, algum tipo de especialização para se diferenciar dos demais. Mantenha as informações em dia. Como o mercado está em constante transformação, o ato de anotar as principais ideias te dará auxílio no seu planejamento e você sempre estará antenado.

Lembre-se que, na maioria das vezes, as oportunidades de trabalho exigem vários requisitos em comum. Sempre se atente às dinâmicas em grupo, iniciativas e tomada de decisão, habilidades de escrita, trabalhos extracurriculares e, em alguns casos, falar em público.

Baixe agora

3. Segmente suas metas

Os sonhos que você colocou no papel precisam agora se tornar mais acessíveis. Fazer uma pós-graduação é um objetivo que pode ser difícil de visualizar e, consequentemente, abstrato demais para colocá-lo em prática. Nesse caso, elabore uma estratégia até atingir o objetivo principal.

Quais são os cursos de pós-graduação mais promissores na sua área? Quais deles aprimorarão seu currículo e te diferenciarão? Quais deles de fato despertam seu interesse? Pense também na carga horária total e no investimento que você precisará fazer.  

Converse com seus colegas de profissão e procure orientações até mesmo com estudantes e professores da área. Certamente, essas pessoas são as que estarão mais aptas a te orientar. Não se esqueça de pensar sobre seu tempo disponível para se dedicar aos estudos. Você também pode escolher um curso de Ensino a Distância (EaD).

4. Estabeleça prazos realísticos

Prazos são os melhores aliados para combater a procrastinação. Esse processo ajuda a manter o foco para realizar seus objetivos principais. Pensar a curto, médio e longo prazo te ajuda a se organizar e te lembram das suas prioridades do momento.

Esse exercício é um complemento do processo de autoconhecimento. Objetivos a curto prazo, por exemplo, são aqueles que você pretende realizar dentro de um ano. Pesquisar sobre pós-graduação e preparar o orçamento, por exemplo, podem ser um bom início.

As metas de médio prazo se referem aos objetivos que estão um pouco mais distantes e precisam de um pouco mais de preparo, como almejar um cargo de liderança dentro da sua empresa. Já os objetivos a longo prazo são aqueles que você pretende realizar daqui a cinco anos, no mínimo.

Lembre-se que esses prazos precisam ser realísticos, por isso, não se sabote. Seja sincero consigo mesmo e estabeleça datas que terão chances de ser cumpridas. Caso contrário, ficará mais difícil de visualizar quais são suas prioridades.  

5. Converse com seus familiares

Colocar a vida profissional como prioridade pode gerar alguns conflitos dentro da vida social. Sempre que possível, exponha suas ideias e suas ambições para a família. Diga como se sente quando se dedica à vida profissional e aos estudos e explique por que está fazendo isso.

O apoio familiar é fundamental no processo. No entanto, não se desespere caso ninguém entenda suas decisões. É preciso dialogar para que os lados entrem em consenso e foco pessoal para manter progresso, ainda que você seja incompreendido.

Dedicar-se ao trabalho e aos estudos, no entanto, não pode limitar sua rotina diária. Coloque horários para realizar cada tarefa e lembre-se que a vida pessoal é tão importante quanto a profissional.

7-dicas-de-como-definir-um-objetivo-profissional

6. Mantenha a vida em equilíbrio

Não se esqueça todo este esforço de nada adiantará se sua rotina não estiver em harmonia. Dê um tempo para si mesmo, para conversar com seus amigos, para aproveitar a família, esfriar a cabeça e até mesmo repensar seus planos. O equilíbrio te ajudará diretamente na produtividade profissional e no rendimento dos seus estudos.  

Organize sua rotina diária e mergulhe de cabeça em todas as tarefas que se propor a fazer. Com foco, você vai perceber que os deveres estão se concluindo em um tempo suficiente para que você possa relaxar e aproveitar momentos de descontração.  

7. Seja persistente ao definir um objetivo profissional

É normal se desanimar quando alguns resultados demoram um pouco mais a chegar. Com milhões de informações sendo produzidas a cada minuto, o ser humano está cada vez mais habituado a conseguir resultados rapidamente porque muitas respostas estão na palma da mão.

O imediatismo é uma característica que marca a era atual. Essa sensação, no entanto, interfere negativamente em qualquer planejamento movido pelo tempo. Respire, dê um tempo para assimilar seus planos e, quando estiver certo do que realmente quer, tente novamente. O importante é olhar pelo lado bom e mentalizar frases que te motivarão a persistir.  

O tempo de espera propõe ainda um replanejamento na realização dos objetivos. Conforme as metas vão sendo alcançadas, novas ideias, contatos e oportunidades surgem. Por isso, esteja sempre aberto para conhecer novos ramos.

Lembre-se de que um planejamento eficiente necessita de um bom entendimento da situação atual. Dessa forma, a melhor maneira de estabelecer boas metas ao definir seu objetivo profissional é ser honesto e fazer com que os grandes sonhos se tornem mais acessíveis, sem deixar o relaxamento de lado.

E aí, entendeu como definir um objetivo profissional? O espaço dos comentários é seu! Deixe outras dicas que o ajudaram nesse processo!

Acessar material

Recém adicionados

Veja nossas últimas atualizações
Materiais Gratuitos