Blog Pós-graduação UNIPÊ

BLOG PÓS-GRADUAÇÃO UNIPÊ

6 lições do esporte para aplicar em sua carreira profissional

Postado por Fábio Albuquerque

Histórias de superação inspiram muita gente a atingir o tão sonhado sucesso e são a realidade de muitos atletas de alto rendimento que se deram bem nas Olimpíadas e Paralimpíadas do Rio de Janeiro.

Já pensou em quantos exemplos do mundo dos esportes podem ser aplicados em sua carreira profissional? Pense rápido e você verá que a resposta é ampla, recheada de possibilidades trilhadas nos caminhos da coragem, do controle emocional, da disciplina, do foco, do respeito e muitos outros comportamentos que servem de espelho para quem acredita e luta por seus objetivos.

E você, não quer buscar a sua medalha de ouro na vida? Então, mergulhe neste post e veja seis lições do esporte que podem ser aplicadas em sua carreira. Confira!

6-licoes-do-esporte-para-aplicar-em-sua-carreira-profissional.jpg

1. Visão de futuro

Nenhum atleta chega a uma Olimpíada da noite para o dia. Pelo contrário, a preparação leva, no mínimo, quatro anos. Em muitos casos, ela começa na infância e se estende aos primeiros anos da adolescência em exaustivos treinamentos diários.

Para um profissional que quer atingir um cargo de diretoria ou gerência isso não é diferente. Tudo começa em um determinado ponto e vai evoluindo por meio de cursos de especializações, participações em seminários, aprimoramentos em novos idiomas e com a prática dos procedimentos da profissão.

Enfim, o treinamento é diário e marcado por constantes atualizações. Todos têm que literalmente suar a camisa em busca de um lugar no pódio. Sua medalha poderá ser uma promoção, um bom salário, e o melhor, fazendo o que sempre sonhou na vida.

Ou seja, aplique-se na visão de futuro na sua carreira profissional e, caso o desânimo bata, lembre-se dos exemplos de muitos atletas e profissionais que saíram de situações de extrema dificuldades econômicas e sociais e conseguiram chegar lá.

2. Disciplina

As pequenas tarefas se transformam em grandiosidades no futuro. Atletas mantém uma rotina de treinos impecável e abrem mão de muitas atividades de lazer para cumprir suas metas. Portanto, será que vale a pena ir a uma festa hoje sabendo que amanhã cedo você tem que levantar para um novo dia de trabalho?

São suas escolhas que ditam o seu destino e o estilo de vida que você terá daqui a alguns anos, podendo desfrutar — ou não — das muitas comodidades de quem conquistou uma posição respeitada no mercado de trabalho.

A ginasta norte-americana Simone Biles, por exemplo, chegou a ser abandonada na infância pela mãe, dependente de álcool e outras drogas. Mesmo sendo criada pelos avós, manteve a disciplina nos treinos, fazendo o ensino médio sozinha em casa para não deixar de treinar. Ela abriu mão de formaturas, festas e muitos momentos da juventude. Hoje é um fenômeno da modalidade e inspira muita gente!

Se o seu expediente acaba às 18h e você faz um curso a partir das 19h, por exemplo, não deixe de ir até o fim. Cumprir prazos de projetos e se organizar no dia a dia refletem uma disciplina necessária para atingir o sucesso.

3. Coragem

Imagine treinar incessantemente e cair de bunda em plena apresentação na ginástica de solo na Olimpíada de Pequim? Quatro anos depois a queda foi com a cara no chão, em Londres, na Olimpíada de 2012. Somente neste ano veio a redenção: o brasileiro Diego Hypólito concretizou o movimento com perfeição.

Será que a medalha de prata foi fruto do destino? Ou do esforço e da coragem de seguir em frente diante das adversidades? Pois essa também é uma lição para o mundo corporativo.

Quantos projetos não ficaram na lixeira e depois de alguns anos os mesmos autores se transformaram em gurus das suas áreas? Que fique a lição para você não desistir! Tenha coragem e batalhe pelo seu espaço em sua carreira profissional.

Baixe agora

4. Inteligência e controle emocional

Dificuldades na vida todos nós enfrentamos. Até mesmo os atletas de alto rendimento são pegos por sérios problemas — sejam físicos ou psicológicos. O super recordista, mito e medalhista invencível Michael Phelps quase abandonou a carreira de nadador antes de chegar ao Rio.

O atleta norte-americano sofreu uma séria depressão após se envolver em um acidente de carro, depois de ter consumido álcool em excesso, e chegou a anunciar a aposentadoria.  A queda acabou despertando o espírito de confiança e Phelps deu a volta por cima para concretizar um sonho jamais imaginado: ganhar várias medalhas de ouro sob os olhares da esposa e do filho no Parque Aquático brasileiro.

Com uma competência incrível e uma concentração fora do padrão, o nadador é um exemplo para quem teve algum percalço na vida, mas que sabe que tem potencial para superar a dificuldade. Tendo inteligência e controle emocional para conhecer os seus limites e potencialidades, certamente você conseguirá vencer todos os obstáculos que se apresentarem, tornando-se um grande profissional.

5. Respeito

Fundamental nas relações humanas, o respeito se faz muito presente nas práticas esportivas. Mesmo nas derrotas, a grande maioria dos atletas cumprimenta e parabeniza o adversário.  Nos jogos coletivos, como vôlei e futebol, as equipes se saúdam antes das partidas.

O respeito também é fruto do esforço e da superação das dificuldades, como aconteceu com a judoca Rafaela Silva e o canoísta Isaquias Queiroz. Ambos venceram as dificuldades da origem humilde e conseguiram chegar ao pódio em uma Olimpíada. E ainda foram descobertos e treinados por projetos sociais, exemplo de que o esforço diário sempre vale a pena.

Que fique esta motivação para você não se limitar por conta de uma deficiência financeira ou até mesmo de algo que não foi ainda alcançado. O importante é persistir e não deixar os sonhos de lado. Tenha confiança. E saiba que o respeito é uma mão de via dupla.

6. Foco

Sem determinação, que atleta chegaria ao topo da modalidade? E na sua carreira profissional? É diferente? Portanto, mantenha os objetivos sempre à sua frente e faça tudo o que for necessário para buscá-los, sem se deixar levar por pequenas derrotas.

A vida é muito dinâmica e nada é permanente. O mais importante é ter um espírito de atleta e nunca desistir dos sonhos. Quanto mais você se especializar em sua carreira, maiores serão as conquistas e realizações!

Mesmo que você não pratique nenhum esporte, as inspirações dos atletas são um estímulo na busca por seus ideais. Invista sempre em sua carreira profissional e saiba que o sucesso é resultado de pequenas ações ao longo de um grande período de tempo.

Mantenha a mente focada e determinada, de olho nas tendências do mercado e sempre se atualize para não ficar para trás. Afinal, seja no mundo esportivo ou corporativo, perder e não se levantar são verbos que não podem entrar no jogo. Tenha certeza de que o esforço de hoje vai se refletir positivamente amanhã!

E aí, você gostou deste post? Aprendeu muitas lições do esporte para a sua vida profissional? Então deixe aqui o seu comentário!

Acessar material

pós-graduação, carreira

Fábio Albuquerque

Fábio Albuquerque

Pró-Reitor da Pós-graduação do Unipê. Mestre em Administração pelo Programa de Pós-graduação em Administração da Universidade da Paraíba, Especialista em Estratégia Empresarial e Pesquisador de Marketing, Consumo e Sociedade, além de Tecnologia da Informação e Sociedade.

ÚLTIMOS POSTS

ASSINE A NEWS

VÍDEOS

ACOMPANHE O UNIPÊ

REDE SOCIAIS