Blog Pós-graduação UNIPÊ

BLOG PÓS-GRADUAÇÃO UNIPÊ

10 dicas para descomplicar a busca e conseguir emprego rápido

Postado por Fábio Albuquerque

Conseguir emprego rápido nem sempre é fácil, porém, torna-se angustiante quando a ansiedade e a pressa são grandes. Por isso, é importante manter a calma e delinear um bom planejamento para obter uma recolocação profissional, especialmente quando não há tempo a desperdiçar.

Pensando nisso, resolvemos listar 10 dicas que podem ajudar a descomplicar a busca por trabalho, além de preparar melhor o candidato. Confira!

10-dicas-para-descomplicar-a-busca-e-conseguir-emprego-rapido.jpg

1. Monte um plano

A primeira coisa a fazer é encarar a procura por um emprego como um plano profissional: algo com planejamento, etapas, listas, passo a passo, táticas e estratégias para atingir seus objetivos. Dessa forma, você evita desperdiçar tempo e maximiza as chances de conseguir uma vaga rápido.

O seu plano deverá incluir as organizações nas quais deseja trabalhar, os cargos que deseja ocupar e as funções que quer desempenhar. Também é bom estabelecer quanto pretende receber, além dos benefícios. Dessa forma, você poderá fazer uma lista com as empresas que mais combinam com as suas motivações e expectativas. É importante também ser flexível, pois quanto mais exigente, menos organizações para se tentar uma vaga sobram.

Tente incluir algumas dezenas na sua lista. Depois organize-as conforme sua preferência e encontre as formas de envio de currículo para elas. Veja se existem vagas abertas e deixe as que tiverem melhor classificadas na sua seleção, pois há mais chances de emprego nelas.

2. Faça cronogramas

Dentro do seu plano, um cronograma deve constar. Determine prazos para você enviar seus currículos às empresas e para receber retorno.  Dessa forma, você controla melhor para quem deverá ligar ou enviar e-mail perguntando sobre o processo de recrutamento após o tempo de seleção estipulado.

Em torno de uma semana útil já é o suficiente, assim você evita entrar em contato demasiado cedo ou ficar sem saber sobre como anda o processo. Demonstrar esse tipo de interesse muitas vezes é bem visto pelos recrutadores, desde que não seja insistente ou ocorra antes do momento ideal.

3. Reserve tempo para tarefas

Também é importante estipular dias e horas para se candidatar a vagas de emprego, bem como os momentos certos para se enviar um currículo. Por exemplo, logo cedo costuma ser um bom horário, especialmente no começo da semana. Se for por e-mail, sua mensagem poderá ficar acima das demais que chegaram no fim de semana.

É importante reservar uma a duas horas por dia só para a procura de vagas de emprego. Com essa frequência, você fica atualizado com as oportunidades que vão surgindo. Estipular só um dia na semana, por exemplo, pode ser menos efetivo, já que vagas podem ser divulgadas após você ter feito a pesquisa e encerradas antes de você voltar a buscá-las.

Passar o dia todo atrás também não ajuda muito. Além de ser cansativo, isso pode aumentar a frustração caso o esforço maior não seja correspondido rapidamente. É preciso um pouco de paciência.

Baixe agora

4. Foque no que quer e em seus pontos fortes

É importante que o candidato a uma nova vaga saiba quais são suas habilidades, competências e talentos. Elas geralmente apontam para o que ele gosta de fazer e em que função pode ser mais feliz, sem falar que são pontos a serem explorados como diferenciais durante o recrutamento. Isso ajuda no autoconhecimento, fundamental para se obter satisfação no emprego.

Sabendo o que se deseja, focando nisso, evita-se um erro comum praticado por muitos profissionais: enviar dezenas de currículos para diferentes cargos de inúmeras organizações. E pior: sem nem ao menos personalizar cada um deles para a vaga em questão.

Dessa forma, os recrutadores podem ignorar esses arquivos dando atenção aos candidatos adequadamente capacitados para as funções e que melhor desenvolveram seus currículos para a empresa.

A falta de retorno nesses casos pode acabar por novamente frustrar quem enviou seus dados profissionais de forma desorganizada.

5. Crie um bom currículo

O currículo é a primeira forma com que uma empresa entrará em contato com as informações profissionais de um candidato. Por isso, ele deve ser bem elaborado e otimizado.

Confeccionar um bom currículo vai além de apenas colocar suas informações profissionais nele, como um “cadastro”. É preciso selecionar corretamente o conteúdo conforme cada vaga e empresa pretendida, além de utilizar frases estratégicas que valorizem suas informações.

Algumas delas incluem afirmações como interesse pela organização, realizações profissionais, resultados positivos dos últimos trabalhos, etc. Também é importante evitar informações negativas, especialmente ao mencionar o motivo da saída de empregos anteriores.

Lembre-se de ligar ou mandar mensagens personalizadas para o recrutador caso não tenha chegado resposta sobre o envio do currículo. Pergunte se ele foi recebido ou se o processo seletivo ainda está ocorrendo para saber se você continua concorrendo à vaga.

Em sistemas de cadastro de currículos, é fundamental pesquisar quais termos são usados pelos recrutadores para selecioná-los, potencializando as chances de que o seu seja encontrado pelos filtros de palavras-chaves.

O currículo deve ser constantemente atualizado para mostrar as informações mais recentes e importantes, especialmente os dados de contato. Não se deve mentir colocando formações que não possui, níveis de idiomas que não correspondem à realidade e empresas onde não se trabalhou. Pesquisas sobre o profissional podem ser feitas antes de chamá-lo para a entrevista. Além de testes avaliadores, é claro.

As informações de contato devem ter atenção especial. Deve-se colocar sempre e-mails que são verificados constantemente, inclusive as caixas de spams. Muitas mensagens sobre o andamento do processo seletivo podem ser filtradas como spam. Mencione telefones de recado apenas se os donos deles forem avisados previamente sobre possíveis ligações de recrutadores.

É importante cadastrar currículos nos principais sites de RH, banco de currículos online e redes sociais profissionais, como LinkedIn e Viadeo.

6. Amplie a região de busca melhora as chances de conseguir emprego rápido

Já pensou em aceitar ofertas em outras cidades? Que tal em regiões diferentes do Brasil, como no Nordeste? Existem muitas empresas contratando nessa região.

Empresas que buscam profissionais qualificados e oferecem remunerações atrativas. Expandir seu leque de possibilidades melhora as chances de se conseguir emprego rápido.

7. Melhore a capacitação

Durante o tempo em que se busca um emprego, é interessante investir em qualificação para melhorar sua formação com cursos rápidos, profissionalizantes ou até mesmo uma pós-graduação.

Aliás, uma pós-graduação pode deixar seu currículo mais competitivo, seja na sua área ou um MBA em gestão empresarial, de negócios, marketing etc. Não importa a sua formação, esse tipo de curso ajuda a aumentar o seu grau de empregabilidade.

8. Invista em networking

Fazer um bom networking aumenta suas possibilidades de conseguir emprego rápido, pois muitas empresas dão prioridade a indicações feitas por funcionários e parceiros comerciais. Por isso, vale a pena levantar em quais empresas seus amigos trabalham e ver se eles podem lhe indicar.

É importante contatar aqueles com quem você mantém contato, pois puxar assunto com alguém que não conversa há anos só para pedir a recomendação pode não ser bem visto.

Amplie também sua lista de contatos profissionais indo em eventos da sua área e participando de fóruns e grupos profissionais na internet.

9. Melhore seu marketing pessoal

Saber como fazer um bom marketing pessoal também é fundamental, especialmente na hora de montar a sua rede de networking. Por isso, pesquise mais sobre o assunto para aplicá-lo no seu dia a dia.

10. Esteja preparado para as entrevistas

Por fim, esteja pronto para a hora da entrevista. Procure se informar sobre a empresa, quais seus valores, cultura e história. Esse conhecimento demonstra interesse da sua parte por ela, o que é bem visto. Durante a conversa controle a ansiedade, mantenha a postura ereta e tente falar tranquilamente.

Com essas informações e truques, suas chances de conseguir emprego rápido aumentam. Portanto, é fundamental estar preparado para quando as oportunidades surgirem.

Você conhece outras dicas importantes? Então por que não deixa um comentário nos contando?

Acessar material

pós-graduação, carreira

Fábio Albuquerque

Fábio Albuquerque

Pró-Reitor da Pós-graduação do Unipê. Mestre em Administração pelo Programa de Pós-graduação em Administração da Universidade da Paraíba, Especialista em Estratégia Empresarial e Pesquisador de Marketing, Consumo e Sociedade, além de Tecnologia da Informação e Sociedade.

ASSINE A NEWS

VÍDEOS

ACOMPANHE O UNIPÊ

REDE SOCIAIS