Blog Pós-graduação UNIPÊ

BLOG PÓS-GRADUAÇÃO UNIPÊ

10 comportamentos que atrapalham a carreira

Postado por Fábio Albuquerque

Alguns profissionais dedicam sua vida a uma empresa, constantemente estão se especializando e melhorando seu currículo, mas, ainda assim, não se sentem valorizados na sua profissão ou conseguem uma promoção pelos serviços prestados. O problema pode estar na prática de alguns comportamentos que atrapalham a carreira.

Sem perceber, algumas pessoas têm atitudes que sabotam suas carreiras, tornando-as pessoas difíceis de lidar ou improdutivas. Confira abaixo 10 comportamentos que você deve evitar para alavancar sua carreira.

10-comportamentos-que-atrapalham-a-carreira.jpg

1. Reclamar demais

O dia a dia corporativo pode ser bastante pesado, ainda mais em tempos de crise, mas o bom profissional deve ser confiante e positivo. Ninguém gosta de conviver com uma pessoa que reclama de tudo. Se está sol reclama do calor, se está nublado reclama da chuva, esse tipo de pessoa parece estar sempre insatisfeita com tudo.

Além disso, o tempo que você usa para reclamar e pensar em assuntos desagradáveis poderia ser utilizado para algo útil que agregasse valor à empresa. Quem tem uma atitude positiva, também é mais lembrado pelos colegas e são os que mais recebem oportunidades de crescimento.

2. Procrastinar tarefas que você não gosta

Em todo emprego há tarefas que você gosta mais de fazer, e, geralmente, tendemos a fazer essas tarefas antes das demais. Isso é um erro comum que acontece por várias razões e pode levar você a atrasar a entrega de projetos importantes.

É necessário que você tenha em mente os prazos das suas tarefas e as faça na ordem em que foram solicitadas. Essa atitude evita entregas em cima da hora e mostra ao seu chefe que você está empenhado em todas as tarefas igualmente.

3. Perder tempo com atividades paralelas

Quem nunca parou o trabalho para olhar as redes sociais ou jogar conversa fora com o colega de trabalho que atire a primeira pedra. As pausas durante o expediente são importantes e até saudáveis, mas elas devem ser programadas e utilizadas para alongar um pouco o corpo, ir ao banheiro ou comer algo.

Você deve aproveitar o horário de almoço, por exemplo, para ver as atualizações das redes sociais ou ler notícias cotidianas. É recomendável também que, no horário de trabalho, você desligue seu celular ou bloqueie as notificações para evitar perda de foco.

4. Ser grosseiro com seus colegas

Ser uma pessoa grosseira, além de falta de educação, afasta seus colegas de trabalho. Esse é um comportamento que atrapalha sua carreira em diversos setores, tornando-o uma pessoa difícil de lidar e que acaba se isolando após um tempo.

Alguns resultados são: redução da performance do grupo, da criatividade e aumento das taxas de turnover. Alguns estudos dizem até que essa conduta pode ser contagiosa e deve ser evitada ao máximo para que se tenha um bom ambiente corporativo.

Baixe agora

5. Ter medo de arriscar

O medo de tentar faz com que muitos profissionais permaneçam em sua zona de conforto. Há uma frase que diz "um navio no porto é seguro, mas não é para isso que os navios são feitos", ou seja, não tenha medo de arriscar, dos obstáculos que pode enfrentar e talvez falhar. Você só saberá o resultado de uma ação se tentar e mesmo que ocorra falhas, poderá recomeçar e aprender com seus erros.

6. Ser ambicioso demais

A ambição é uma característica muito útil se utilizada corretamente, mas que pode ser prejudicial ao profissional se for demasiada. Você deve utilizá-la para cultivar a vontade de crescer e ser um profissional melhor, avançando cada vez mais na carreira. No entanto, se ela te deixa ansioso por reconhecimentos e aplausos, isso pode fazer com que você se torne uma pessoa estressada e desmotivada.

Profissionais ávidos por reconhecimento acabam pulando etapas importantes do amadurecimento profissional. Geralmente, mudam muito de emprego, esperando que o próximo chefe saiba dar o seu devido valor. Para evitar isso, trace seu objetivo de carreira e tenha paciência para atingi-lo.

7. Estar desatualizado

O mercado de trabalho é bastante competitivo e exige do profissional constante atualização sobre processos, equipamentos e tecnologia. Por isso, as pessoas que possuem cursos de pós-graduação saem na frente na análise de um currículo. Não só pelos conhecimentos que esses cursos oferecem, mas também pelo networking que é possível fazer durante eles, o que pode ser bastante útil para algumas empresas.

Além disso, estar atualizado faz com que sua ascensão na empresa seja mais rápida, trazendo benefícios financeiros e o reconhecimento que você merece.

8. Ser perfeccionista demais

Essa é uma das respostas mais conhecidas quando perguntam "qual é o seu pior defeito?", e, realmente, pode ser quando você perde tempo com perfeccionismos sem sentido.

Você deve se preocupar com a qualidade do trabalho que produz, mas não deve desperdiçar tempo e energia em coisas pequenas como a posição do seu computador ou de um símbolo em uma apresentação de slides. Algumas vezes, profissionais entregam trabalhos em cima do prazo por esses motivos, tornando-os menos produtivos.

9. Fazer fofocas

Você nunca deve fazer fofocas ou inventar boatos! De acordo com o LinkedIn, 83% dos brasileiros se incomodam com esse tipo de comportamento e o acham irritante. Além de ser antiético, tornam o ambiente de trabalho hostil e inseguro.

Fofocas e boatos fazem você perder seu tempo em algo completamente inútil e não construtivo. Não seja o fofoqueiro da empresa!

10. Não ouvir outras opiniões, como um dos comportamentos que atrapalham a carreira

Tentar sempre impor sua opinião, sem escutar o que os colegas têm a dizer, não é visto com bons olhos pelos gestores. Quando se trabalha em equipe é importante não só saber ouvir o que os outros têm a dizer, mas tornar o ambiente o mais confortável possível para que a troca de ideias aconteça. Portanto, não tente forçar ninguém a aceitar seus pensamentos, respeite sempre os pontos de vista diferentes do seu.

Agora que você já sabe alguns comportamentos que atrapalham sua carreira, tente aplicar nossas dicas e seja um profissional melhor daqui pra frente! Você tem outras recomendações profissionais? Compartilhe as suas experiências nos comentários e ajude outras pessoas!

Acessar material

pós-graduação

Fábio Albuquerque

Fábio Albuquerque

Pró-Reitor da Pós-graduação do Unipê. Mestre em Administração pelo Programa de Pós-graduação em Administração da Universidade da Paraíba, Especialista em Estratégia Empresarial e Pesquisador de Marketing, Consumo e Sociedade, além de Tecnologia da Informação e Sociedade.

ÚLTIMOS POSTS

ASSINE A NEWS

VÍDEOS

ACOMPANHE O UNIPÊ

REDE SOCIAIS