Engenharia de Produção

Veja o que um engenheiro de produção faz

Mariana Brito
19-12-2018 8:35

Quer saber o que um engenheiro de produção faz e conhecer as diversas atividades desse profissional? A engenharia de produção é uma área que oferece um amplo mercado de atuação para os profissionais.

Se você sempre teve facilidade com ciências exatas, se interessa por tecnologia e gestão, a engenharia de produção pode ser a carreira certa para você. Além de lidar com cálculos e conceitos de economia, essa profissão abrange conhecimentos da área de humanas, desenvolve o espírito de liderança e a habilidade nos relacionamentos interpessoais.

O engenheiro de produção é um profissional flexível que atua como uma ponte entre as áreas técnicas e administrativas de uma empresa, encontrando soluções para problemas e desafios em seus processos. É uma profissão dinâmica e valorizada por diferentes setores, sendo uma excelente opção para quem busca um curso de graduação em engenharia. Se interessou? Continue lendo o texto.

veja-o-que-um-engenheiro-de-producao-faz

O que um engenheiro de produção faz

São muitos os setores em que esse profissional é requisitado para atuar, desde o industrial até o comercial, o que significa poder trabalhar em uma fábrica, gerenciando a linha de produção, ou em empresas que prestem serviços, como mercados e lojas.

A função do engenheiro de produção é controlar e administrar a produção de bens e serviços, através de um gerenciamento eficaz que visa a diminuição dos gastos e o aumento dos lucros. A responsabilidade desse profissional é melhorar o processo produtivo da empresa como um todo e garantir a sustentabilidade desta.

O engenheiro de produção planeja, projeta e gerencia os recursos da organização, sendo o  responsável por realizar uma gestão focada na promoção de melhorias na produção e distribuição dos produtos ou serviços. É um profissional reconhecido no mercado, em diversos setores, pois ele tem um importante papel no que diz respeito ao aumento da produtividade e rentabilidade de uma organização.

O engenheiro de produção lida com o gerenciamento de diferentes recursos — humanos, materiais e financeiros — e por isso precisa ter conhecimentos em diversas áreas, como ciências exatas, administração e gestão.

Para você entender melhor o que faz um engenheiro de produção na prática, preparamos uma lista com suas funções principais:

  • Elaborar e executar projetos de engenharia de produção;

  • Projetar sistemas de produção;

  • Coordenar e supervisionar o processamento de produtos;

  • Analisar o mercado;

  • Fazer cálculos de demanda e produtividade;

  • Desenvolver programas de redução de custos;

  • Criar procedimentos de controle de produção, entre outros.

O engenheiro de produção é altamente valorizado em qualquer setor empresarial. É sua responsabilidade otimizar o desempenho da organização, por meio da medição e comparação de resultados, do planejamento estratégico e de outras ações que têm como objetivo melhorar o desempenho do serviço ou produto ofertado.

Além disso, ele gerencia as informações da empresa para otimizar seus processos de decisão, usando os dados obtidos. O engenheiro de produção é responsável por aplicar técnicas de gestão de conhecimento e criar métodos que otimizem a produção, aumentando, assim, os lucros da empresa. Ele atua no controle dos processos de produção de modo a assegurar a qualidade e eficiência dos mesmos.

acessar material

Áreas de atuação do engenheiro de produção

Como o engenheiro de produção tem um vasto campo de conhecimento — economia, administração, engenharia e gestão— e uma visão ampla do processo de produção de uma empresa. É um profissional apto a gerenciar e por esse motivo pode atuar em diferentes setores.

Confira os principais tipos de empresas e indústrias que contratam esse profissional:

  • Prestadoras de serviços — empresas de telecomunicações, laboratórios, construtoras, consultorias, hospitais, escolas, entre outros;

  • Instituições públicas — Correios, BNDES, Petrobras, Agências Nacionais de Energia e Petróleo, entre outras;

  • Instituições financeiras — bancos, corretoras e seguradoras;

  • Indústria — têxtil, automobilística, metalúrgica, alimentícia, entre outras.

A engenharia de produção é o curso de graduação mais procurado dentre as 35 opções de curso engenharia reconhecidas pelo MEC. O grande diferencial é justamente alinhar conhecimentos das ciências exatas com as ciências humanas, fazendo com que seja estudada a relação do ser humano com a produtividade nas organizações.

O aluno aprende a projetar e organizar sistemas produtivos de empresa, a realizar o planejamento e gerenciamento da linha de produção e da qualidade do produto, sempre em conjunto com uma gestão eficiente e interligada aos recursos humanos.

Perfil de um engenheiro de produção

Antes de mais de nada, o aspirante a engenheiro de produção deve ter um espírito empreendedor e saber trabalhar em equipe. Após a formação, ter comprometimento com a evolução de sua carreira e buscar se especializar ajudam na consolidação no mercado de trabalho.

Independentemente da empresa em que atuar, é essencial que se comprometa com os resultados da mesma para ter sucesso na carreira. Hoje em dia, aprender um idioma, como o inglês, é cada vez mais um requisito fundamental, além de se atualizar constantemente sobre as novas tendência tecnológicas e de inovação.

giphy

O curso de engenharia de produção

Se interessou pela profissão? Então você precisa conhecer algumas informações básicas sobre o curso de engenharia de produção e saber de uma vez por todas se essa graduação é para você. Antes de mais nada, procure por um curso que seja reconhecido pelo MEC e conheça a grade curricular e os professores, para ter certeza que está fazendo uma boa escolha.

Nos primeiros dois anos, você terá matérias básicas da engenharia, como cálculo, física e engenharia experimental. A partir daí, começará a ter disciplinas mais específicas como controle de produção, gestão de investimentos, logística, entre outras. No final do curso, vai ter acesso a conteúdos aplicados a áreas sociais, como administração e economia, além das matérias específicas de acordo com a habilitação escolhida.

Além das aulas teóricas, o curso conta com atividades práticas em laboratórios, estágios supervisionados e, para concluir, é necessária a apresentação de uma monografia. Ao todo, o curso dura em média cinco anos e o profissional graduado pode atuar em indústrias e empresas como engenheiro de produção.

Veja algumas matérias presentes no curso de graduação de engenharia de produção:

  • Cálculo;

  • Engenharia da Qualidade;

  • Engenharia de Produto;

  • Gerenciamento de Riscos Ambientais;

  • Gestão do Conhecimento;

  • Gestão de Projetos Tecnológicos;

  • Logística e Distribuição;

  • Matemática Financeira;

  • Orçamento Empresarial;

  • Planejamento e Controle da Produção;

  • Resistência dos Materiais.

Para saber se a engenharia de produção é o curso certo para você, basta refletir se ele se encaixa no seu perfil. Saber o que se estuda na faculdade e também conhecer as diversas áreas de atuação desse profissional, são elementos que ajudam a fazer a escolha certa.

Agora que você já sabe o que um engenheiro de produção faz, onde atua e como se tornar um profissional da área, que tal ficar por dentro sobre esse e outros cursos de graduação? É só curtir a nossa página no Facebook, corre lá!

New Call-to-action

Recém adicionados

Veja nossas últimas atualizações
Materiais Gratuitos