Engenharia Civil

Tudo sobre fonoaudiologia: o guia definitivo

Mariana Brito
26-09-2018 8:10

Você já decidiu qual profissão vai seguir? Identifica-se com a área da saúde? Acha interessante os processos de fala humana, a forma com que nos expressamos e como percebemos o mundo por meio dos sons? Então, você precisa aprender tudo sobre fonoaudiologia!

Para se tornar um fonoaudiólogo é preciso cursar uma graduação e habilitar-se junto ao conselho de classe. Acompanhe o post para entender tudo sobre essa antiga área do conhecimento. Boa leitura!

tudo-sobre-fonoaudiologia-o-guia-definitivo

O que é fonoaudiologia?

Essa ciência estuda as funções neurovegetativas e de expressão humanas, que se concentram nos aparelhos auditivos e de fala. Designa também a profissão do especialista que se forma nessa área.

A fonoaudiologia trata das questões funcionais de deglutição, mastigação e respiração, além da fala, audição e motricidade. Um de seus objetivos é reabilitar pacientes com problemas causados por síndromes, acidentes e outros fatores, além de aperfeiçoar as capacidades, melhorar aspectos da fala e da voz humana, por exemplo.

Também estuda as funções vestibulares: órgãos do ouvido interno ligados aos movimentos do resto do corpo que contribuem para o equilíbrio humano. A motricidade da respiração, as capacidades de deglutição e mastigação também são objetos de estudo dessa ciência.

Por fim, o exercício da linguagem — tanto oral quanto escrita — também é estudado pela fonoaudiologia.

O que faz um fonoaudiólogo?

Esse profissional tem entre suas atribuições o atendimento clínico, tratamento e a reabilitação de pacientes, que podem ser feitos tanto de forma autônoma, em consultórios particulares, quanto em clínicas e hospitais. Além disso, ele também pode atuar em saúde pública integrando equipes da família, de forma preventiva, por meio do planejamento de ações focado em comunidades.

Fonoaudiólogos também podem trabalhar em escolas e entidades que atendam pessoas com necessidades especiais para tratar e acompanhar a evolução das capacidades de fala, audição ou respiração.

E, para aqueles que se interessam em pesquisa e docência, também há demanda por estudiosos de fonoaudiologia em universidades e centros de pesquisa.

Pesquisar novos tratamentos e possibilidades, bem como desenvolver protocolos e avançar na produção de conhecimento estão entre as atribuições do pesquisador dessa área. E, em sala de aula, repassar esses conhecimentos aos futuros especialistas.

Baixar ebook

Como ser um fonoaudiólogo?

Por cuidar da saúde vocal, auditiva e da capacidade de expressão dos seres humanos — fundamentais para uma vida saudável e plena —, a especialidade é extremamente importante para a sociedade. A profissão é regulamentada no Brasil, e seus pré-requisitos são:

  • Diploma de uma universidade reconhecida pelo Ministério da Educação;
  • Registro no Conselho Regional de Fonoaudiologia (Crefono) da sua região.

O curso tem duração média de quatro anos e abrange disciplinas das ciências da saúde, biologia, ciências sociais e cadeiras específicas do conhecimento fonoaudiólogo.

Além de dominar os conteúdos específicos da área, o profissional precisa entender as relações entre a saúde dos aparelhos auditivo e respiratório, bem como da fala com a vida em sociedade. Tudo com o objetivo de dar um tratamento qualificado aos pacientes.

E, uma vez formado, o fonoaudiólogo pode optar entre as especialidades da profissão. São elas:

Audiologia

É o estudo da aquisição da comunicação oral por meio da audição.

Linguagem

Essa especialidade se ocupa da relação entre a comunicação oral e a capacidade de escrever de um indivíduo, como uma afeta a outra e de que forma melhorar esse impacto.

Motricidade

Diz respeito às funções como articulação da fala, respiração, deglutição e expressão facial. Está diretamente ligada à qualidade de vida e ao bom funcionamento do organismo como um todo. O especialista nessa área atua na correção e reabilitação dos pacientes com desvios ou problemas nesses quesitos.

Saúde Coletiva

O foco aqui é nas comunidades e esse especialista precisa trabalhar para garantir estratégias de saúde para atendimento e aprimoramento de uma determinada população. Criar políticas públicas, campanhas de prevenção e analisar as particularidades do grupo populacional em questão estão entre os desafios desse especialista.

Voz

De que forma pode-se aprimorar esse, que é um dos cartões de visita de um indivíduo? O especialista vai analisar a produção vocal para melhorar o tom e a colocação a fim de evitar desvios e usos incorretos, assim como disfonias.

giphy

Disfagia

O processo de engolir alimentos ou líquidos é muito importante para uma vida saudável. A disfagia é a alteração nesse sistema, que pode ocorrer por diversos fatores, como traumas de acidente ou doenças.

O fonoaudiólogo é o responsável pelo diagnóstico da disfagia dentro de uma equipe multidisciplinar. Além disso, é ele tratará, em todos os aspectos, a síndrome.

Fonoaudiologia Educacional

As funções de fala e auditiva também são muito importantes no processo educacional, já que estão diretamente ligadas à cognição e à expressão. O especialista em Fonoaudiologia Educacional estudará todas essas relações para atuar preventivamente junto às escolas e em atenção aos estudantes que apresentarem problemas nesse aspecto.

Gerontologia

A idade pode trazer doenças, distúrbios ou desgastes nas funções auditivas e de fala. A gerontologia trata disso ao avaliar, reabilitar e tratar possíveis desvios fonoaudiológicos em pessoas idosas.

Fonoaudiologia Neurofuncional

O sistema nervoso pode afetar a fala, a audição, a comunicação oral e a motricidade dos pacientes. O fonoaudiólogo neurofuncional estudará essas relações para atuar nos casos de pacientes que apresentem esse tipo de problema.

Fonoaudiologia do Trabalho

Tornar os ambientes de trabalho seguros e saudáveis é a missão desse especialista. Reduzir ruídos, melhorar a comunicação oral, garantir um ambiente seguro são atribuições suas.

Ele também tem uma importante missão de prevenção por meio de campanhas de conscientização e análise dos potenciais riscos da atividade à saúde auditiva dos seus contratados.

Neuropsicologia

A cognição tem interface com a comunicação humana, já que é por meio da fala e da audição que os indivíduos absorvem os estímulos que vêm de fora e reagem a eles. A neuropsicologia voltada para a fonoaudiologia estuda essas relações e propõe formas de melhorar a cognição a partir das funções de expressão humana.

Independentemente de qual especialidade você vai seguir, é importante escolher instituições de ensino confiáveis, com registro no MEC, professores com mestrado e doutorado e currículos atualizados. Preste atenção nisso!

E agora que você já sabe tudo sobre fonoaudiologia, que tal curtir a nossa página no Facebook e não perder nenhum conteúdo sobre carreira e educação do blog?

Baixar ebook

Recém adicionados

Veja nossas últimas atualizações
Materiais Gratuitos