Design de Interiores

9 segredos de decoração de designers de interiores

Ana Flávia da Fonseca
16-07-2018 8:00

A sensação de entrar em um local e perceber que o espaço é harmônico, bem aproveitado, bonito de olhar e funcional é única, não é mesmo? E você sabe quem está por trás desse trabalho? São os designers de interiores, profissionais que cuidam de cada detalhe da decoração do ambiente.

Pode ser uma almofada combinando com a mobília, uma iluminação sustentável e atraente ou, até mesmo, a cor certa na parede. Para muitos, detalhes como esses passam despercebidos, mas sob os olhos do designer de interiores, viram matéria-prima para um espaço bonito e aconchegante.

Portanto, apresentamos 9 segredos de decoração para que você fique por dentro do assunto! Vamos lá?

9-segredos-de-decoração-de-designers-de-interiores-unipê

1. Cor da parede

De modo geral, cores claras dão a impressão de espaços maiores. Por outro lado, tons escuros trazem personalidade, força e marcam o ambiente. Dependendo do projeto, misturar os dois pode ser o ideal.

Pode ser apenas uma parede pintada de escuro, contrastando com o efeito das cores claras nas demais, por exemplo. O importante é estudar os objetivos do espaço e encontrar as cores correspondentes, o que vai proporcionar um ambiente mais bonito e agradável.

2. Espelho

São peças importantes para a maioria dos projetos, especialmente em dependências pequenas. Isso porque, o espelho, ao refletir a imagem do local, dá a impressão de ampliar as dimensões. Mas essa regra precisa ser aplicada com cautela para não criar efeitos indesejados.

Evite dispor de muitos espelhos em pontos diferentes do cômodo, pois a sensação de repetição das imagens pode ficar esquisita — mesmo se a ideia for obter o efeito de aumento do espaço.

Além disso, não se recomenda instalar espelhos de frente para a porta de entrada do local, por onde entram as pessoas que circulam pelo espaço. Isso pode criar um efeito enjoativo e desagradável para quem adentrar o cômodo.

Tudo que você precisa saber sobre a carreira de Design de Interiores - UNIPE

3. Almofadas

São detalhes pequenos, mas que fazem a diferença e contribuem muito para um bom ambiente. De nada adianta ter um belo sofá, chaise ou divã, e jogar sobre eles almofadas de má qualidade, ou de estampas berrantes — ou, ainda, sem nenhum charme, lisas e sem personalidade.

Por isso, investir em almofadas boas, bonitas e interessantes de acordo com a proposta do ambiente, pode fazer a diferença. O contraste de cores também pode ser interessante. O profissional de design de interiores tem o conhecimento necessário para escolher as estampas, texturas e formatos mais adequados para cada ocasião.

E o melhor: em geral, as almofadas têm baixo custo no orçamento total de um trabalho de design de interiores. Ou seja, é um pequeno preço a pagar por um impacto bastante bacana no espaço.

4. Aproveitamento de espaços pequenos

Um vão entre duas paredes, uma prateleira, uma mesinha de canto, até mesmo um cantinho da parede esquecido. Tudo pode ganhar uma cara nova e ajudar a dar personalidade ao ambiente com apenas um detalhe.

Quadrinhos, um pequeno vaso de flores miúdas, objetos de decoração, bibelôs e porta-retratos — e o que mais a imaginação mandar e o espaço comportar — são itens que podem entrar nestes espacinhos que parecem não fazer diferença nenhuma. A questão é que eles fazem.

Especialmente em ambientes corporativos, marcados pela necessidade de passar uma imagem séria e prática. Eles podem ganhar um toque especial por meio desses detalhes. É preciso consultar um bom designer de interiores para poder colocar essa ideia em prática.

5. Portas de vidro e janelas amplas

Se possível, investir em portas de vidro e janelas amplas é importante para um projeto de decoração de interiores. Elas dão impressão de leveza e amplitude, e colaboram muito na iluminação.

Caso haja árvores e natureza ao redor, então, melhor ainda. Um bom projeto de design de interiores aproveita todos os recursos disponíveis, dentro e fora do imóvel, traz elementos para dentro do espaço decorado e se articula com a rua. Ter uma boa abertura de luz contribui muito para um ambiente arejado e agradável.

giphy

6. Plantas e flores

Já falamos sobre abrir espaço para a natureza por meio das entradas de vidro e agora vamos destacar a importância de ter plantas no local. Podem ser flores, folhagens,  bonsais ou mini vasinhos com espécies de tamanho reduzido, como as suculentas e os cactos.

O importante é que as plantas trazem vida, natureza e cor para qualquer espaço. E, é claro, é preciso cuidado para que elas cresçam saudáveis e embelezem o ambiente.

7. Sustentabilidade

Aqui não estamos tratando de uma peça específica, mas de um conceito cada vez mais presente na decoração: o respeito pelo meio ambiente. Há diversas opções de peças — da iluminação ao mobiliário — fabricadas com materiais recicláveis, ou que propiciam menor uso de recursos naturais.

Além de embelezar o ambiente, eles proporcionam harmonia com a natureza e bem-estar para aqueles que utilizam o espaço, além de, é claro, economia.

8. Tapetes

Quem quer ter um bom espaço, precisa investir em um tapete de qualidade. Essa peça chama atenção para um ponto pouco explorado, que muitas vezes nem reparamos: o chão. Elas propiciam harmonia e conforto, além de segurança ao caminhar pelo local.

Importante lembrar: no banheiro, não é preciso ficar ligado ao tapete de borracha, fixo no chão e sem nenhuma personalidade. Há modelos de materiais próprios para a peça e que trazem sofisticação e beleza para o local.

9. Hall de entrada

Pode parecer um local de apenas trânsito, mas é muito mais do que isso: trata-se da primeira vista que se tem da chegada a um recinto. O hall precisa ser bonito e, principalmente, funcional.

Tome cuidado para não ter móveis atrapalhando a circulação, nem restringindo o espaço disponível para quem entrar no local. É interessante, também, contemplar ganchos para que se coloque casacos e bolsas, proporcionando mais conforto ao circular pelos cômodos.

O hall de entrada pode ganhar decoração, pequenos móveis e iluminação atraente e convidativa, para contribuir com o clima de boas-vindas que a peça precisa passar.

Com essas dicas e um bom projeto elaborado por um profissional de confiança, é certo de que o espaço será bonito e agradável, seja em residências ou espaços empresariais.

E esses foram apenas alguns dos segredos de decoração dos melhores designers de interiores para aplicar nos imóveis.

Ficou interessado pelo tema? Então, curta nossa página do Facebook e confira todas as novidades!

Tudo que você precisa saber sobre a carreira de Design de Interiores

Recém adicionados

Veja nossas últimas atualizações
Materiais Gratuitos