BLOG DA GRADUAÇÃO

Saiba quais são as principais áreas de atuação do designer de moda

Badalação, glamour e riqueza: essas são algumas das características associadas ao mundo da moda. Contudo, esse mercado é muito mais complexo e extenso do que se possa imaginar. Afinal, na vida real nem tudo é um mar de rosas.

Vale destacar, nesse contexto, que os profissionais com graduação nesse segmento possuem um grande leque de possibilidades. Não pense que é só por trás dos bastidores que ele atua! Um designer de moda, por exemplo, não só pode participar do processo de criação de uma grife famosa como ser um assessor especializado.

Interessou-se pelo assunto e quer saber mais sobre as áreas de atuação do designer de moda, além de conhecer melhor as particularidades do curso e do mercado de trabalho? Continue, então, a leitura!

voce-sabe-quais-sao-as-principais-areas-de-atuacao-do-designer-de-moda.jpg

Graduação

Como em qualquer outro curso de bacharelado, as faculdades prezam por um ensino de qualidade, que ajuda o estudante a desenvolver habilidades singulares. Os alunos finalizam a graduação — que dura em média 4 anos — com conhecimentos práticos e teóricos, tendo a bagagem necessária para se tornar um excelente profissional.

Durante as aulas, é estimulada a criatividade, a sensibilidade artística e até mesmo a gestão de negócios. Em outras palavras, o aluno sai preparado para atuar nas diversas áreas do mercado fashion.

Mercado de trabalho

A moda está cada vez mais presente no cenário mundial. Afinal, a sociedade enfim percebeu que para ser fashion não precisa seguir à risca as tendências das passarelas. Pelo contrário: é possível usar e abusar da criatividade para criar looks harmoniosos.

Vale destacar que se vestir bem transmite mais confiança e autoestima. Não à toa, homens e mulheres ficam antenados às novidades do mercado. Inclusive, o segmento de moda é um dos campeões nos e-commerce do Brasil. E não é só isso. Os fashionistas notaram uma lacuna no mundo da moda.

A partir de então, o setor foi expandido aos mais diversos estilos e gêneros. A moda plus size, por exemplo, ganhou mais atenção, uma vez que as pessoas que estão com quilinhos extras também querem ter peças diferenciadas.

Outro segmento que tem ganhado força é a moda sustentável, em que é necessário pensar em uma estratégia de criação que mescle bom gosto e qualidade com responsabilidade ambiental.

Perceba, nesse contexto, que a moda — mais do que nunca — é um tema recorrente e que necessita de profissionais capacitados, que possuam ideias inusitadas, levando em consideração a viabilidade de concretizar o plano.

Em relação à remuneração, tenha em mente que não existe um valor fixo — até porque depende da sua área de atuação. Mas não caia no erro de pensar que o dinheiro vai brotar como um passe de mágica. Assim como as demais profissões, para se destacar e conseguir chegar ao topo, é necessário ter dedicação e comprometimento com o trabalho.

 Guia prático para os futuros estudantes de Design de Moda

Áreas de atuação do designer de moda

Estilista

Ao pensar em designer de moda é quase que instantâneo associá-lo a um estilista, não é mesmo? E está certo. O estilista é uma peça fundamental dentro de uma organização, uma vez que ele está no núcleo responsável pela criação das peças. Mas nem sempre o profissional já começa sua carreira nessa função.

O mais comum é iniciar como assistente (mas não fique nervoso e nem preocupado, pois os seus chefes não vão ser como Miranda Priestly, do filme O Diabo Veste Prada). Após conquistar o seu espaço, aí sim você conseguirá se tornar um estilista. Lembre-se de que para seguir nessa área é preciso estar sempre atualizado com as tendências.

Jornalista de moda

Ninguém melhor do que um designer de moda para falar e escrever sobre o universo fashion, concorda? E — adivinhe só — esse profissional tem espaço nos jornais, revistas e demais meios de comunicação.

O jornalista de moda não vai apenas falar sobre o que é "in" e "out" de acordo com as passarelas, mas também vai interpretar as criações e as mudanças desse setor. Ele deve ter um olhar apurado e escrever um conteúdo que dialogue diretamente com o público-alvo.

Consultor

Saber combinar cores e tecidos pode ser a tarefa mais fácil do mundo para você. Inclusive, você não entende como as pessoas usam determinadas roupas, não é mesmo? Mas acredite: existem pessoas que não têm a menor noção sobre moda.

É aí que surge a importância do consultor, que é responsável por orientá-las. Em outras palavras, esse profissional será um personal stylist, dando dicas de como criar composições atraentes, que combinem com o estilo de cada um.

Fotógrafo

voce-sabe-quais-sao-as-principais-areas-de-atuacao-do-designer-de-moda.gif

Outra possibilidade é se tornar um fotógrafo especializado. Contudo, para ter êxito nessa carreira é essencial também dominar as técnicas de fotografia.

Não se esqueça, aqui, de que você terá a possibilidade de tornar um hobby em serviço. Não entendeu? É simples! Você terá  a chance de acompanhar desfiles, exposições e eventos de modas, registrando cada detalhe. E o melhor: você receberá para isso.

Figurinista

Imagine criar o look de todos os personagens de uma peça teatral, novela ou ainda escolher as roupas de um apresentador! Parece uma tarefa sensacional, certo? Então, saiba que essa é uma realidade mais do que viável.

É papel do figurinista realizar essa atividade. Para executar com maestria a função, ele deve se aprofundar nos cenários, tendo pleno conhecimento da história da moda. Pesquisar é a palavra-chave para ter sucesso com esse cargo.

Comprador de moda

Como o próprio nome sugere, o comprador de moda é o profissional que gerenciará a compra de coleções de sapatos, roupas e acessórios para as empresas e redes. Ele precisa saber o que está bombando no mercado, além de ter uma boa noção da demanda do consumidor.  

É necessário que o comprador de moda reconheça o comportamento do cliente, conseguindo assim antecipar as tendências. Isto é, ele deve prever o que estará em alta nos próximos meses.

Fato é que existem inúmeras áreas de atuação do designer de moda e todas apresentam oportunidades promissoras. Cabe ao estudante selecionar um segmento com o qual ele se identifique, apostando ainda em cursos extras e especializações. Dessa forma, o sucesso será apenas uma questão de tempo.

Gostou do conteúdo e quer receber outras dicas para turbinar os estudos e a carreira? Então curta a nossa página no Facebook e fique por dentro das novidades!

 Guia prático para os futuros estudantes de Design de Moda

Design de Moda

Ana Flávia da Fonseca

Ana Flávia da Fonseca

Ana Flávia Pereira Medeiros da Fonseca é reitora do Centro Universitário de João Pessoa - Unipê. Doutora em Ciência da Informação pela Universidade de Maryland-EUA, exerceu cargo de Chefe de Arquitetura de Informação (Chief Information Architect) e Gerente do Departamento de Gestão da Informação do Banco Mundial. Possui experiência em negociação e cooperação internacional na área de projetos de informação com agências multilaterais e bilaterais, administrando programas relacionados à análise e ao apoio de projetos científicos e tecnológicos.

MAIS LIDOS