BLOG DA GRADUAÇÃO

Saiba agora a grade curricular de ciência da computação

Você sempre gostou de mexer com computadores desde criança? Chegou a adquirir, ao longo do tempo, um verdadeiro fascínio pela tecnologia e, no ensino fundamental e médio, sempre foi superbem em matemática e em física? Então,  o curso de Ciência da Computação pode ser para você.

Quer saber um pouco mais sobre essa área do conhecimento? Leia, a seguir, tudo o que você precisa saber antes de optar pela Ciência da Computação. Fique ligado!

saiba-agora-a-grade-curricular-de-ciencia-da-computacao.jpg

Como é a área de Ciência da Computação?

O computador é peça fundamental da nossa sociedade. Ele está nos domicílios, nas escolas, nas faculdades, nos bancos, nas instituições públicas, nos shoppings… Dessa forma, o curso de Ciência da Computação é um dos mais amplos que existem na atualidade. Sua aplicabilidade é praticamente ilimitada.

Atualmente, as empresas mais valiosas do mundo estão ligadas ao mundo da computação, como, por exemplo, a Microsoft, o Google e o Facebook.

O principal objetivo do curso é capacitar o estudante na criação de softwares. Esses softwares também estão em todos lugares: nos jogos eletrônicos, nos caixas bancários, nos supermercados e lojas e nas grandes instituições e empresas.

A área de Ciência da Computação inclui atividades como:

  • Criação e planejamento de softwares para área científica e financeira;
  • Criação e planejamento de softwares para dispositivos móveis;
  • Programação e produção de games;
  • Programação e implementação de sistema de dados;
  • Implementação de engenharia de softwares;
  • Solução de problemas de softwares.

Qual é o perfil do estudante de Ciência da Computação?

As principais características do estudante de Ciência da Computação são: vontade constante de aprender e dinamismo. Como a área tecnológica muda do dia para a noite, o profissional deve estar antenado a essas mudanças.

O estudo constante permite que o estudante enfrente os novos desafios que surgem ao longo da jornada. O dinamismo permite que ele encare os percalços com flexibilidade e criatividade, propondo soluções inteligentes e eficazes.

Não é preciso ser um prodígio das exatas para se sair bem em Ciência da Computação, mas a carga de estudo de matemática e física é bem alta. Além disso, é cada vez mais importante para o aluno desenvolver a inteligência social e saber trabalhar em equipe, pois muitas vezes os problemas são solucionados de forma conjunta.

Como é o curso de Ciência da Computação?

O curso de Ciência da Computação é de modalidade bacharelado. Seu tempo médio de duração é de quatro ou cinco anos, composto de oito ou dez semestres. Ele é um curso generalista e engloba várias áreas: arquitetura de software, programação, sistema de redes, inteligência artificial, banco de dados e engenharia de software.

A base do curso é bem sólida, possibilitando que o aluno se aprofunde em algumas áreas conforme o seu interesse. O estágio para a conclusão do curso é obrigatório e é geralmente oferecido nos anos finais do curso. Muitas instituições também pedem o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Baixar ebook

Como é a grade curricular de Ciência de Computação?

Confira, a seguir, as principais disciplinas que compõem o curso de Ciência da Computação:

Primeiro ano

O início do curso de Ciência de Computação é bem básico, com muitas disciplinas que também são estudadas nos cursos de engenharia. O enfoque nesse período é fornecer ao aluno os fundamentos teóricos, tanto da matemática quanto da física, que sustentam a computação.

Muitos desses conceitos serão fundamentais para diversas disciplinas ao longo do curso. Além disso, o aluno será introduzido em matérias básicas de programação.

Exemplos de disciplinas estudadas no primeiro ano:

  • Introdução à Computação;
  • Algoritmos e Programação;
  • Cálculo Integral;
  • Física;
  • Introdução à Linguagem de Programação.

Segundo ano

A partir do segundo ano, o aluno entrará em contato com matérias cada vez mais avançadas de programação. O objetivo aqui é oferecer conhecimentos aprofundados e específicos. Ainda estão presentes, nesse momento, matérias de matemática e física, além de conceitos de eletrônica.

Exemplos de disciplinas estudadas no segundo ano:

  • Estatística e Probabilidade;
  • Arquitetura de Computadores;
  • Banco de Dados;
  • Sistemas Digitais;
  • Redes de Computadores.

Terceiro ano

No terceiro ano do curso, o aluno verá matérias avançadas, que lidam com conceitos profundos de programação. Além disso, abre-se espaço para matérias eletivas, para que o aluno diversifique e escolha o caminho que gostaria de trilhar dentro da área.

Esse é considerado o ano mais difícil do curso, justamente pelo nível de profundidade dos conceitos e da exigência das disciplinas.

Exemplos de matérias estudadas no terceiro ano:

  • Banco de Dados Avançado;
  • Análise e Projeto de Sistemas;
  • Sistemas Operacionais;
  • Programação Avançada;
  • Interface Homem-Computador.

Quarto ano

No quarto ano, que geralmente finaliza curso, o aluno terá contato com marketing, economia e direito. Além disso, são dadas as últimas disciplinas de programação. Uma boa quantia de tempo é reservada ao Trabalho de Conclusão de Curso e ao Estágio Supervisionado.

Exemplos de disciplinas estudadas no quarto ano:

  • Empreendedorismo;
  • Informática Jurídica;
  • Inteligência Artificial;
  • Desenvolvimento e Projeto de Softwares;
  • Estágio Supervisionado.

Vale lembrar que cada faculdade tem uma grade curricular e um direcionamento diferente. Então, é importante que o aluno fique atento, faça pesquisas e encontre a instituição que satisfaça os seus interesses.

Como é o mercado de trabalho de Ciência da Computação?

O mercado para o recém-formado de Ciência da Computação está muito bom. A crise econômica não afetou tanto o setor, já que há uma carência de profissionais de qualidade da área. O nível de desemprego para os alunos formados é baixo.

Entretanto, assim como em outras áreas, é essencial ao profissional continuar se aperfeiçoando por meio de cursos de especialização, MBA, mestrado e doutorado. É importantíssimo ter o domínio do inglês, já que a maior parte do material produzido na área vem dos Estados Unidos.

De forma geral, as áreas de atuação de Ciência de Computação incluem:

  • Análise de sistemas;
  • Gerenciamento da área de TI;
  • Arquitetura e desenvolvimento de software;
  • Banco de dados;
  • Docência;
  • Pesquisa em universidades.

No entanto, visto que os computadores e os sistemas digitais estão em todos os lugares, as possibilidades de emprego são muito amplas — desde a área de marketing em grandes empresas até o suporte de sistema de pequenos negócios.

Gostou do nosso post? Descobriu mais sobre a grade curricular de Ciência da Computação? Então, curta nossa página do Facebook para receber mais novidades!

Baixar ebook

Ciencia da Computacao

Ana Flávia da Fonseca

Ana Flávia da Fonseca

Ana Flávia Pereira Medeiros da Fonseca é reitora do Centro Universitário de João Pessoa - Unipê. Doutora em Ciência da Informação pela Universidade de Maryland-EUA, exerceu cargo de Chefe de Arquitetura de Informação (Chief Information Architect) e Gerente do Departamento de Gestão da Informação do Banco Mundial. Possui experiência em negociação e cooperação internacional na área de projetos de informação com agências multilaterais e bilaterais, administrando programas relacionados à análise e ao apoio de projetos científicos e tecnológicos.

MAIS LIDOS