ENEM

Veja como entender a nota e interpretar o resultado do Enem

Mariana Brito
18-07-2018 16:30

O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) é uma das provas mais aguardadas pelos estudantes brasileiros ao longo do ano. E qual é o motivo disso? É por meio do resultado do Enem que é possível ter acesso ao ensino superior tanto em instituições públicas como privadas.

Porém, o Enem possui uma metodologia de correção bem específica, o que acaba deixando muitas pessoas confusas quanto ao resultado obtido nas áreas de conhecimento.

Então, se você tem interesse em saber como interpretar a nota do Enem, siga conosco na leitura deste post!

Saiba como interpreta o resultado do Enem

Existe uma nota diferente para cada área de conhecimento?

Sim! Há uma nota específica para cada área de conhecimento. Isso porque a metodologia conta com o auxílio de uma métrica, na qual a média é 500. Dentro desse parâmetro serão avaliados: a dificuldade da questão (as que estiverem abaixo da média são consideradas fáceis, e as acima são consideradas mais difíceis) e o comportamento dos alunos nas provas.

De uma maneira mais clara, não existe um valor mínimo e máximo estabelecido dentro das áreas de conhecimento. Por isso, a pontuação obtida em cada uma não será igual. Abaixo, você confere a tabela divulgada pelo site Brasil Escola, com as notas mínimas e máximas do ano de 2017:

Área de Conhecimento

Mínimo

Máximo

Ciências da Natureza e suas Tecnologias

298,0

885,6

Ciências Humanas e suas Tecnologias

307,7

868,3

Linguagens, Códigos e suas Tecnologias

299,6

788,8

Matemática e suas Tecnologias

310,4

993,9

Em cada edição do Exame Nacional do Ensino Médio essa pontuação é alterada.

Além disso, para utilizar as notas no Sisu, a metodologia de pontuação é diferente. Além do resultado do Enem nas áreas de conhecimento, cada instituição de ensino vai estabelecer sua própria maneira de avaliar a pontuação. Para algumas, determinada matéria valerá mais do que outra, dependendo do curso. É possível consultar os pesos dados para cada área no site de cada instituição.

Clique e confira!

Como é feito esse cálculo da nota do Enem?

Primeiramente, não é possível calcular a sua nota, em casa, com precisão. Somente o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) consegue fazer esse cálculo, pois são diversos itens analisados. Para calcular a média do seu resultado do Enem, é usada uma metodologia chamada TRI (Teoria de Resposta ao Item), que medirá o seu comportamento de acordo com o desempenho observado na prova.

Com essa metodologia, o que vale não é a quantidade de questões respondidas corretamente. Por isso, alunos com o mesmo número de acertos poderão ter notas diferentes. O que vai medir o conhecimento é a quantidade de questões consideradas fáceis e difíceis respondidas corretamente.

Além disso, se o aluno acertar mais questões difíceis do que fáceis, o sistema interpreta esses acertos como chutes, já que seria um caminho normal de progresso acertar mais questões fáceis do que difíceis. Então, responder primeiramente as questões que você têm mais certeza da resposta garante uma pontuação mais alta do que deixá-las de lado para responder as mais difíceis.

Lembrando que o método TRI não é válido para a redação, ela tem uma maneira de avaliação diferente das questões objetivas da prova.

Onde usar o resultado do Enem?

Para utilizar o Enem como método de ingresso em uma instituição de ensino superior há, basicamente, três opções: o Prouni (Programa Universidade para Todos), o Sisu (Sistema de Seleção Unificada) e o Fies (Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior).

No Prouni, é necessário ter, no mínimo, 450 pontos no Enem e não zerar a redação, além de se enquadrar nos fatores socioeconômicos. O Fies segue, basicamente, o mesmo padrão de 450 pontos mínimos, porém, a questão socioeconômica não é determinante.

O Sisu, por sua vez, trabalha de forma diferente. Não existe um padrão para a média utilizada, cada instituição vai colocar o peso que considera justo em cada área de conhecimento para, então, fazer a média do aluno para o concurso que ele pretende concorrer. A nota de corte de cada curso também será avaliada de acordo com as médias dos alunos que estão concorrendo. Ou seja, se os estudantes para determinado curso possuem a nota do Enem elevada, provavelmente a média para ingressar nesse curso, nessa instituição, também será alta.

Como é a correção da redação do Enem?

A redação tem um sistema de avaliação que é medido de 0 a 1000, sendo que alguns critérios avaliativos são obrigatórios. Por exemplo, o aluno não pode fugir do tema proposto na prova.

Ela é corrigida por dois avaliadores, mas se houver alguma discrepância muito grande entre as notas do primeiro e do segundo avaliador, haverá uma terceira pessoa que fará a avaliação dessa mesma redação para um possível "desempate".

giphy

Alguns critérios avaliados são: grafia, ortografia, coesão e coerência, além do texto ter que estar dentro do gênero discursivo-argumentativo. É necessário, também, criar uma solução para as questões propostas, ao final do texto, respeitando os direitos humanos e as diversidades socioculturais.

Alguns itens que podem fazer o aluno zerar a redação do Enem são:

  • fugir do tema proposto;
  • não obedecer a estrutura de gênero textual;
  • não ter mais do que 7 linhas;
  • desenhar ou colocar coisas desconectadas ao tema na folha de redação;
  • deixar a redação em branco;
  • não assinar a folha da redação no local adequado;
  • escrever em uma língua que não seja a portuguesa;
  • fazer cópia do texto de apoio para o seu texto.

Existem vários exemplos de redação nota 1000 e simulados online para ir treinando. Sabemos que, durante o Sisu, muitos cursos atribuem um peso maior à redação na média final para a classificação e ingresso na universidade.

Então, para o momento do Enem, a dica é: priorize as questões que você sabe. A chance de elevar a sua nota do Enem acertando as questões fáceis é maior do que deixando elas para depois de resolver as difíceis. Agora, mãos à obra, pois você ainda tem bastante tempo para estudar até a data do exame e obter o melhor resultado do Enem.

Gostou das nossas dicas? Quer saber mais sobre Enem, carreira profissional e cursos de graduação? Curta nossa página no Facebook e fique por dentro das nossas postagens.

New Call-to-action

Recém adicionados

Veja nossas últimas atualizações
Materiais Gratuitos