BLOG DA GRADUAÇÃO

Receita para uma Gestão Pública de sucesso

Postado por André Seixas

Atender adequadamente as demandas da coletividade. Esse deve ser o objetivo maior que norteia as atividades do gestor público e do profissional de gestão pública. Acontece que essa é uma missão árdua, afinal, para uma administração pública de sucesso é preciso muito mais que definir políticas públicas ou alocar recursos materiais e financeiros. É necessário que todos os envolvidos comprometam-se com o processo, procurando as soluções mais adequadas, o que exige esforço, dedicação e aprendizados contínuos.

Se você acha que tem o perfil adequado para ser um gestor público, sabe bem do que se trata a graduação e profissão ou está fazendo um curso na área, buscando o sucesso profissional, então o post de hoje é perfeito para você. Nele listamos alguns itens infalíveis que, seguidos à risca, formam a receita ideal para uma gestão pública de sucesso. Quer conhecer que fórmula infalível é essa? Continue a leitura de nosso post e descubra!

Receita para sucesso na Gestão Pública

Transparência e idoneidade: pilares de uma gestão democrática

Todo aquele que guarde, arrecade ou utilize recursos públicos precisa prestar contas sobre a aplicação dos mesmos. Essa regra é clara, está prevista em lei e correlaciona-se com uma característica básica a ser seguida pelos que desejem atuar no setor público: a transparência.

Com os avanços da legislação e a criação da recente Lei da Transparência (Lei n° 12.527/2011), a cultura da informação, em que a regra é a publicidade de atos, passou a ser mais e mais fomentada. E essa deve ser a tendência a ser seguida pelos profissionais da área.

Um outro pilar da gestão democrática é a idoneidade. Quando um agente público infringe, por exemplo, os limites fiscais estabelecidos na Lei de Responsabilidade Fiscal, ele dá mostras que agiu de forma inidônea, dando um péssimo exemplo de má gestão. Exemplo este que, obviamente, não deve jamais ser seguido por um profissional que busque uma gestão pública de sucesso.

Foco no cidadão: fundamental para gestão baseada em resultados

Se o objetivo do Estado é atender às demandas da coletividade, está claro que o foco deve ser o cidadão. Esse é justamente o fundamento básico de uma gestão baseada em resultados.

Para tanto, é fundamental que o profissional da área adentre a fundo a realidade na qual pretende-se fazer uma determinada intervenção. Só assim será possível conhecer o ponto de vista daqueles que serão diretamente impactados pelos planos e ações governamentais.

Um bom exemplo de gestão pública baseada em resultados são as atuações de ONGs, Organizações Não Governamentais que trabalham diretamente em um segmento solucionando problemas sociais.

Planejamento: alcance para ações de curto, médio e longo prazo

Muitas vezes uma demanda da sociedade requer, não apenas, ações imediatas. É o exemplo dos anseios por melhorias na qualidade dos serviços públicos de saúde. Uma demanda desse porte requer desde ações de curto, como contratação de médicos e enfermeiros, até ações de longo prazo, como reestruturação da rede hospitalar.

A palavra-chave para esse tipo de situação é planejamento. Só com planejamento é possível analisar adequadamente e propor as melhores soluções, considerando, obviamente, as dificuldades e os pontos positivos. O Plano Plurianual (PPA), a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e a Lei Orçamentária Anual (LOA) são excelentes exemplos de instrumentos de gestão que auxiliam o planejamento das ações governamentais.

Já deu para perceber que os desafios são muitos. Realmente, para quem faz o curso em questão ou para quem está pensando em entrar nesse mercado de trabalho, é indispensável conhecer a realidade do setor público no Brasil.

Você já enfrentou algum desafio na área pública? Sabe de outras receitas para uma gestão pública de sucesso? Tem alguma ideia inovadora para o setor público? Compartilhe conosco a sua experiência deixando um comentário em nosso post. Até a próxima!

Baixar ebook

Gestao Publica

André Seixas

André Seixas

Graduado em Ciências Militares – Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN); É Mestre em Ensino Científico e Tecnológico (URI / RS) e em Operações Militares – Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais. Tem como característica o empreendedorismo, proatividade e organização. Já foi paraquedista, mestre de saltos, piloto de helicópteros e instrutor de voo.

MAIS LIDOS