Direito

Quais são os diferenciais dos melhores cursos de direito?

Ana Flávia da Fonseca
22-01-2018 6:24

Está pensando em cursar Direito e ainda não definiu qual instituição de ensino escolher? Não sabe o que considerar na hora de tomar essa decisão tão importante? Calma! Iremos te ajudar.

Neste post, reunimos o que os melhores cursos de Direito têm em comum. São fatores a se ponderar, já que a formação será a base para o exercício da carreira que você escolheu. Serão cinco anos de muito aprendizado e desenvolvimento.

O planejamento é essencial nessa etapa, pois estamos falando de uma escolha para a vida toda. Portanto, fique de olho em cada ponto que apresentaremos e considere-os na sua pesquisa. Preze pelo conjunto de benefícios proporcionados para a sua futura carreira e pela qualidade do ensino. Esperamos que aproveite cada segundo da faculdade e tenha o seu sonho realizado. Boa leitura!

quais-sao-os-diferenciais-dos-melhores-cursos-de-direito.jpg

Índice de aprovação na OAB

O exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) representa, para os estudantes de Direito, a oportunidade legal de exercer a advocacia. É uma espécie de filtro de mercado, o qual todos aqueles que querem se lançar na profissão devem ultrapassar.

Apesar de não ser obrigatória, quem opta por não prestar a prova ou é reprovado no exame não poderá fazer muito dentro da carreira escolhida. Há, somente, a possibilidade de se tornar concurseiro ou, no máximo, auxiliar, sem autonomia, de outros advogados.

Mas você não quer perder 5 anos estudando para ter possibilidades limitadas, não é mesmo? Por isso, fique de olho nas estatísticas. Os melhores cursos de Direito contam com altos percentuais de aprovação de formandos no exame da Ordem.

Conseguir o título representa a inserção imediata no mercado de trabalho e a permissão para colocar em prática tudo o que você aprendeu no período de estudo e dedicação. Por isso, antes mesmo de ingressar em uma universidade, considere esse indicador.

Baixar infográfico

 

Nota na avaliação do MEC

O INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) — órgão vinculado ao MEC (Ministério da Educação) — avalia a qualidade dos cursos superiores por meio do Enade (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes).

Periodicamente, calouros e formandos fazem o teste, o qual reúne conhecimentos gerais e específicos da área. Ao comparar os resultados dos alunos do primeiro e do último período é possível verificar como foi aprendizagem, nos temas avaliados, durante a faculdade.

Para complementar o diagnóstico, especialistas do ministério visitam universidades e tomam nota das condições de ensino, o que inclui a infraestrutura, o corpo docente e os recursos didático-pedagógicos empregados.

Esse conjunto de dados gera o Conceito Preliminar de Curso (CPC), que pode variar de 1 a 5. Quanto mais alto, melhor é o curso. Portanto, essa é mais uma dica valiosa para você aplicar na hora de escolher a instituição de ensino.

Vale ressaltar que o MEC tem o poder de fechar cursos ou, até mesmo, instituições mal avaliadas. Nesse sentido, é imprescindível consultar o credenciamento da instituição de ensino ao ministério para evitar que quaisquer transtornos e frustrações possam ocorrer.

Corpo docente altamente qualificado

Você quer aprender com os melhores, não é verdade? A comprovação da qualificação profissional garante que os professores se especializaram dentro de sua área e estão totalmente preparados para tirar todas as suas dúvidas e lhe instruir rumo a uma carreira brilhante dentro do Direito.

Mas como saber se os professores são ou não qualificados? Visite os sites das instituições, confira o número de doutores, de mestres e de especialistas que compõem o corpo docente. Acesse também a página do Currículo Lattes deles, na qual toda a trajetória acadêmica dos profissionais estará registrada.

Escolha uma universidade que preza pela qualidade na hora de contratar professores e, consequentemente, busca ofertar o melhor para os seus estudantes.

Atividades complementares que possibilitem a prática

Só a teoria, com a leitura de extensos textos e conjunto de leis, não prepara para a realidade do mercado. Os melhores cursos de Direito oferecem atividades complementares que possibilitam o contato dos acadêmicos com a prática jurídica.

Portanto, valorize as instituições que contam com muito mais que a sala de aula como local de aprendizado e aplicação dos conhecimentos. O equilíbrio entre teoria e prática é essencial para a formação de profissionais de sucesso — como será o seu caso.

Alguns cursos firmam parcerias com escritórios de prática forense, contando com a simulação de processos judiciais, idênticos aos desenvolvidos nos tribunais. É a oportunidade perfeita para atuar na sua profissão dos sonhos antes mesmo de se formar.

quais-sao-os-diferenciais-dos-melhores-cursos-de-direito.gif

Estágios

Outra forma de colocar seus conhecimentos em prática durante a faculdade é por meio dos estágios. Essa possibilidade deve ser considerada desde o momento da escolha da instituição de ensino.

Verifique se a sua opção de faculdade possui convênios com órgãos públicos e escritórios de advocacia, os quais oportunizam vagas de estágio supervisionado. Esse contato com a realidade profissional é essencial para o desenvolvimento intelectual na área.

Além disso, certos cursos contam com núcleos de prática jurídica, onde são realizados atendimentos gratuitos à comunidade de baixa renda da região, a qual necessita de serviços jurídicos em diversas áreas, como cível e trabalhista. É uma excelente oportunidade de ganhar experiência e, ao mesmo tempo, praticar o bem, não é mesmo?

Vestibular e mensalidade coerentes

Pesquise como é processo seletivo para as universidades que você tem interesse. Evite as instituições em que o vestibular é dispensado ou que as provas são fáceis demais, já que os melhores cursos são os mais procurados.

Da mesma forma, desconfie de organizações que cobrem valores muito abaixo do que as demais da área. Esse pode ser o indicativo de piores condições de infraestrutura e manutenção, além de um corpo docente com baixa qualificação.

Nesses casos, o interesse maior pode ser o de gerar fluxo de caixa em vez de oferecer as melhores oportunidades para os estudantes. Faça uma pesquisa detalhada na região, compare valores, converse com graduandos e, o mais importante, visite os locais.

Então, descobriu quais são os diferenciais dos melhores cursos de Direito? Está mais preparado para fazer a sua escolha? Esperamos ter ajudado!

Que tal nos seguir no Facebook e ficar por dentro de tudo o que rola no mundo universitário? Aguardamos você por lá.

Baixar infográfico

 

Recém adicionados

Veja nossas últimas atualizações
Materiais Gratuitos