BLOG DA GRADUAÇÃO

Quais são as habilidades necessárias para ser um arquiteto?

Postado por Pablo Nogueira

Escolher um curso de graduação pode ser uma tarefa um tanto quanto complicada, ainda mais diante das inúmeras possibilidades. Mas esse não é o seu problema, afinal, você já está convicto que a carreira da arquitetura faz seu estilo, certo? Entretanto, mesmo com a escolha já definida, surgem alguns questionamentos em relação ao profissional dessa área, sobretudo referente às habilidades necessárias para ser um arquiteto.

Para solucionar todas as dúvidas pertinentes ao assunto, apresentamos as principais habilidades necessárias para ser um arquiteto, além de abordar como cada uma delas pode ser desenvolvida.

Então, garanta já o sucesso da sua futura profissão e acompanhe o conteúdo abaixo!

quais-sao-as-habilidades-necessarias-para-ser-um-arquiteto.jpg

Saber desenhar claramente

Equivocadamente, uma parcela significativa dos estudantes pensa que para ingressar na faculdade de Arquitetura e Urbanismo é preciso ser um exímio desenhista. Afinal, o profissional da área lidará diretamente com a elaboração de projetos. Entretanto, fato é que o arquiteto não precisa necessariamente dominar a arte da ilustração, traçando desenhos realistas e perfeitos. O necessário aqui é desenvolver um trabalho que consiga expor todos os seus planos e ideias no papel de forma que o cliente capte a proposta do projeto.

Claro que o profissional, neste contexto, deve ter o mínimo de cuidado para entregar um desenho de fácil entendimento, tentando apresentar uma estrutura o mais próxima possível da realidade. Mas, se você tiver dificuldade em traçar essas imagens, não se desespere. Com a ajuda de um desenhista profissional, tudo pode ser resolvido. Isto é, a habilidade do desenho pode ser adquirida por meio de aulas, dedicação e, claro, treinos regulares.

Ter facilidade para matemática

Ao entrar no universo da arquitetura, fique ciente que a matemática será praticamente uma constante em sua vida, por isso, você tem que saber lidar razoavelmente bem com equações, fórmulas e cálculos.

Lembre-se que, ao elaborar os rascunhos, você precisa ter noção de escalas e proporções, que precisam ser o mais realistas possível. Assim sendo, não há como escapar da matemática, principalmente, dos cálculos na carreira de arquiteto.

Entretanto, não precisa haver pânico se você não domina essa matéria, que muitas vezes é o principal temor dos estudantes. Com a prática, você perceberá que os cálculos utilizados não são nenhum bicho de sete cabeças.

Enquanto isso, que tal exercitar mais a mente e o raciocínio lógico e estratégico por meio de jogos, como os de tabuleiro? Ah, e não esqueça que, diferentemente da época da universidade, como profissional você sempre poderá recorrer à ajuda da calculadora, o que já é de grande serventia, não é mesmo?

Baixar ebook

Ser criativo

Eis mais uma das importantes habilidades necessárias para ser um arquiteto, sendo esse um item quase obrigatório para os profissionais da área. Já imaginou receber um projeto sem graça, nem um pouco inovador, que parece apenas uma réplica de tantas outras construções? Então, pode apostar que o seu cliente não gostará de receber um material nesse estilo. Logo, é fundamental usar a criatividade no processo de criação do projeto.

Surpreenda o cliente apresentando novidades do mercado. Elabore um projeto único, próprio e que seja compatível com o perfil dele. Já ouviu falar que a construção deve ser a cara do proprietário? Pois, então, siga à risca esse conselho e garanta a satisfação do contratante.

Estar ligado às tendências

Complementando o tópico anterior, um arquiteto qualificado deve também estar ligado às tendências do momento. Nesse contexto, é preciso conhecer os diversos estilos e conceitos de arte para assim conseguir criar um projeto diferenciado.

Esse quesito será alcançado naturalmente com o tempo. Afinal, com o passar dos anos, a sua bagagem cultural aumentará, ampliando sua visão geral, incluindo assuntos relacionados à estética, à evolução dos materiais e à ocupação de espaço. Para acelerar o processo, que tal investir em viagens para o exterior e na leitura de publicações especializadas? Esse é o primeiro passo para conquistar um vasto repertório cultural.

Ser engajado e sociável

Não basta fazer a faculdade e não apostar em outras formas de aprendizado, pois a arquitetura está em constante movimento e o profissional precisa acompanhar as transformações dessa área. Assim, o investimento em palestras, conferências e feiras, por exemplo, são excelentes opções para aprimorar o conhecimento.

Outro ponto totalmente benéfico da participação nesse tipo de evento é a possibilidade de fazer networking, facilitando o contato com especialistas e formando assim uma ligação com profissionais da área e também com possíveis clientes.

Talvez, surja aí até uma oportunidade de trabalho. Parece um bom negócio, não é mesmo? Então, não perca a chance e acredite no potencial desse tipo de evento.

Ser cuidadoso como uma das habilidades necessárias para ser um arquiteto

O fato de trabalhar com detalhes, torna o arquiteto um profissional meticuloso, exercendo o projeto com cautela. Como já dito, ele deve construir um rascunho o mais próximo possível do real, o que não é uma tarefa nada fácil e, por isso, ele acaba se apegando cuidadosamente a cada especificidade, sendo, às vezes, extremamente perfeccionista. Essa característica, provavelmente, também será desenvolvida de acordo com a necessidade apresentada nos trabalhos.

Além dos itens já citados, lidar bem com o trabalho em equipe e com prazos estipulados, desenvolver a capacidade de análise e de negociação e ser comunicativo também são algumas das habilidades necessárias para ser um arquiteto de destaque, que exercerá um trabalho reconhecido no mercado.

Em síntese, para ser um profissional renomado da área da Arquitetura e Urbanismo, como em qualquer outro segmento, você precisa correr atrás de pontos que o tornem diferenciado no universo corporativo, apresentando competências e características que são desejáveis em qualquer especialista.

Mas não esquente, afinal, grande parte das habilidades exigidas em um bom arquiteto podem ser trabalhadas e desenvolvidas, caso você ainda não as tenha. Inicialmente, o mais importante é determinar que essa é de fato a carreira que você almeja para a sua vida, criando formas e estratégias no decorrer dos anos para obter êxito na profissão, o que exige muito mais da sua iniciativa e engajamento do que de fatores externos.

Agora é a sua vez, o que você achou do conteúdo sobre as habilidades necessárias para ser um arquiteto? Acrescentaria alguma outra habilidade que não está no post? Compartilhe sua opinião conosco nos comentários!

Baixar ebook 

Arquitetura e Urbanismo

Pablo Nogueira

Pablo Nogueira

Pablo é de Porto Alegre, Arquiteto com especialização em Gestão Educacional e mestre em Design pela Universidade Federal de Pernambuco – UFPE. Foi em sua passagem pela Universidad de La República em Montevideo, Uruguay, ainda durante a graduação, que o docente se apaixonou pelas metodologias de ensino e aprendizagem dentro da Arquitetura, e passou a trilhar o caminho que, para ele, teria sido natural. Atualmente, Pablo Nogueira é o coordenador dos cursos de Design de Interiores e Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário de João Pessoa – Unipê.