BLOG DA GRADUAÇÃO

Quais disciplinas vou estudar num tecnólogo em Marketing?

O profissional de Marketing é um constante aliado das empresas que buscam solidificar seu nome no mercado e conquistar um número sempre crescente de clientes e consumidores. Até aí tudo bem, afinal, que esse profissional é crucial como estrategista e voz criativa em uma instituição você provavelmente já sabia. Mas será que sabia também que o percurso da graduação em Marketing é tão estimulante quanto a profissão em si? Pois a seguir explicaremos direitinho o que você aprenderá, de fato, fazendo um tecnólogo em Marketing, qual a estrutura do curso e quais os conteúdos centrais da formação nessa área. Curioso? Então confira:

Disciplinas tecnólogo marketing

Matérias introdutórias

Por mais que o profissional de Marketing precise ser muito versátil e inovador, é preciso começar pelo básico, formando um conteúdo de apoio para depois se aprofundar em outros conhecimentos mais específicos. Ao adquirir conhecimentos sólidos, construirá a base para eventualmente chegar ao cargo de gestor de Marketing! As matérias introdutórias buscam fornecer a sustentação necessária para o aprendizado do oficio na prática e, também, formar e capacitar o aluno em outras matérias relacionadas e inerentes ao Marketing. Nessa categoria podemos citar:

  • Filosofia e ética profissional;
  • Matemática financeira;
  • Introdução à Administração;
  • Introdução à Economia;
  • Introdução ao Direito;
  • Direito empresarial;
  • Teoria das organizações;
  • Psicologia organizacional.

São conteúdos normalmente vistos de maneira compactada e aplicados, em sala de aula, diretamente ao Marketing. Com essa bagagem você será capaz, por exemplo, de perceber aspectos socioeconômicos que precisam ser levados em consideração ao se traçar uma estratégia. Saberá, também, como aplicar tais conhecimentos para uma melhor compreensão do pensamento e dos desejos do consumidor, além de ser capaz de desenvolver, observar e comandar adequadamente as pesquisas mercadológicas.

5 fatos que todo futuro profissional precisa saber antes de optar pela graduação em marketing

Disciplinas específicas

As matérias centrais da graduação em Marketing englobam todas as áreas fundamentais da profissão. Elas são voltadas tanto para o setor industrial como para o âmbito corporativo, de varejo e de serviços, com disciplinas referentes à gestão de negócios, de preços e custos. Veja algumas dessas disciplinas:

  • Sistema da informação;
  • Contabilidade;
  • Comércio eletrônico;
  • Estratégia de Marketing;
  • Aplicações empresariais;
  • Administração da produção;
  • Gestão de Marketing.

Ao estudar esses temas, você aprenderá sobre a elaboração de estratégias de vendas que consigam atrair e manter clientes. Além disso, você desenvolverá, também, habilidades de análise do mercado, do contexto socioeconômico e das normas relacionadas à área, tornando-se, assim, um especialista no desenvolvimento e na melhoria de produtos ou serviços.

Escolhas certas

Como os setores em que poderá atuar são tão diversos quanto estimulantes, vale dar uma conferida neste post para conhecer desde já o amplo leque de opções de atuação que a profissão oferece! É uma área em plena ascensão que poderá possibilitar grandes conquistas em sua vida profissional. Mas lembre-se: sua maior aliada precisa ser uma instituição de renome, que tenha autoridade para repassar todo o conhecimento de que precisa. Então se certifique de que realmente escolherá a melhor universidade do mercado, combinado?

Só não se esqueça de deixar seu comentário aqui para nos contar o que achou da estrutura curricular e da formação em Superior de Tecnologia em Marketing! Aproveite para conhecer  5 modalidades de Marketing

5 fatos que todo futuro profissional precisa saber antes de optar pela graduação em marketing

Marketing

Ana Flávia da Fonseca

Ana Flávia da Fonseca

Ana Flávia Pereira Medeiros da Fonseca é reitora do Centro Universitário de João Pessoa - Unipê. Doutora em Ciência da Informação pela Universidade de Maryland-EUA, exerceu cargo de Chefe de Arquitetura de Informação (Chief Information Architect) e Gerente do Departamento de Gestão da Informação do Banco Mundial. Possui experiência em negociação e cooperação internacional na área de projetos de informação com agências multilaterais e bilaterais, administrando programas relacionados à análise e ao apoio de projetos científicos e tecnológicos.