BLOG DA GRADUAÇÃO

O que se estuda em Sistemas para Internet?

Chegou a hora de decidir qual carreira seguir e você aí, viajando na internet? Ora, mas isso é muito bom! De repente o seu futuro pode estar por aqui mesmo! Neste post, você vai descobrir o que se estuda em Sistemas para Internet e como é a carreira do tecnólogo.

Afinal, para que algo tão útil funcione dia e noite — a partir de todos os cantos do planeta — é preciso que um número imenso de profissionais de várias áreas trabalhe o tempo todo. Eles atuam no desenvolvimento e na manutenção dos muitos processos que permitem que a rede exista.

Entre esses profissionais, estão os especialistas em Tecnologia da Informação, área que inclui os tecnólogos em Sistemas para Internet. Confira!

o-que-se-estuda-em-sistemas-para-internet.jpeg

Entenda o que é TI

A computação permite o armazenamento, a transmissão, o acesso e o uso de informações de todos os tipos, nas mais variadas formas.

Para que isso aconteça, é necessário um conjunto de atividades e de soluções que é desenvolvido pela Tecnologia da Informação — ou simplesmente TI. Também é responsabilidade dessa área garantir a segurança dos processos informatizados.

Quando a TI se volta para a web, começamos a tratar de uma área tecnológica específica, que permite que a rede exista.

Saiba tudo o que acontece na web

No mundo inteiro, seja por pura diversão ou para algum assunto mais sério, bilhões de pessoas acessam a internet o tempo todo.

Há quem não dispense um joguinho, as brincadeiras e o bate papo com os amigos pelas redes sociais. Existem ainda aquelas pessoas que buscam notícias e há quem estude pela internet.

Na web, também são armazenadas fotografias, músicas e vídeos, além de dados de empresas e até de governos. É na rede que também acontece o comércio on-line, que negocia de tudo: desde um simples boné até aviões!

Hoje, é praticamente impossível imaginar a vida sem internet. Isso demanda o desenvolvimento de sites, serviços, aplicativos e todo um conjunto de ferramentas para que as pessoas possam acessar e transmitir as informações contidas na rede.

É nessa área que atua o tecnólogo em Sistemas para Internet.Baixar ebook

Conheça a graduação de Sistemas para Internet

A tecnologia de Sistemas para Internet é a área da TI, que é responsável pelas técnicas e tecnologias voltadas para a web, no que diz respeito a:

  • planejamento;
  • implementação;
  • administração;
  • gerenciamento;
  • promoção;
  • aprimoramento.

O profissional que se dedica a essa área é conhecido como tecnólogo em Sistemas para Internet. Durante sua formação, ele se depara com diversas disciplinas voltadas para os sistemas on-line.

Descubra como é a grade curricular de Sistemas para Internet

O Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet possui carga de 2120 horas, que devem ser cumpridas em cinco períodos, atendendo à grade que você verá a seguir:

1º período – Projetos em TI:

  • Algoritmos e Programação;
  • Design Gráfico;
  • Sistemas de Informação;
  • Empreendedorismo.

2º período – Desenvolvimento de Páginas Web:

  • Estrutura de dados;
  • Metodologia e Linguagem de Programação;
  • Banco de Dados;
  • Design de Interface para Web;
  • Sistemas Operacionais.

3º período – Projetos de Aplicação Web:

  • Programação Dinâmica para Web;
  • Metodologia e Linguagem de Programação Avançada;
  • Tecnologias de Acesso a Dados na Internet;
  • Análise de Projeto de Sistemas;
  • Introdução a Redes de Computadores;
  • Gerenciamento de Projetos.

4º período – Desenvolvimento de Aplicações na Web:

  • Desenvolvimento de Jogos;
  • Programação Avançada Web;
  • Engenharia de Software;
  • Metodologia de Pesquisa Científica e Tecnológica;
  • Comércio Eletrônico;
  • Projeto Aplicado I.

5º período – Gestão e Inovação de Projetos Web:

  • Gestão da Informação;
  • Programação para Dispositivos Móveis e Sem Fio;
  • Informática Jurídica;
  • Aplicações Corporativas da Web;
  • Tópicos Especiais;
  • Projeto Aplicado II;
  • Estágio Supervisionado. 

Ao longo do curso, também são emitidas certificações intermediárias. Com isso, mesmo antes da obtenção do diploma, o aluno se habilita para a inserção no mercado de trabalho.

o-que-se-estuda-em-sistemas-para-internet

Veja o que se estuda em Sistemas para Internet

Cumprindo as disciplinas do curso de Sistemas para Internet, entre as muitas habilidades que serão adquiridas, o aluno se tornará apto a:

  • Desenvolver sites e portais para a internet;
  • Desenvolver sistemas de negócios on-line;
  • Analisar e gerenciar sistemas para a internet;
  • Administrar bancos de dados;
  • Arquitetar softwares;
  • Analisar testes;
  • Desenvolver jogos e aplicativos móveis;
  • Empreender e prestar consultoria para o desenvolvimento e suporte de sistemas para a internet;
  • Instalar sistemas operacionais e equipamentos e serviços de rede;
  • Integrar sistemas diversos;
  • Monitorar e gerenciar a segurança dos sistemas.

Saiba qual é o perfil do profissional

Além de gostar de tecnologia, o tecnólogo em Sistemas para Internet deve possuir raciocínio lógico e ter interesse pela inovação e pelo empreendedorismo.

Conheça o mercado de trabalho

Como você já sabe, a internet é um universo de múltiplas funções, com utilidade nos mais variados campos da atividade humana. Ela faz parte das vidas das pessoas de todas as idades e está presente em todos os tipos de organizações públicas e privadas, sendo indispensável para o mundo atual.

Além das tecnologias já existentes, todos os dias novos equipamentos e novas aplicações para a internet surgem. Isso faz com que  as atividades voltadas para a web mantenham uma dinâmica acelerada.

Com isso, o tecnólogo em Sistemas para Internet encontra um mercado em pleno desenvolvimento, com um campo de trabalho amplo, que possui vagas no Brasil e no exterior. São muitas as oportunidades de contratação para a criação de:

  • jogos;
  • aplicativos móveis;
  • sites;
  • portais;
  • lojas virtuais.

Além disso, há demanda de profissionais gerada pelas grandes empresas que gerenciam os vários serviços existentes na internet, incluindo as gigantes — como o Google e o Facebook — entre tantas outras.

É importante, mais uma vez, ressaltar que o acesso ao mercado de trabalho pode acontecer mesmo antes da conclusão do curso, em virtude das certificações intermediárias que são ofertadas.

Contudo, o mercado não se limita ao exercício da profissão na condição de funcionário de alguma empresa. Os conhecimentos obtidos durante o curso também permitem que o recém-formado abra o seu próprio negócio. Isso será limitado apenas pela criatividade, acesso a recursos e à disposição do empreendedor para encarar desafios.

Salários

As faixas salariais iniciam a partir de R$ 2 mil, em média, para os profissionais iniciantes. Mas pode chegar a R$ 20 mil ou mais, em etapas mais avançadas da carreira.

Agora que você já sabe o que se estuda em Sistemas para Internet, que tal curtir a página da Unipê no Facebook? Assim você se liga em nossas novidades!

Baixar ebook

Sistemas para Internet

Felipe Soares de Oliveira

Felipe Soares de Oliveira

Possui graduação em Ciências da Computação pelo Centro Universitário de João Pessoa (2007), em Tecnologia em Redes de Computadores pelo IFPB (2008), mestrado em Informática, pelo Programa de Pós-Graduação em Informática (PPGI) da UFPB (2010). Desde 2014 é aluno de doutorado do Centro de Informática da UFPE. Atua no UNIPE como professor, instrutor do programa Cisco Net Academy e coordenador dos Cursos Tecnológicos da UBTech-TI. No mercado direciona suas ações como CEO & Co-Founder da Start-UP Media4ALL. Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Redes de Computadores e Internet, atuando principalmente nos seguintes temas: Arquitetura de Redes, Sistemas Distribuídos, Tecnologias para Educação, TV Digital e Internet.