BLOG DA GRADUAÇÃO

O que faz um profissional de design de moda?

Postado por Victoria Fernandez

Apesar da desaceleração de vários mercados devido à crise, o mercado de moda vem crescendo exponencialmente no Brasil. Isso, porque, de acordo com a pesquisa “Futuro Digital em Foco Brasil 2015”, os brasileiros continuam sendo líderes no tempo gasto com as redes sociais.  

Estima-se que os brasileiros gastem mais de 650 horas por mês nas redes sociais. É muito tempo, não é mesmo? Porém, você deve estar se perguntando qual a relação das redes sociais com a moda. Nós respondemos para você: TODA. Canais como: Facebook, Instagram, Pinterest, Snapchat e plataformas de e-commerce digital têm potencializado a disseminação da arte, e claro, da moda. 

O que faz um designer de moda?

Afinal, o mercado de moda é movido por novidades, criatividade e, claro, ousadia, e o que não falta nessas mídias é espaço para criar e se expressar da forma que bem entender, não é mesmo? Está pensando em se aventurar no curso de Design de Moda? Separamos para você algumas informações preciosas sobre essa deslumbrante carreira, confira!

Quais atividades, carreiras e funções o Designer de Moda pode desempenhar?

Como estamos vendo nos blogs, redes sociais, revistas e televisão, a moda nunca foi tão abrangente como nos dias de hoje. Para ajudar na sua decisão, selecionamos para você as principais carreiras e funções que um Designer de Moda pode desempenhar:

Estilista

Esse profissional é quem idealiza, desenha e cria as coleções. Sua principal função é desenvolver as roupas, calçados e acessórios de acordo com as tendências de comportamento e análises de mercado. Além da criatividade, esse profissional precisa ter conhecimentos avançados em desenho, tecidos, estampas, produção, fotografia, e, claro, visão global dos acontecimentos do mundo. Afinal, o momento de criação de uma peça deve levar em consideração todo o universo que o rodeia.  

Produtor de moda

Esse profissional é o responsável por fazer tudo funcionar dentro de uma campanha, editorial, desfile ou evento de moda. É ele quem cuida da iluminação, do som, da decoração e da disposição dos convidados; organiza a produção da modelo em si - as roupas e os acessórios -; escolhe a modelo, o fotografo, maquiador e coordena todos os profissionais envolvidos na produção.

Modelista

Como o próprio nome sugere, esse profissional desenvolve moldes - de calçados e roupas - de acordo com os desenhos desenvolvidos pelos estilistas e/ou empresas. É ele quem cria os moldes que orientarão a produção das peças, por isso, é importante que esse profissional seja muita atento, saiba interpretar os desenhos dos estilistas e leve em consideração as peculiaridades de cada tecido utilizado.

Coordenadores de moda, Cool-hunting ou caçadores de tendência

Esse profissional é o principal responsável por auxiliar no desenvolvimento das coleções de moda. São eles quem pesquisam as tendências, definem os tecidos, a cartela de cores, os materiais e criam os briefings para os estilistas. Ao final do desenvolvimento da coleção, são eles quem acompanham e aprovam as peças piloto e realizam contato com fornecedores até a aprovação final. 

Fotógrafo de Moda 

Diferente do que muitos acreditam, o fotografo de moda não é um fotografo comum, ele precisa ter conhecimentos avançados sobre moda, e conseguir, assim, capturar a essência das coleções e produções de moda. Ele pode trabalhar em editoriais, catálogos, campanhas publicitárias, banco de imagens, fotojornalismo, agências de modelo e notícia, criando composições, retratos, ministrando aulas e muito mais.

Visual Merchandising ou Vitrinista 

Esse profissional é responsável por fazer a montagem e manutenção das vitrines nas lojas. Pode parecer simples, mas para ser um vitrinista bem sucedido é preciso conhecer bastante o mundo da moda, estudar a fundo o tipo de estabelecimento, os produtos que as lojas oferecem e o público interessado por aqueles itens. Além disso, ele precisa estar muito bem alinhado com os objetivos e estratégias de marketing da companhia, para, assim, conseguir expressar nas vitrines os valores da empresa.

Personal Stylist 

Esse profissional tem em suas mãos uma importante missão: ensinar as pessoas a projetar sua auto-imagem de forma positiva. Muitas pessoas não sabem qual o corte de cabelo ideal, as cores que destacam suas qualidades ou as roupas que melhores se adptam ao seu tipo de corpo. Esse profissional avalia o biotipo, o estilo e as características pessoais de seus clientes, e cria, de acordo com essa análise, os looks ideais para aquele perfil. 

Guia prático para os futuros estudantes de Design de Moda 

Figurinista

Esse profissional é responsável por escolher e organizar os elementos visuais utilizados pelos atores em uma produção artística. Para que as cenas e a produção como um todo faça sentido, é preciso que esse profissional leve em consideração os aspectos estéticos e psicológicos dos personagens e cenas em questão. Para isso, ele precisa estudar bastante o período histórico das produções, os hábitos e tradições realizados pelas pessoas na época.

Costureira

Esse profissional é quem desenvolve a peça. É ele quem prepara e cria as amostras de costura, trabalha na montagem dos vestuários, projeta e modela as confecções, unindo os tecidos até que a peça esteja finalizada. As costureiras são quem garantem aos consumidores finais peças de qualidade e estilo. De nada adianta comprar roupas de uma grande grife se as suas costureiras não são de qualidade. Provavelmente suas peças irão durar pouco e o seu investimento não valerá a pena.

Designer de estampas 

Esse profissional, muito criativo, é o principal responsável por desenvolver e aplicar estampas em tecidos, madeiras, palhas, e outras superfícies utilizadas no mundo da moda. É ele quem estuda as principais tendências, as principais técnicas - pintura, ilustração, tipografia, fotografia, design e manipulação de imagens - e as principais superfícies para enfim criar estampas incríveis para os estilistas, lojas e empresas de moda.

Produtor Têxtil

Esse profissional é o responsável por criar tecidos. É ele quem acompanha as atividades de fiação, a tecelagem e a tinturaria dos tecidos, definindo a espessura, as cores, e os cortes de cada malha.

Colunista 

Ao contrário do que muitos pensam, para ser colunista não é necessário ser jornalista. No ramo da moda, é essencial conhecer profundamente as tendências, as referências, os estilos, as pessoas que se destacam nesse meio, e claro, ter boa escrita, dar dicas assertivas e utilizar, sempre, fontes confiáveis.

Blogueira de Moda

Essa profissão é o sonho de muita gente. Porém, para ser uma blogueira de sucesso não basta apenas amar e conhecer sobre moda, é preciso muita dedicação, olhar próprio sobre as tendências, conhecimento e criatividade para escrever e criar conteúdos de qualidade. Esse mercado, apesar de novo, é também muito concorrido. Por isso, para ter relevância nessa profissão é preciso investir em cursos de curta duração, participar de muitos eventos relacionados a moda, ter um networking qualificado, e claro, abusar sempre do bom senso na hora de publicar seus conteúdos na web e nas redes sociais. 

Muito mais do que glamour, é preciso muito amor e dedicação

Muitas pessoas decidem se aventurar no mundo da moda acreditando ser uma profissão extremamente glamourosa. Claro que existem diversos momentos em que o glamour é ingrediente principal, mas essa carreira não se resume apenas nisso. É preciso muito estudo, muita prática, e claro, muita coragem para ousar e fazer diferença.

Amplie seus horizontes, conheça agora mesmo o nosso curso de Design de Moda

Guia prático para os futuros estudantes de Design de Moda 

Design de Moda

Victoria Fernandez

Victoria Fernandez

Victoria é natural da Argentina e se diz muito apegada à sua raiz. Veio para Recife com os pais aos 8 anos de idade e lá se graduou em Design de Moda pela Faculdade Boa Viagem – FBV e se tornou mestre em Design pela Universidade Federal de Pernambuco – UFPE, onde passou a pesquisar a relação: Moda e Fabricação Digital no contexto Fab Lab.