BLOG DA GRADUAÇÃO

O que estudar no curso de Design de Interiores?

Postado por Pablo Nogueira

O bom designer de interiores é aquele que, além de senso estético, bom gosto e criatividade, apresenta também capacidade técnica e uma visão aguçada de mercado. Por essas e outras é que uma boa formação na área faz toda a diferença! Afinal, é exatamente durante o curso de Design de Interiores que a base de conhecimento necessária à futura prática da profissão será desenvolvida, com a solidificação das habilidades. Quer aprender mais sobre os detalhes do curso e sua estrutura curricular? Então continue lendo:

O que estudar no curso de Design de Interiores

Foco do curso

A maior parte da carga horária do curso é voltada para atividades práticas, como o desenvolvimento de projetos. Porém, a grade inclui, também, aulas expositivas sobre técnicas de instalação e iluminação de ambientes, por exemplo. Você aprenderá, ainda, a manusear softwares que facilitam o trabalho do designer, além de desenvolver noções sobre Arquitetura, Engenharia, Arte e muitas outras áreas igualmente interessantes! Não parece estimulante?

Matérias teóricas

Essas disciplinas o ajudarão a se tornar um profissional muito mais completo, com um bom embasamento e capacidade não só de atender, mas de superar as demandas de seus clientes. Confira algumas dessas matérias:

  • Estética e história da arte;
  • Teoria das cores e organização espacial;
  • Estudos de Antropologia e Sociologia;
  • Metodologia do projeto;
  • História do Design;
  • História do mobiliário;
  • Empreendedorismo;
  • Ética profissional.

Além de ser fundamental ter uma percepção estética apurada, um bom designer de interiores deve possuir conhecimentos sobre diversas outras esferas, para que consiga vislumbrar todas as possibilidades em um trabalho.

Tudo que você precisa saber sobre a carreira de Design de Interiores - UNIPE

Matérias práticas

A capacidade técnica do designer de interiores é desenvolvida por meio de uma formação de qualidade com bastante aprimoramento prático. Por mais que posteriormente seja possível se especializar para aproveitar ainda melhor as possibilidades de atuação desse mercado, que são diversas, contar com uma boa base certamente é o melhor diferencial competitivo. Conheça as principais matérias práticas do curso:

  • Oficina de desenho;
  • Desenho arquitetônico;
  • Projeto de interiores — residenciais, comerciais e institucionais;
  • Oficina plástica;
  • Conforto ambiental;
  • Materiais de construção;
  • Instalações prediais;
  • Gestão de obras;
  • Automação de ambientes.

Essas disciplinas o ajudarão a, dentre outras coisas, fazer a leitura correta de plantas estruturais e a trabalhar em conjunto com outros profissionais — sejam arquitetos, engenheiros ou pedreiros — durante a execução de um projeto, habilidades essenciais para a boa execução das atividades diárias.

Estágios e conclusão

Durante o curso você poderá, também, solidificar ainda melhor o que aprende em sala de aula ao fazer estágios, principalmente em empresas conveniadas, e acompanhar eventos indicados por sua instituição de ensino, como workshops, mostras e feiras. Ao final do curso, você precisará, ainda, apresentar um projeto sobre um tema de sua preferência para uma banca que avaliará suas competências e seu aprendizado ao longo da formação. Depois disso é só mergulhar de cabeça no mercado de trabalho!

Graduação versus tecnólogo

Tendo já definido o curso de Design de Interiores, você poderá, então, optar pela graduação, que tem duração de quatro anos, ou pelo tecnólogo, que dura dois anos. Os focos são diferentes: enquanto o primeiro atende melhor que busca por uma carga maior de teoria ou pretende seguir carreira acadêmica, o segundo garante uma inserção muito mais rápida e facilitada no mercado de trabalho. E aí, qual é sua prioridade?

Entendeu direitinho como funciona o curso de Design de Interiores? Então agora parta para a escolha de uma instituição de ensino reconhecida! Assim você com certeza se tornará um profissional diferenciado e, sobretudo, realizado!

Tudo que você precisa saber sobre a carreira de Design de Interiores

Design de Interiores

Pablo Nogueira

Pablo Nogueira

Pablo é de Porto Alegre, Arquiteto com especialização em Gestão Educacional e mestre em Design pela Universidade Federal de Pernambuco – UFPE. Foi em sua passagem pela Universidad de La República em Montevideo, Uruguay, ainda durante a graduação, que o docente se apaixonou pelas metodologias de ensino e aprendizagem dentro da Arquitetura, e passou a trilhar o caminho que, para ele, teria sido natural. Atualmente, Pablo Nogueira é o coordenador dos cursos de Design de Interiores e Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário de João Pessoa – Unipê.

MAIS LIDOS