BLOG DA GRADUAÇÃO

O que é Logística e como ela pode mudar sua vida?

Talvez você não saiba, mas a logística é uma atividade que existe desde a antiguidade. Essa prática era amplamente utilizada na preparação de guerras, na movimentação e na manutenção das forças militares no século VIII a.C, aproximadamente.

Se você não faz ideia do que é logística, mas tem ouvido falar sobre o assunto, esse conteúdo é para você. Hoje, esclareceremos aqui a origem desta imprescindível prática organizacional, sua terminologia, relevância e muito mais. Acompanhe!

Como a logística pode mudar sua vida?

A origem do termo Logística na antiguidade

O significado da palavra logística possui duas vertentes: uma que deriva da palavra grega "Logistikos” e significa cálculo e raciocínio no sentido matemático. E outra que defende que a real origem da palavra vem do francês “Logistique”, mais especificamente do verbo “Loger” que significa alojar ou acolher.

Independente da sua origem propriamente dita, o termo logística foi utilizado por muito tempo para organizar as atividades militares. Nesse período, as guerras eram longas e nem sempre aconteciam próximas às cidades e vilas da época. Por isso, as tropas precisavam planejar com muita precisão quais suplementos levar, as rotas que iriam percorrer e a forma de armazenagem desses mantimentos.

Assim surgiu uma prática que hoje é extremamente vital para muitas empresas e indústrias no mundo todo: a logística.

Baixar ebook

Mas, afinal, o que é Logística?

Agora que você já sabe que a logística surgiu devido à necessidade de organizar pessoas, rotas e suprimentos na antiguidade, ficou mais fácil compreender como essa atividade é fundamental para as empresas atualmente, não é mesmo?

Imagine que naquela época existia um número muito menor de pessoas e rotas no mundo. Logo, o processo de logística se resumia em definir o tipo de suplemento levado para guerra, a função das pessoas dentro da tropa, as rotas ideais para a passagem dos mantimentos e um local específico de armazenagem dos mesmos, de preferência lugares com visão ampla para evitar ataques surpresas.

Tanto no cenário antigo quanto no atual, a logística foi — e ainda é — fundamental na administração do fluxo de pessoas e mercadorias, desde a sua aquisição até o seu transporte e recebimento. Hoje, o número de meios de transporte, rotas, pessoas, produtos e processos tornam o trabalho do profissional de logística ainda mais complexo e vital para as empresas.

Mas, por que a Logística é tão vital para as empresas?

No mundo de hoje, a logística está presente em praticamente tudo que fazemos. Alimentos, eletrodomésticos, livros, roupas, materiais de construção. Todos esses artigos precisam de um complexo sistema de organização para garantir a produção, o armazenamento, o estoque, a compra, a venda, o transporte e a entrega de cada um deles.

E é aí que o profissional de logística entra. Ele é o responsável por administrar o fluxo de cada uma dessas mercadorias, desde a aquisição de matéria prima, até a sua produção, transporte e entrega. Podemos afirmar, grosso modo, que a logística existe porque os produtos, produzidos pelas grandes empresas e indústrias, precisam chegar até seus consumidores.

Imagine o cenário do Brasil: mais de 8.516.000 km² de extensão, inúmeros tipos de indústrias espalhadas por todo país, milhares de opções de armazenamento, centenas de rotas e meios de transporte e um número muito baixo de pessoas qualificadas para gerenciar esses processos com qualidade e eficiência.

Com o avanço da economia brasileira, o mercado está aquecido para os profissionais de logística. Além do número de oportunidades, existe também dezenas de cargos que você pode assumir e segmentos interessantes para quem procura uma rápida e bem-sucedida inserção no mercado de trabalho.

Está interessado em se aventurar nessa área? Compartilhe com a gente as suas dúvidas e anseios sobre o tema!

Baixar ebook

Logistica

Ana Flávia da Fonseca

Ana Flávia da Fonseca

Ana Flávia Pereira Medeiros da Fonseca é reitora do Centro Universitário de João Pessoa - Unipê. Doutora em Ciência da Informação pela Universidade de Maryland-EUA, exerceu cargo de Chefe de Arquitetura de Informação (Chief Information Architect) e Gerente do Departamento de Gestão da Informação do Banco Mundial. Possui experiência em negociação e cooperação internacional na área de projetos de informação com agências multilaterais e bilaterais, administrando programas relacionados à análise e ao apoio de projetos científicos e tecnológicos.