BLOG DA GRADUAÇÃO

Mercado de trabalho para o profissional de Logística

Com o avanço da economia brasileira, o mercado tem ficado cada vez mais aquecido para os profissionais de Logística. Porém, muitos ainda acham que essa profissão se resume em apenas organizar e distribuir materiais. A área de Logística, ao contrário do que muitos pensam, é extremamente abrangente. Além da grande diversidade de segmentos e mercados de atuação, o número de funções e atividades que esse profissional desempenha também pode variar muito.

Para completar, a falta de conhecimento sobre essa área acaba provocando uma falta significativa de profissionais qualificados para atuar em cargos importantes, como Gerente de Logística, Gerente ou Supervisor de Cadeia de Suprimento, Gerente de Operações, Analista de Resultados das Operações Logísticas, Analista de Rotas e Meios de Transporte entre outros.

Hoje, falaremos aqui sobre as principais áreas de atuação e empresas que necessitam desse importante profissional. Vem com a gente!

Profissional de Logística

Armazenagem

O profissional de Logística que trabalha nesta área precisa ser expert em otimizar espaços. Ele será o principal responsável por determinar as condições ideais de armazenagem para cada tipo de produto ou material.

Onde trabalhar? Setor alimentício: empresas que precisam de muito cuidado para armazenar alimentos perecíveis, necessitam de um profissional específico para isso. Carnes e massas, por exemplo, precisam de temperatura e local ideal para não estragarem.

Empresas: Vitamassa, Vitarela, SãoBraz, Friboi, entre outras.

Embalagem

Para trabalhar com embalagem, o profissional de Logística precisa ter conhecimentos avançados nos mais diversos tipos de materiais existentes no planeta para saber, exatamente, qual a melhor forma de embalá-lo e conservá-lo, evitando prejuízos.

Onde trabalhar? Setor de móveis e decoração: cada produto — cadeira, mesa, sofá, geladeira, fogão, cama e armários — foi produzido com um determinado tipo de material, por isso precisa de uma embalagem específica que evite danos e/ou prejuízos à empresa.

Empresas: Tok&Stok, Casas Bahia, Ponto Frio, Insinuante, entre outras.

Estoque

O estoque é uma das mais importantes e abrangentes áreas de atuação do setor Logístico. Para atuar nesse ramo, você precisa conhecer profundamente os processos de uma organização para manter os produtos em ordem, controlar os pedidos e entregas, e ainda, criar relatórios de compras e vendas dos produtos.

Onde trabalhar? Setor de eletroeletrônicos e e-commerce: o avanço da tecnologia faz com que o número de ferramentas aumente cada dia mais. São smartphones cada vez mais velozes, computadores cada vez mais portáteis, facilitadores nos restaurantes, nos espaços públicos, no trabalho e nos afazeres domésticos. Devido a sua complexidade e delicadeza, cada uma dessas ferramentas precisa ser acomodada corretamente, e ainda, solicitada com tempo hábil para suprir a demanda do seu público.

Empresas: Submarino, Ricardo Eletro, Dell, HP, entre outras.

Baixar ebook

Manutenção da informação

Se o setor de estoque é um dos mais importantes, o de manutenção da informação é primordial. É neste setor que as informações de custo e performance da empresa são reunidas. O profissional que atua nesta área precisa ter grande habilidade com os números — saber criar e interpretar relatórios e números de faturamento — e processos. Geralmente, exercem funções mais estratégicas como: Gerente ou Supervisor de Operações.

Onde trabalhar? Setor varejista: principalmente supermercados que precisam receber, armazenar, transportar e comercializar variados tipos de produtos.

Empresas: Pão de Açúcar, Carrefour, Lojas Americanas, Pernambucanas, Droga Raia, entre outras.

Processamento de pedidos

Garantir que os produtos sejam solicitados, armazenados, embalados e assinalados corretamente no sistema é uma função extremamente importante. Porém, todo esse processo tem um objetivo maior: chegar ao local de entrega. Por isso, o profissional de Logística que atua com o processamento de pedidos é aquele que solicita os esforços e garante uma entrega rápida e segura.

Onde trabalhar? Setor ferroviário, rodoviário ou aéreo: locais que recebem diariamente um grande volume de diferentes cargas precisam de um profissional bastante qualificado para garantir o recebimento e o transporte de cada uma dessas cargas.

Empresas: Porto de Cabedelo, Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto, Terminal Rodoviário de Recife, Transnordestina Logística S/A, entre outras.

Transporte

Essa é uma das área da Logística que mais gera custos para uma empresa, por isso o profissional que nela atua deve ter sempre o objetivo de reduzir os gastos. E, para isso, precisa ter conhecimentos avançados em todos os tipos de veículos possíveis: aéreos, aquáticos e terrestres. Precisa saber quais meios são mais seguros e ideias para cada produto transportado, identificar as rotas mais eficazes e monitorar, de perto, cada uma das entregas, prezando sempre pela satisfação do cliente e da empresa.

Onde trabalhar? Transportadoras: empresas de transporte que prestam serviços de transporte, armazenagem e entrega. Geralmente, essas empresas são reconhecidas por ter atendimento rápido, eficiente e flexível. Por serem organizações especializadas, o conhecimento das rotas deve ser nato, assim como a priorização pela qualidade no serviço.

Empresas: Transnordestina Logística S/A, Distribuidora Nordeste, FETRONOR, Transnorte, Movati Transportes, entre outras.

Gostou de conhecer essas áreas de atuação do profissional de Logística? Vale lembrar que estas são apenas algumas das inúmeras áreas que você pode escolher trabalhar. Na faculdade de Logística, você aprenderá as competências necessárias para atuar em todas elas. Ficou com dúvidas ou quer acrescentar algo que tenha ficado de fora? Deixe um comentário, participe!

Baixar ebook

Logistica

Ana Flávia da Fonseca

Ana Flávia da Fonseca

Ana Flávia Pereira Medeiros da Fonseca é reitora do Centro Universitário de João Pessoa - Unipê. Doutora em Ciência da Informação pela Universidade de Maryland-EUA, exerceu cargo de Chefe de Arquitetura de Informação (Chief Information Architect) e Gerente do Departamento de Gestão da Informação do Banco Mundial. Possui experiência em negociação e cooperação internacional na área de projetos de informação com agências multilaterais e bilaterais, administrando programas relacionados à análise e ao apoio de projetos científicos e tecnológicos.