BLOG DA GRADUAÇÃO

Guia definitivo: tudo sobre Gestão da Tecnologia da Informação

Você está querendo conhecer tudo sobre Gestão da Tecnologia da Informação? Saiba que essa é uma área em rápido crescimento. As empresas estão sempre buscando melhorar os seus processos, e os gerentes de tecnologia da informação (TI) são capazes de ajudá-las nessa missão. Obter um diploma nesse ramo certamente lhe trará diversas oportunidades. Os conhecimentos fornecidos neste curso podem equipá-lo para vários cargos cobiçados do mercado TI.

Neste guia, vamos lhe apresentar tudo sobre gestão da TI para que você possa escolher bem o curso do seu futuro. Acompanhe!

guia-definitivo-tudo-sobre-gestao-da-tecnologia-da-informacao.jpg

O que é Gestão de Tecnologia da Informação?

A Gestão de Tecnologia da Informação é a distribuição, organização e controle de tecnologia em uma empresa. Esse processo pode incluir gestão de pessoas, elaboração de orçamentos, administração de computadores, programas e sistemas. Quando configurada, instalada e mantida adequadamente, a tecnologia permite que as organizações operem com o máximo de eficiência.

O que faz o profissional de Gestão de Tecnologia da Informação?

O gestor em Tecnologia da Informação garante que a sua equipe ou departamento atue de modo eficiente e alinhado com os objetivos organizacionais. Trabalha em estreita colaboração com executivos e chefes de departamento a fim de identificar, desenvolver e apoiar novas soluções de tecnologia. Também é responsável por elaborar e garantir a adesão a uma política de TI para a empresa.

Como é o curso de Gestão de Tecnologia da Informação?

O curso de Gestão de TI prepara os alunos para as carreiras de tecnologia, redes e gerenciamento de informação, finanças, telecomunicações, governo e educação. No topo das competências de negócios e de gestão, os graduados aprenderão as habilidades necessárias para ter sucesso em cargos relacionados à tecnologia.

O que se estuda?

Os estudantes que fazem Gestão de TI aprendem as metodologias, conhecem todo o ferramental da profissão, além das políticas e procedimentos ligados à carreira. Concluindo a graduação, o profissional formado terá aprendido a gerenciar a informação de forma estratégica, assim como todas as tecnologias e processos contidos no setor de TI.

Tal aprendizado se dá através de uma série de disciplinas e conhecimentos fornecidos para preparar o profissional para a gestão, planejamento, organização e utilização das tecnologias que manipulam informação em uma empresa. Desta maneira, ao longo de todo o curso, o estudante vai se deparar com todos os principais conceitos de TI e lidará não apenas com o gerenciamento de sistemas, mas também com o desenvolvimento de softwares e a implementação e controle de bancos de dados.

Baixar ebook

De qual maneira o curso prepara o profissional para o mercado?

O foco é mais voltado para a gestão de tecnologias e menos para a utilização das ferramentas ligadas a TI, preparando o profissional para ser, de fato, um gestor, e não um técnico. Por conta disso, o curso também inclui o treinamento em gestão de pessoas, recursos e processos.

Atuando em uma organização, o gestor de TI será responsável por contribuir para a formação dos recursos humanos, exigindo que ele participe ou, até mesmo, conduza projetos ligados tanto à infraestrutura de redes, quanto ao desenvolvimento de softwares, prezando sempre pela qualidade e segurança do setor.

Por se tratar de uma área extremamente ampla e rica em possibilidades, o estudante do curso de Gestão de Tecnologia da Informação deverá concluir diversas disciplinas formativas e complementares que irão deixa-lo preparado para encarar os desafios de um gestor de TI. Alguns dos conhecimentos vistos por este estudante são:

  • Fundamentos de Sistemas de Informação;
  • Gestão de Infraestrutura;
  • Gerência de Redes de Computadores;
  • Desenvolvimento de Software;
  • Gestão do nível dos serviços de Tecnologia da Informação;
  • Seleção e integração de tecnologias e fornecedores;
  • Gestão Estratégica;
  • Marketing;
  • Comércio Eletrônico;
  • Metodologias e Projetos de Software;
  • Princípios de Bancos de Dados;
  • Gestão de Projetos e Equipes;
  • Gestão de Serviços de Tecnologia da Informação;
  • Contabilidade;
  • Probabilidade e Estatística;
  • Estudo de Caso em Gestão de Tecnologia da Informação;
  • Legislação para TI.

Além dos conteúdos vistos ao longo do curso de graduação, o profissional deve buscar constantemente por novos conhecimentos e estar atento às transformações tecnológicas do mercado. Assim, o estudante desta graduação poderá ocupar uma das inúmeras vagas que vem surgindo a cada dia no mercado de TI no Brasil e, até mesmo, no exterior.

Quanto tempo dura e qual é a obrigatoriedade para estágios?

O curso de Gestão de Tecnologia da Informação tem duração de dois anos e meio (5 semestres), totalizando uma carga horária de 2.120 horas. Além disso, é exigida a realização de estágio supervisionado, que pode chegar a 120 horas.

A grande vantagem para os estudantes é que o setor de TI é rico em oportunidades de estágio, oferecendo contratos que vão de 6 meses a 2 anos. Em muitos casos, existe a possibilidade de efetivação, garantindo que o estagiário inicie a sua carreira profissional antes mesmo de concluir a graduação. As remunerações também são atraentes para essas vagas, mas podem variar conforme a carga horária, que costuma ser de 20 a 30 horas semanais.

Quais as responsabilidades do profissional de Gestão de Tecnologia da Informação?

Neste papel, você será responsável pela implementação da tecnologia, dirigindo o trabalho de analistas de negócios, analista de sistemas, desenvolvedores, especialistas em suporte técnico e outros profissionais relacionados à informática. Você deve agregar experiência técnica aos conhecimentos de gestão e comércio.

Os deveres dos gerentes de TI podem variar de acordo com o perfil da empresa na qual ele trabalha e da complexidade de seus sistemas de informação. Contudo, as atividades típicas do dia a dia e o conjunto de habilidades deles incluem o seguinte:

  • São responsáveis pelo planejamento estratégico de TI, incluindo a promoção da inovação e alocação de recursos financeiros;
  • Planejam o operacional da TI, incluindo o planejamento de projetos e a alocação de recursos de mão de obra;
  • Supervisionam os aspectos financeiros de sua equipe ou departamento, incluindo compras, orçamentos e revisões de orçamento;
  • Coordenam a equipe de TI, incluindo contratação, supervisão e desenvolvimento dos profissionais;
  • Comunicam-se e colaboram com executivos e chefes de departamento na organização;
  • Concebem, implementam e aplicam as políticas, procedimentos e boas práticas para a sua equipe ou departamento;
  • Investigam soluções de TI e fazem recomendações para a melhoria de sistemas e infraestrutura;
  • Negociam e aprovam os fornecedores de tecnologia, a terceirização de serviços e os contratos de consultoria.

Quais as opções de carreira?

Os alunos que obtêm um diploma de gerenciamento de tecnologia da informação costumam trabalhar como gerentes de TI — também conhecidos como gerenciadores de sistemas de informação. Esses profissionais podem ser responsáveis pelo desenvolvimento de estratégias tecnológicas, atualização de tecnologias e sistemas de segurança, além de supervisionar e direcionar equipes de TI.

Os deveres exatos de um gerente de TI dependem do porte da empresa em que ele trabalha e do nível de experiência dele. Alguns dos cargos de trabalho mais comuns para gerentes de TI são:

Gerente de Projeto de TI

Também conhecido como Diretor de TI, um Gerente de Projeto lidera um projeto de tecnologia específico. Eles podem ser responsáveis pelo gerenciamento de atualizações e conversões. Normalmente possuem um ou mais profissionais de TI que estão subordinados a ele. As pessoas que ocupam esse cargo possuem pelo menos um diploma de bacharel além de vários anos de experiência.

Gerenciador de Segurança de TI

Um Gerente de Segurança de TI geralmente é responsável por supervisionar a segurança de rede e dados. Eles podem ajudar a desenvolver, implementar e monitorar protocolos de segurança. As posições em nível de entrada podem exigir apenas alguns anos de experiência.

Diretor de Tecnologia (CTO — Chief Technology Officer)

Um CTO projeta e recomenda novas tecnologias para uma empresa ou organização. Eles costumam se reportar a um Chief Information Officer (CIO), mas podem ter mais conhecimentos técnicos. Muitos começam como um Diretor de TI ou Gerente de Projeto. A maioria tem dez ou mais anos de experiência em TI.

Chief Information Officer (CIO)

Um CIO ajuda a desenvolver e supervisionar a estratégia tecnológica para uma empresa ou organização. Eles são os tomadores de decisão. O CIO é uma posição avançada e geralmente requer pelo menos um MBA (Master Business Administration), além de dez anos ou mais de experiência em TI.

Como é o mercado de trabalho para profissionais de Gestão de Tecnologia da Informação?

tudo-sobre-gestao-da-tecnologia-da-informacao.jpg

Apesar de as profissões do mercado de Tecnologia da Informação não serem regulamentadas por nenhum órgão, as ofertas de salários se dão pelo volume de necessidade que as empresas têm em gerenciar e manter atualizada toda a sua infraestrutura de TI. Como destaque entre as profissões e salários, temos:

  • Analista de Tecnologia da Informação: R$ 3,5 mil a R$ 5 mil;
  • Coordenador de Sistemas de TI: R$ 5 mil a R$ 8 mil;
  • Gerente de Projetos em Tecnologia da Informação: R$ 5 mil a R$ 12 mil;
  • Administrador de Banco de Dados: R$ 8.140,00.

Caso o profissional se aperfeiçoe através de cursos e certificações, certamente a sua faixa salarial será ampliada, além de poder atuar em cargos mais específicos.

De acordo com as previsões da consultoria IDC Brasil, divulgadas no início deste ano, espera-se que o mercado de telecomunicações e tecnologia da informação cresça 2,5% em 2017 ante 2016. O segmento de TI deve liderar esse crescimento, com uma expansão de 5,7%, enquanto o setor de telecomunicações crescerá apenas 0,4%.

O foco dos investimentos está em projetos de transformação digital, incluindo a contratação de produtos e serviços para armazenamento de dados na nuvem, segurança, aplicações de realidade virtual, análise de dados e escala melhorada.

Segundo estudo anual da Associação Brasileira de Empresas de Software (ABES), o mercado da computação em nuvem cresceu quase 48% em 2016 e movimentou um valor de 746 milhões de dólares, com base nos dois principais serviços do setor (SaaS e PaaS).

Como ter sucesso na carreira em TI?

Não existe fórmula mágica, mas listamos algumas competências e atitudes que podem ajudar na caminhada do sucesso dentro da área de TI:

Entenda os dados

Os dados são os bens mais valiosos de qualquer organização. Por isso, é muito importante compreendê-los profundamente, conhecendo a forma como as principais aplicações de software estão conectadas e como essas ferramentas tratam essas informações. Além disso, se entender o fluxo de dados de uma empresa, você vai assimilar melhor os processos internos e o modelo de negócio.

Entenda o negócio

Uma grande tendência em TI é o seu alinhamento com a lógica de negócio. Mesmo no nível do CIO, o profissional precisa ter um profundo conhecimento das duas coisas. Essa compreensão comercial permite que você atenda melhor a comunidade empresarial e seja mais inovador.

Aprofunde seus conhecimentos

Se sua experiência principal é a análise de negócios, então você deve ser o melhor analista de negócios. Se você se especializar em comunicações de dados, você deve saber tudo sobre equipamentos, software de comunicação de dados e servidores. Se você é um Gerente de Projeto ou Gerente de TI, saiba como liderar projetos e pessoas.

Não importa qual seja a sua área de atuação ou especialidade, os profissionais de TI valorizam a competência e a profundidade de conhecimento. A menos que haja circunstâncias atenuantes, como ajustes organizacionais, a sua capacidade de executar funções com a segurança de quem realmente entende do assunto será notada.

Seja versátil

Um profissional de TI bem-sucedido certamente possui uma habilidade específica. Eles podem se especializar em segurança na nuvem, gerenciamento de dados, design de sites etc. Contudo, eles devem ser aptos para solucionar qualquer problema de tecnologia — ou sabem onde encontrar informações para solucionar problemas. Versatilidade é uma característica básica desses profissionais!

Seja criativo

O pensamento criativo favorece a resolução de problemas de forma inovadora: adaptar tecnologias antigas, criar novos processos, definir novas abordagens etc. Esses tipos de atividades podem melhorar a sua marca profissional.

Saiba resolver problemas

Normalmente, existem etapas e recursos específicos que os profissionais de TI utilizam para executar as suas tarefas diárias. No entanto, a TI também pode ser imprevisível e são em momentos como esses que os profissionais devem pensar "fora da caixa" e elaborar solução com agilidade.

A habilidade de arquitetar soluções para desafios técnicos é capaz de ampliar os seus conhecimentos, aumentar a sua compreensão de tecnologias específicas e aprofundar a sua capacidade de resolução de problemas, fazendo com que você ganhe reconhecimento.

Seja paciente

Uma grande da rotina de um profissional de TI geralmente inclui a explicação de ideias complexas, o esclarecimento de dúvidas sobre tecnologia da informação, o treinamento de novos colaboradores e a assistência aos funcionários "analfabetos" em tecnologia — tarefas que exigem bastante paciência. Se você é capaz de manter a calma em situações como essas, você possui grandes chances de ser bem-sucedido na área de TI.

Seja analítico

guia-definitivo-tudo-sobre-gestao-da-tecnologia-da-informacao.gif

A solução de problemas de TI requer a análise de causas e efeitos, além da avaliação de diferentes cenários e suas variáveis. Muitas vezes, essas investigações precisam ser feitas rapidamente, em situações de alta pressão, com usuários ansiosos ou gerentes a espera de soluções.

Seja desenvolvendo software ou solucionando problemas de rede, você precisa ter uma boa capacidade de raciocínio dedutivo. Sem essas habilidades, você pode perder um tempo valioso procurando as soluções nos lugares errados ou deixando alguns detalhes importantes para trás.

Saiba gerenciar projetos

A liderança efetiva, o gerenciamento de pessoas e as habilidades de trabalho em equipe podem fazer toda a diferença para alguém em uma função de TI. As conexões que você faz através dos níveis de habilidade compensam ao longo do tempo.

Tenha uma comunicação efetiva

Uma boa comunicação é uma habilidade indispensável nas rotinas de TI. A capacidade de comunicar com clareza os impactos positivos das novas tecnologias em uma organização é capaz de despertar o interesse dos administradores da empresa em realizar investimentos nessa área.

Uma vez que as aprovações de novos projetos são obtidas e as novas tecnologias são implementadas, o sucesso vai depender da relação construída entre o profissional de TI e os demais setores da empresa.

Como escolher a melhor universidade?

Na hora de escolher a instituição de ensino na qual você irá realizar o seu curso de Gestão de TI, é importante considerar as dicas a seguir:

  • Avalie a infraestrutura computacional — veja quantos laboratórios a instituição possui e se oferecem oportunidades mais práticas de estudo, como fábricas de software e infraestrutura de redes.
  • Analise a capacidade da internet da instituição;
  • Busque conhecer o corpo docente que leciona na instituição — verifique quais são os títulos deles (se são mestres ou doutores, por exemplo) e avalie experiência profissional deles;
  • Informe-se sobre os projetos de pesquisa e extensão oferecidos pela instituição — conheça o foco dos projetos desenvolvidos e os tipos de pesquisas que poderão ser realizadas com o incentivo da universidade.

Por que se especializar e quais áreas escolher?

A pós-graduação é uma excelente oportunidade para aprofundar o conhecimento em segmentos específicos da TI. Possuir uma especialização no currículo pode contribuir para aumentar os seus ganhos, além de ser requisito para avançar para alguns níveis da carreira.

Vamos apresentar alguns cursos de MBA e especialização pelos quais você pode buscar ao concluir a graduação. Acompanhe:

MBAs

Arquitetura e Soluções de TI

Capacita profissionais para projetar soluções adaptáveis a uma nova visão de mercado. Também prepara líderes para o gerenciamento e melhoria de arquitetura de sistemas. Os especialistas que concluem esse curso estarão aptos para apresentar projetos inovadores.

Governança de TI

Este curso desenvolve habilidades gerenciais, baseando-se nos padrões já estabelecidos pelo COBIT e ITIL. Os profissionais já inseridos no mercado de gestão em TI saem preparados para os processos de certificação nesses dois padrões de governança.

Business Intelligence com Big Data

O profissional que procura se especializar em Business Intelligence (BI) atua com a extração de dados e sua transformação em informações estratégicas. Atividade que se tornou fundamental para todos os negócios de sucesso. Portanto, a valorização do profissional de BI é grande no cenário atual.

Especializações

Desenvolvimento de Software

Ao se especializar nesse curso, o profissional adquire competências e habilidades para desenvolver softwares para diversas plataformas existentes na atualidade, valendo-se de ferramentas que auxiliam na modelagem de dados e codificação, seguindo as mais atuais metodologias de análise e desenvolvimento de sistemas.

Desenvolvimento de Aplicações e Jogos para Dispositivos Móveis

Tem como objetivo preparar os profissionais para atuarem no desenvolvimento de aplicações para dispositivos móveis, bem como compreender os meios de comercializar esse produto e entender o modelo de negócio. Além disso, são apresentados os fundamentos de Internet das Coisas (IoT).

Segurança da Informação

Ao longo do curso, o profissional desenvolverá habilidades para atuar com auditoria de sistemas, análise de riscos e incidentes, perícia forense, administração de redes, consultoria de segurança, dentre outros.

Engenharia e Qualidade de Software

Busca capacitar os profissionais para atuarem no controle e auditoria de qualidade nos processos de desenvolvimento de software, aplicando técnicas padronizadas de testes para validação do que está sendo desenvolvido.

Desenvolvimento de aplicações para Web

Prepara os profissionais para desenvolver, planejar, gerenciar e integrar aplicações voltadas para web de acordo com os padrões utilizados no mercado.

É preciso buscar certificações de TI?

As certificações profissionais ou tecnológicas não são absolutamente necessárias para trabalhar na área de Gestão de Tecnologia da Informação. No entanto, podem tornar o seu currículo mais atraente para os empregadores. Além disso, você também pode ganhar um salário mais alto.

Abaixo, listamos algumas certificações que você pode buscar para aperfeiçoar as suas habilidades:

  • CCIE™ (Cisco Certified Internetwork Expert);
  • Microsoft Technology Associate;
  • ITIL Foundation V3;
  • PMP Certification.

Conclusão

Apesar das excelentes projeções para a carreira de TI em 2017, os seus desafios não podem ser omitidos. Na maioria das empresas, os investimentos não devem aumentar neste ano. Um fato que preocupa os profissionais da área, pois reflete na impossibilidade de atualizar infraestruturas e softwares ou iniciar novos projetos estratégicos.

Por outro lado, a maioria dos trabalhadores de TI se diz valorizada pela administração das empresas e pelos colegas de profissão, o que contribui para a satisfação no ambiente de trabalho. Além disso, se as projeções do início deste ano se confirmarem, os profissionais de TI não somente terão a oportunidade de buscar os cargos mais remunerados, mas também aqueles que são mais gratificantes para eles.

Gostou do nosso guia com tudo sobre gestão da TI? Então, não deixe de baixar o nosso e-book 9 Razões para Cursar Gestão da Tecnologia da Informação e tenha ainda mais informações sobre o curso!

Baixar ebook

Gestao da Tecnologia da Informacao

Felipe Soares de Oliveira

Felipe Soares de Oliveira

Possui graduação em Ciências da Computação pelo Centro Universitário de João Pessoa (2007), em Tecnologia em Redes de Computadores pelo IFPB (2008), mestrado em Informática, pelo Programa de Pós-Graduação em Informática (PPGI) da UFPB (2010). Desde 2014 é aluno de doutorado do Centro de Informática da UFPE. Atua no UNIPE como professor, instrutor do programa Cisco Net Academy e coordenador dos Cursos Tecnológicos da UBTech-TI. No mercado direciona suas ações como CEO & Co-Founder da Start-UP Media4ALL. Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Redes de Computadores e Internet, atuando principalmente nos seguintes temas: Arquitetura de Redes, Sistemas Distribuídos, Tecnologias para Educação, TV Digital e Internet.

MAIS LIDOS