BLOG DA GRADUAÇÃO

Gestão Ambiental: a natureza pede planejamento

Postado por Bruno Soares de Abreu

Se você acha que ser Gestor Ambiental irá lhe proporcionar inúmeros passeios a céu aberto, horas observando a natureza e que ainda irá receber por isso, saiba que esta graduação vai muito além disso. O papel do gestor é assegurar o uso racional e sustentável dos recursos naturais e a prevenção da biodiversidade. O profissional é responsável por desenvolver, planejar e realizar projetos que objetivam à proteção e a conservação do meio ambiente, como programas de reciclagem e educação ambiental.

Viu só? A responsabilidade ecológica desta carreira faz do Gestor Ambiental um profissional multidisciplinar, que transita em áreas distintas, como: Direito, Administração, Biologia, entre outras. Além de analisar a poluição industrial do solo, da água, do ar e a exploração de recursos naturais. Com base em dados coletados em pesquisas, este profissional também elabora estratégias para minimizar o impacto causado ao meio ambiente pelas atividades humanas.

gestao-ambiental-blog-unipe-graduacao

Qual é o mercado de trabalho deste profissional?

Embora nos venha a cabeça de que ser gestor ambiental está ligado a explorar a natureza, este profissional está habilitado para trabalhar em empresas públicas e privadas nas áreas urbanas, rurais ou industriais. Ele pode atuar no diagnóstico, fiscalização, avaliação de impactos e de riscos ambientais, na gestão de resíduos, no controle ambiental e na área de educação ambiental. Ele também avalia de forma multidisciplinar, técnica e econômica, as tecnologias e práticas gerenciais para minimização dos impactos ambientais adversos; e muito mais.

Você sabe o que é Responsabilidade socioambiental?

Com a sustentabilidade em pauta em todos os setores, a tendência é de que cada vez mais o profissional ligado à área do meio ambiente tenha sua vaga garantida no mercado de trabalho. Muitas companhias perceberam que uma postura responsável em relação ao meio ambiente traz ganhos efetivos para o negócio.

A sociedade despertou e agora percebe que a responsabilidade socioambiental não é apenas das empresas do setor privado, ou do terceiro setor, mas, principalmente das empresas do setor público. Isto se deve principalmente ao fato de que a administração pública é responsável pela qualidade de vida de sua população, e deve ser a fomentadora e a direcionadora para que os mais diversos setores da economia desempenhem as suas atividades sem deixar de lado a sua relação com o equilíbrio do ecossistema no qual se encontra inserida.

mercado-gestao-ambiental-blog-unipe-graduacao

Quais são as habilidades necessárias para ser um Gestor Ambiental?

Ter interesse nesta profissão é essencial para escolhê-la como graduação, mas entender o papel deste profissional na sociedade é tão importante quanto. O egresso do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental deverá ter uma conduta questionadora, de reflexão acerca do mundo em que vive de modo a poder analisá-lo com critérios e técnicas e atuar para transformá-lo. Estar atento às mudanças globais e locais e em sintonia com estas dinâmicas, poderá agir na construção de um mundo mais sustentável.

Enfim, o Gestor Ambiental está preparado para atuar em diversas áreas tanto públicas quanto provadas, mas principalmente focado na sustentabilidade e na responsabilidade socioecológica. Trabalhar em função do meio ambiente e combater degradação realizada pelo homem fazem parte do dia a dia deste profissional. Para ter sucesso nesta profissão é necessário ter a consciência da importância que os projetos ecologicamente corretos têm para a sociedade e acreditar que se cada um fizer a sua parte mais chance de termos um futuro melhor. Seja ecologicamente consciente, a natureza agradece.

Se identificou com este conteúdo? Então, pode pensar em seguir esta profissão.

Baixar ebook

Gestao Ambiental

Bruno Soares de Abreu

Bruno Soares de Abreu

Bruno Soares é graduado em Economia pela Universidade Federal de Campina Grande pela UFCG, Doutor em Recursos Naturais pela UFCG. Especialista em Gestão e Análise Ambiental, Economia e Desenvolvimento Sustentável e Gestão da Agroindústria Sucro-Alcooleira. Por ser extremamente dinâmico, atualmente, Bruno é coordenador dos cursos de Gestão Financeira e Gestão Ambiental no Unipê.