BLOG DA GRADUAÇÃO

Gestão Financeira ou Administração: qual fazer?

Postado por Bruno Soares de Abreu

Muitos estudantes, que têm vocação para a área de negócios, têm dúvidas sobre qual graduação, Gestão Financeira ou Administração, optar, levando em consideração qual carreira irá se dar melhor e qual oferece mais oportunidades de trabalho. Entretanto, vale ressaltar que tanto o gestor financeiro, quanto o administrador, têm aptidões em comum, mas são profissionais distintos no mercado de trabalho.

Neste post, vamos esclarecer as principais diferenças entre as duas carreiras e como cada especialista é requisitado nas corporações. Confira a seguir as características de cada profissão e faça a escolha certa!

gestão financeira ou administração

Gestão Financeira não é Administração

Todo negócio, empresa ou organização, precisa de uma pessoa — ou equipe — capacitada para gerir as pessoas e os recursos existentes nessa companhia. Esse importante papel é desempenhado pelo administrador. Ele possui a capacidade de organizar os projetos de marketing e vendas necessários, de coordenar as compras de matérias primas, estoque e vendas, de conduzir o relacionamento entre empresa, funcionários e fornecedores, e ainda, de cuidar do orçamento e fluxo de caixa das empresas.

Repare bem, esse profissional circula por todas as áreas em uma empresa, desde o planejamento de um projeto até a execução e a análise dos resultados do mesmo. Diferente do tecnólogo em Gestão Financeira, que precisa conhecer todos os processos de uma organização, mas atua mais fortemente no setor financeiro.

As vantagens competitivas do tecnólogo em Gestão Financeira - UNIPE

Bacharelado ou Tecnológico, qual devo escolher?

Apesar de o administrador conhecer sobre tudo em uma empresa, dificilmente esse profissional consegue se aprofundar em uma área ou função específica. Ou seja, ele conhece pouco sobre muitas coisas. Essa é uma das grandes vantagens do bacharelado, pois, com ele, os horizontes do seu conhecimento se expandem, porém, para você se tornar um especialista, você precisa fazer uma especialização, como uma pós-graduação, um MBA ou mestrado.

Já os cursos tecnológicos permitem que o aluno ou o profissional aprofunde ainda mais os seus conhecimentos sobre uma determinada área. Ou seja, você se torna um especialista com conhecimentos específicos de acordo com as demandas do mercado.

Essa modalidade do ensino superior é ideal para as pessoas que desejam uma formação mais rápida, porém, de qualidade.

Mas, afinal, o que faz um tecnólogo em Gestão Financeira?

Como o próprio nome sugere, a gestão financeira é um conjunto de ações e procedimentos que auxiliam na administração e no controle financeiro das empresas. Isso significa que o tecnólogo em Gestão Financeira ou gestor financeiro, terá que administrar todos os gastos de uma empresa, desde a aquisição de matéria prima, até os tributos e pagamentos dos salários. Vale lembrar que o principal objetivo desse profissional é maximizar os lucros da empresa, logo, ele precisará ter conhecimentos avançados em comunicação empresarial, matemática financeira, estatística, administração financeira, economia, marketing e, claro, direito tributário.

Para você que está em dúvida em cursar ou não Gestão Financeira, saiba que esse mercado é muito abrangente, permitindo que você atue de forma ampla ou mais específica ainda, em carreiras como: Analista Financeiro, Analista de Planejamento Financeiro, Analista de Crédito, Analista de Investimento, entre outras.

Conseguiu esclarecer as suas dúvidas? Quer ficar por dentro de mais dicas e notícias sobre carreira e mercado de trabalho? Assine o nosso feed e continue acompanhando o blog!

As vantagens competitivas do tecnólogo em Gestão Financeira - UNIPE

Administracao, Gestao Financeira

Bruno Soares de Abreu

Bruno Soares de Abreu

Bruno Soares é graduado em Economia pela Universidade Federal de Campina Grande pela UFCG, Doutor em Recursos Naturais pela UFCG. Especialista em Gestão e Análise Ambiental, Economia e Desenvolvimento Sustentável e Gestão da Agroindústria Sucro-Alcooleira. Por ser extremamente dinâmico, atualmente, Bruno é coordenador dos cursos de Gestão Financeira e Gestão Ambiental no Unipê.