BLOG DA GRADUAÇÃO

Curso Design de Moda: por que é legal fazer?

Postado por Victoria Fernandez

“Eu preciso saber desenhar para fazer o curso de Design de Moda?”. Essa é uma das principais dúvidas daqueles que desejam ser um profissional de sucesso no mundo glamoroso da moda. Infelizmente, muitas pessoas ainda acreditam que o curso de Moda se resume basicamente em desenhar peças de roupa e organizar desfiles. Essa visão, além de muito rasa, é completamente equivocada. O mundo da moda é recheado de oportunidades, e muitas delas não envolvem, diretamente, os desenhos e desfiles.

Design de Moda

A verdade é que o curso de Design de Moda é extremamente abrangente, divertido e focado no mercado de trabalho. Confira abaixo algumas disciplinas que poderão fazer parte da sua rotina estudantil e apaixone-se ainda mais por essa área!

Você vai aprender a desenhar

Saber ou não desenhar não influenciará o seu sucesso no mercado da moda. Isso porque existem inúmeras opções de carreiras — que não estão ligadas diretamente ao desenho como: Produtor de moda, Cool-hunting, Fotógrafo, Personal Stylist, Figurinista e muito mais.

Além disso, durante o curso de Design de Moda, várias disciplinas como a de Desenho Geométrico e de Observação, Desenho da Figura Humana, Desenho Técnico de Moda e Desenho Estilístico e Ilustração de Moda irão auxiliar você no desenvolvimento dessa competência. Fique tranquilo!

Guia prático para os futuros estudantes de Design de Moda

As atividades práticas são incríveis

Na disciplina de Moulage, por exemplo, você poderá criar looks utilizando um molde tridimensional, ou seja, usando manequins especiais para essa finalidade. Com essa técnica, você conseguirá observar com muito mais precisão o resultado do seu trabalho e assim utilizar toda a sua criatividade para ousar nas suas criações.

Outras disciplinas como Fotografia de Moda, Produção de Moda, Projeto de Moda e Figurino ajudarão você a entender e vivenciar todo o universo da área, permitindo que você faça inúmeros testes, experiências e análises. Lembre-se: tão importante quanto receber nota máxima nessas disciplinas é aproveitar de fato a experiência de poder realizar esses trabalhos com liberdade e ousadia.

Ah! Não podemos nos esquecer de dizer que o próprio Trabalho de Conclusão do Curso é uma das mais importantes atividades práticas da graduação. A última turma de formandos realizou um desfile extraordinário no dia 12/06/2015, você pode conferir algumas imagens aqui.

As teorias são superinteressantes

O curso de Design de Moda é praticamente 50% teoria, 50% prática. Nas disciplinas: Pesquisa e Criação de Moda, Cultura e Moda Contemporânea, História e Teoria do Design, História da Arte, Moda e Indumentária e Sociologia Aplicada a Moda, por exemplo, você aprenderá sobre o passado dessa área, suas origens e histórias.

Esteja certo que tão importante quanto criar pensando no futuro, é conhecer e reconhecer o contexto desse mercado. Por isso, esteja bem atento a essas disciplinas, também. Elas, além de serem infinitamente ricas em detalhes, referências e estilos, vão abastecer você com conhecimentos e argumentos para tudo que criar. Inspire-se!

E lembre-se: se você tem uma grande paixão pela moda, adora pesquisar referências na internet e tem disponibilidade, habilidade e senso crítico para trabalhar e entender as tendências desse mundo, não se preocupe! Isso basta pra você ter sucesso no mercado da moda.

Tem mais alguma dúvida sobre essa carreira? Está cursando Design de Moda e tem uma disciplina que adora? Compartilhe conosco as suas impressões, deixe um comentário!

Guia prático para os futuros estudantes de Design de Moda 

Design de Moda

Victoria Fernandez

Victoria Fernandez

Victoria é natural da Argentina e se diz muito apegada à sua raiz. Veio para Recife com os pais aos 8 anos de idade e lá se graduou em Design de Moda pela Faculdade Boa Viagem – FBV e se tornou mestre em Design pela Universidade Federal de Pernambuco – UFPE, onde passou a pesquisar a relação: Moda e Fabricação Digital no contexto Fab Lab.