BLOG DA GRADUAÇÃO

Conheça mais sobre as oportunidades que o mercado de TI oferece

Em meio à crise, se você optar por fazer algum curso de Tecnologia da Informação, não precisará nadar contra a maré, afinal, esse é um mercado que cresce bastante e já emprega, atualmente, 1,3 milhão de pessoas.

E as perspectivas desse setor são bastante animadoras. Segundo a Brasscom (Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação), há uma demanda nacional crescente por profissionais de tecnologia e a suas contratações terão um aumento de 30% até 2016.

Neste post vamos falar de cinco áreas promissoras de TI, que irão te animar a entrar de cabeça nesse mundo. Acompanhe:

Gestão de TI

Gestão de Tecnologia da Informação

Quem faz o curso de Gestão de Tecnologia da Informação sai preparado para administrar uma infraestrutura de TI, que compreende software, hardware, telecomunicações, banco de dados e pessoas. O objetivo é alinhar todos esses elementos com os negócios da empresa de forma a gerar benefícios.

É um cargo comumente preenchido por diplomados em Gestão de TI, pois estudaram especificamente sobre gestão de negócios. Seu salário médio inicial é de R$ 2.300, podendo chegar a R$ 9.700.

Suporte técnico em informática

A função do suporte técnico é a de resolver os problemas tecnológicos do dia a dia de uma organização. São eles que garantem o funcionamento dos computadores e da sua rede, assegurando aos funcionários o acesso necessário para o devido trabalho.

Para exercer a profissão, é exigido, pelo menos, um curso técnico que te dê a bagagem para identificar e solucionar as adversidades da profissão. No entanto, tecnólogos e bacharéis que concluíram algum curso de tecnologia da informação recebem melhores propostas. O salário médio inicial é de R$ 1.300 e de R$ 3.8000 como sênior.

Baixar ebook

Segurança da Informação

Os ataques de hackers não são novidades para ninguém. Portanto, as empresas precisam de alguém que proteja os dados de seus clientes, como os financeiros. Os profissionais de SI são os especialistas nesse âmbito, agindo no combate aos criminosos. São eles que criam os mecanismos de defesa para que nada seja perdido ou roubado.

Formados em Sistemas de Informação são os privilegiados nesse setor, mas alguns outros graduados em TI também podem atuar. Seu salário médio inicial é de R$ 2.100 podendo chegar a R$ 9.000.

Programação

Esse é um ramo muito pretendido pelos jovens por várias razões. Dentre elas, a possibilidade de criar jogos! Isso porque o programador é aquele que transforma códigos apenas reconhecidos por computadores em softwares completos como navegadores, aplicativos para celular e, como dito, games.

Estudantes de Ciência da Computação são os que ingressam nessa área por terem grande conhecimento para desenvolver os códigos, ou seja, em linguagens de programação como C, Java, PHP etc. Mas alguém formado em Gestão de TI, por exemplo, com esse conhecimento, também pode trabalhar no meio. O salário inicialmente é, em média, de R$ 2.464,00 podendo alcançar R$ 9.300 quando a carreira estiver consolidada.

Administração de Redes

O administrador de redes é aquele que gerencia a rede local e a internet da empresa. É um trabalho bastante técnico que requer um bom conhecimento tanto em hardware, para mexer com o cabeamento, quanto em software, para lidar com os sistemas.

É requerido um curso de Redes de Computadores para aprender todas as técnicas necessárias, o que não impossibilita o trabalho de alguém que esteja fazendo um curso na área de Tecnologia da Informação. O salário médio inicial da área é de R$ 4.100 e de R$ 10.000 como sênior.

E aí, você se interessa pelo mercado de TI? Se identificou com algum trabalho ou curso, como o curso de Gestão de Tecnologia da Informação? Comente com a gente as suas impressões acerca desse vasto mundo!

Baixar ebook

Gestao da Tecnologia da Informacao

Felipe Soares de Oliveira

Felipe Soares de Oliveira

Possui graduação em Ciências da Computação pelo Centro Universitário de João Pessoa (2007), em Tecnologia em Redes de Computadores pelo IFPB (2008), mestrado em Informática, pelo Programa de Pós-Graduação em Informática (PPGI) da UFPB (2010). Desde 2014 é aluno de doutorado do Centro de Informática da UFPE. Atua no UNIPE como professor, instrutor do programa Cisco Net Academy e coordenador dos Cursos Tecnológicos da UBTech-TI. No mercado direciona suas ações como CEO & Co-Founder da Start-UP Media4ALL. Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Redes de Computadores e Internet, atuando principalmente nos seguintes temas: Arquitetura de Redes, Sistemas Distribuídos, Tecnologias para Educação, TV Digital e Internet.