BLOG DA GRADUAÇÃO

Como saber se o curso de fonoaudiologia é o certo para você

Cuidar do sistema auditivo, da voz e da motricidade oral são apenas algumas das principais ocupações de um fonoaudiólogo. No curso de Fonoaudiologia, você estudará toda a comunicação e a linguagem humana e como ela é projetada e compreendida. Por estar intimamente ligado a esse cuidado com as pessoas, este curso faz parte da área de ciências biológicas e pode ter atuação junto a profissionais como psicólogos, neurologistas, dentistas e fisioterapeutas.

Além disso, os fonoaudiólogos podem fazer uma carreira auxiliando atores, cantores e apresentadores na expressão, força e controle da voz. Para exercer esse ofício, é necessário estar registrado no Conselho Regional de Fonoaudiologia após a conclusão da graduação.

Está interessado pela área de ciências biológicas e tem a Fonoaudiologia como uma opção de carreira? Descubra se esse curso é ideal para você e quais os benefícios ao optar por essa profissão!

como-saber-se-o-curso-de-fonoaudiologia-e-o-certo-para-voce.jpg

O curso de Fonoaudiologia

Com a duração média de 4 anos, o curso de graduação em Fonoaudiologia é ofertado como bacharelado (voltado para a atuação no mercado de trabalho). Ele tem como base disciplinas na área de ciências biológicas, entrando em contato com questões de medicina e fisioterapia, e nas ciências humanas, como pedagogia, ética e psicologia, promovendo o contato com diversas áreas do conhecimento.

Por essa razão, a graduação se mostra bem completa, o que permite atender os objetivos de pessoas que procuram atuar na área da saúde, sem necessariamente cursar a medicina ou enfermagem.

A Linguística, por exemplo, estuda os aspectos da linguagem humana e está voltada para a compreensão da fala e da escrita. Já a disciplina de Ciências Sociais na Saúde, busca pensar a saúde como fenômeno social, visto que a audição e a capacidade oral são também influências do meio onde vivemos.

A Fonoterapia já é uma disciplina que tem atuação prática e específica. O objetivo dela é ensinar o profissional a trabalhar com o fortalecimento da função vocal, a partir da anatomia do paciente. Confira algumas outras disciplinas componentes do curso de Fonoaudiologia:

  • Anatomia Humana;
  • Citologia e Histologia;
  • Psicologia e Saúde;
  • Biofísica;
  • Patologia Geral;
  • Fonética e Fonologia;
  • Fundamentos da Farmacologia;
  • Dentologia, Ética e Bioética;
  • Audiologia Educacional;
  • Distúrbio na Linguagem Oral Infantil.

Por ser um curso voltado aos cuidados, é interessante também a grande quantidade de aulas práticas. Elas visam reforçar os conteúdos apreendidos ao longo da graduação, para que o estudante termine o curso pronto para o mercado.

Durante os estudos, os alunos podem aplicar seus conhecimentos em fonoterapia e audiologia, em clínicas de atendimento da Universidade, reconhecendo qual área de atuação ele prefere seguir carreira. Para se tornar bacharel em Fonoaudiologia são exigidos estágio e monografia final.

Baixar ebook

Atuação profissional

A carreira profissional em Fonoaudiologia foi regulamentada em 1981, sendo possível exercê-la apenas por aqueles que concluem o curso de graduação. As áreas de trabalho são quatro:

  • Linguagem: se ocupa de distúrbios na fala e na escrita.
  • Motricidade oral: visa o fortalecimento dos músculos utilizados na fala e na deglutição.
  • Voz: cuida de problemas como a rouquidão, a pronúncia e a respiração de forma correta para a fala.
  • Audiologia: trabalha diferentes níveis em perdas auditivas e questões ligadas ao equilíbrio.

Com um amplo campo de trabalho, esse profissional termina a graduação preparado para exercer suas habilidades. Isso inclui desde a prevenção até a identificação de patologias e o aperfeiçoamento oral e auditivo de pessoas de todas as idades.

Nesse caso, o fonoaudiólogo pode optar por atender instituições de saúde, públicas ou privadas, sendo componente de uma equipe de diferentes profissionais. Mas também existe a opção de atuar como autônomo, investindo em sua própria clínica ou realizando atendimentos domiciliares, para quem prefere construir uma carreira com liberdade nos horários e pagamentos.

Além de oportunidades nas áreas de saúde e educação, existe uma possibilidade de carreira junto à ampliação da capacidade de fala. Pessoas que utilizam a voz como meio de trabalho, como apresentadores, jornalistas, atores e cantores, estão sempre buscando melhorar a dicção. Até mesmo gestores e diretores de empresas têm procurado fonoaudiólogos para melhorarem suas habilidades de apresentação, pronúncia e liderança a partir da entonação.

Para o bacharel em Fonoaudiologia, ainda há a opção de seguir carreira acadêmica, podendo dar continuidade aos estudos com uma pós-graduação stricto sensu, com programas de mestrado e doutorado em outras diversas áreas. Ante ao seu crescimento no mercado de trabalho, essa ciência já abrange 11 diferentes especializações que visam o aprofundamento em alguma área específica de atuação.

Mercado de trabalho

No mercado de trabalho, a profissão tem passado por uma constante valorização. Nos Estados Unidos (EUA), seu crescimento é notável e tem sido percebido em diversas pesquisas. De acordo um estudo realizado pelo Departamento de Trabalho (Department of Labor) dos EUA, acredita-se que a Fonoaudiologia é uma das melhores profissões do futuro, por estar ligada ao bem-estar e ao bom envelhecimento das pessoas.

As pesquisas demonstram que a Fonoaudiologia deverá enfrentar um impulso de 34% até 2022, se tornando uma ótima opção de escolha para as gerações atuais construírem carreira. As expectativas de crescimento ocorrem também devido à identificação de um aumento de patologias auditivas e orais nos jovens de hoje, causados pelo envolvimento constante com diversas tecnologias que permitem sons em volumes muito altos.

Mas é por essa valorização que o salário na profissão também tem progredido. Apesar de não existir um piso salarial unificado em todo o país, a média de remuneração pode chegar até R$ 3.300. Para serviços domiciliares ou privados, os valores podem variar. Uma assistência em perícia judicial gira em torno de R$ 1.800 reais, por exemplo.

No serviço público, como atuação docente em universidades, os salários ultrapassam a média nacional, alcançando a remuneração de R$ 8.300, para uma carga horária de 40 horas semanais.

Perfil do fonoaudiólogo

Quem pensa em construir um futuro como fonoaudiólogo, visto sua valorização, deve levar em consideração algumas características fundamentais. Assim como outras áreas que envolvem o cuidado, o estudante deve gostar de lidar com pessoas e ter a capacidade de atenção para com seus pacientes ou clientes.

Os tratamentos realizados por esse profissional necessitam de mais de um atendimento, sendo muitas vezes algo frequente. Por essa razão, o fonoaudiólogo deve também ser compreensivo e sensível para entender as dificuldades e motivar as pessoas a terminar o tratamento.

Além disso, esse profissional também deve ter interesse pelas áreas da saúde, pois se relacionará muitas vezes diretamente com médicos, fisioterapeutas, enfermeiros, entre outros. Logo, é interessante ter afinidades com áreas da biologia, como anatomia, patologia e fisiologia, devido à presença de disciplinas fundamentais ligadas ao aprendizado do fonoaudiólogo.

Depois dessa leitura ficou fácil decidir se o curso de Fonoaudiologia é o ideal para você! Para saber mais sobre o mercado de trabalho ou receber dicas sobre outros cursos, curta nossa página no Facebook e acompanhe todas as publicações do blog!

Baixar ebook

Fonoaudiologia

Ana Flávia da Fonseca

Ana Flávia da Fonseca

Ana Flávia Pereira Medeiros da Fonseca é reitora do Centro Universitário de João Pessoa - Unipê. Doutora em Ciência da Informação pela Universidade de Maryland-EUA, exerceu cargo de Chefe de Arquitetura de Informação (Chief Information Architect) e Gerente do Departamento de Gestão da Informação do Banco Mundial. Possui experiência em negociação e cooperação internacional na área de projetos de informação com agências multilaterais e bilaterais, administrando programas relacionados à análise e ao apoio de projetos científicos e tecnológicos.