BLOG DA GRADUAÇÃO

Como escolher o melhor curso de Fonoaudiologia?

Um dos principais pontos a serem avaliados na escolha do melhor curso de Fonoaudiologia para a realização da sua graduação é a estrutura que ele oferece para as atividades práticas.

Embora a base teórica também seja importante, é só quando o aluno começa a pôr em prática o que aprendeu em sala de aula que ele pode avaliar seu real aprendizado e também entender melhor quais as especialidades mais lhe interessam. Tendo essa experiência, a chance de atuar com aquilo que mais gosta é muito maior do que quem só enfrenta a realidade após a formatura.

curso-fonoaudiologia-blog-unipe-graduacao

A Clínica Escola de Fonoaudiologia do UNIPÊ

No Curso de Fonoaudiologia do Unipê, os estudantes podem contar com estágios realizados na Clínica própria do curso, a Clínica Escola de Fonoaudiologia. Nas experiências com os pacientes e com os aparelhos usados para diagnóstico e avaliação, o estudante vai conquistando as habilidades necessárias por meio da metodologia humanista aplicada ao longo de todo o curso.

Como diferenciais competitivos do Curso de Fonoaudiologia do UNIPÊ, destacam-se as instalações, os laboratórios e as atividades desenvolvidas. Curso pioneiro no estado da Paraíba, com mais de 15 anos de existência e compromisso com o processo de ensino-aprendizagem, por meio de atividades integradas e diversos campos de estágio. As atividades práticas estão em todos os componentes curriculares desde o primeiro período do curso.

Baixar ebook

Os professores e toda a equipe que compõem a Fonoaudiologia no Unipê estão o tempo todo atualizados em relação às demandas de discussões temáticas da sociedade. Uma das datas que recebem atenção especial durante o ano é o Dia Internacional de Atenção à Gagueira, que tem, a cada ano, um tema a ser abordado. Juntando atividades como palestras e minicursos, as temáticas da área visam atualizar professores e alunos, o tornando capacitados nas discussões e demandas sociais.

O grande diferencial do curso de Fonoaudiologia do Unipê é o fato de os estudantes terem à sua disposição a Clínica Escola de Fonoaudiologia, considerada uma das mais modernas do país, oferecendo vários tipos de atendimentos a crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos.

Infraestrutura voltada para o atendimento da comunidade

Na Clínica, um dos aspectos importantes é o trabalho realizado junto a pessoas com deficiência. Cabe destacar o trabalho com as pessoas surdas, por meio do desenvolvimento, desde cedo, das linguagens orais e escritas e, também, o letramento na Linguagem Brasileira de Sinais (Libras).

A Clinica-Escola ainda realiza exames de médio e alto grau de complexidade e é conveniado a hospitais locais de grande porte para realização das atividades práticas, além de diversas Instituições que possibilitam a realização de atividades de pesquisa e extensão, como o Instituto de Longa Permanência, o Centro de Equoterapia, as Creches, as Escolas, Empresas, Hospitais, Maternidades, entre outros. Outro ponto importante é a integração com os demais cursos de saúde oferecidos no UNIPÊ, possibilitando uma visão generalista e humanista do individuo.

Aliando sempre a prática com a teoria, ao longo do curso de Fonoaudiologia do UNIPÊ, o estudante terá as oportunidades de se desenvolver nas mais diversas especialidades, escolhendo a que melhor se adequa a seu perfil. A prática na Clínica Escola e, em especial, o trabalho com as novas tecnologias nos aparelhos de última geração disponíveis, além dos projetos de Pesquisa e Extensão, torna o egresso apto a ser um profissional de sucesso e preparado aos desafios constantes do mercado de trabalho.

Baixar ebook

Fonoaudiologia

Ana Flávia da Fonseca

Ana Flávia da Fonseca

Ana Flávia Pereira Medeiros da Fonseca é reitora do Centro Universitário de João Pessoa - Unipê. Doutora em Ciência da Informação pela Universidade de Maryland-EUA, exerceu cargo de Chefe de Arquitetura de Informação (Chief Information Architect) e Gerente do Departamento de Gestão da Informação do Banco Mundial. Possui experiência em negociação e cooperação internacional na área de projetos de informação com agências multilaterais e bilaterais, administrando programas relacionados à análise e ao apoio de projetos científicos e tecnológicos.