BLOG DA GRADUAÇÃO

Busque o sucesso profissional na área pública

Muitos são os que buscam a carreira pública por causa dos benefícios oferecidos. Afinal, quem não gostaria de trabalhar com estabilidade — garantida constitucionalmente — e ainda ganhar um excelente salário por isso? Para àqueles que estudam e se dedicam, o sonho eventualmente se torna realidade. Acontece que, ao contrário do que muitos pensam, ser aprovado em um concurso público não significa, necessariamente, a estagnação da carreira. É por acreditar nisso, inclusive, que muitos servidores são improdutivos.

rreira exige, sim, a dedicação do servidor na área pública. Para começar, são inúmeros os cargos que estipulam a pós-graduação como critério para o progresso salarial do servidor na carreira. Além disso, não podemos nos esquecer de que existem os cargos em comissão e as funções de confiança, muitas vezes destinadas aos servidores que mostram capacitação técnica e profissional na área e pretendem assumir cargos de assessoria, chefia (intermediária e superior), entre outros.

A seguir, confira algumas dicas para você alcançar o sucesso na área pública!

Gestor público

Realização de cursos de graduação e pós-graduação

O curso certo pode colocar você na mira do crescimento na área pública. Isso porque, com a adoção cada vez maior de medidas e ações destinadas à implementação de um modelo de administração pública mais gerencial, o que se percebe é que os servidores mais qualificados têm conseguido os melhores cargos em comissão e funções de confiança. Não basta, no entanto, realizar graduações que em nada contribuem para o cargo ou função exercida ou pretendida. É fundamental buscar a qualificação na área certa.

Dentre os cursos que ganham destaque nesse novo momento da administração pública, podemos citar o curso de Gestão Pública. Pois independentemente do órgão ou entidade em que o servidor atua, os cargos e funções disponíveis pela administração exigem mais competências ligadas à administração do que às capacitações técnicas. Se nomeado a uma função de confiança, um auditor fiscal não realizará mais atividades técnicas e burocráticas, por exemplo, mas sim administrativas, ligadas ao planejamento, entre outras. Ou seja, de fato, ele se tornará um gestor público. 

Flexibilização para realização de cursos técnicos

Embora os entraves burocráticos para a realização de cursos ainda sejam marcantes na administração pública — normalmente, é necessária aprovação pelo chefe do executivo —, atualmente há uma flexibilidade maior para conseguir esse tipo de licença. Com a implementação do princípio da eficiência em nossa Carta Magna, a administração pública se vê no dever de estimular e incentivar seus servidores a se qualificarem e prestarem o melhor serviço para a população. Graças a isso, tem sido mais comum a dispensa para esse propósito.

Se você busca trabalhar na área pública, ou se já está inserido nela, você pode contar mais com esse tipo de possibilidade para a sua formação, atualmente. É importante lembrar que esse tipo de capacitação é critério formal para o aumento de salário em diversos órgãos e entidades públicas, além, é claro, de aumentar as chances de conseguir algum cargo ou função relevante dentro da administração — que é o sonho de muitos!

Não podemos nos esquecer, ainda, que o profissional de gestão pública sai na frente dos outros servidores, uma vez que possui capacitação e características essenciais para exercer a profissão com ética e compromisso.

Você pretende entrar no serviço público? Qual concurso irá prestar? Deixe nos comentários!

Baixar ebook

Gestao Publica

Ana Flávia da Fonseca

Ana Flávia da Fonseca

Ana Flávia Pereira Medeiros da Fonseca é reitora do Centro Universitário de João Pessoa - Unipê. Doutora em Ciência da Informação pela Universidade de Maryland-EUA, exerceu cargo de Chefe de Arquitetura de Informação (Chief Information Architect) e Gerente do Departamento de Gestão da Informação do Banco Mundial. Possui experiência em negociação e cooperação internacional na área de projetos de informação com agências multilaterais e bilaterais, administrando programas relacionados à análise e ao apoio de projetos científicos e tecnológicos.

MAIS LIDOS