Arquitetura e Urbanismo

Arquitetura e tecnologia: saiba mais sobre essa relação

Mariana Brito
06-07-2018 6:48

Nem todo mundo sabe, mas arquitetura e tecnologia têm tudo a ver! Não por acaso, bons cursos de Arquitetura e Urbanismo sabem muito bem como explorar essa relação tão íntima com processos e ferramentas tecnológicas.

Levando isso em conta, preparamos este post para explicar como essas duas áreas andam de mãos dadas. Se você tem interesse pelo curso ou é fã das novas tecnologias, continue a leitura do texto até o fim para saber mais sobre esse assunto!

arquitetura-e-tecnologia-saiba-mais-sobre-essa-relação-unipê

Qual é a relação entre arquitetura e tecnologia?

De forma resumida, podemos dizer que elas sempre estiveram juntas. Sim, por mais incrível que isso possa parecer, essa relação já existia antes mesmo de inventarem a faculdade de Arquitetura.

Desde os tempos mais remotos, a humanidade utilizava-se da tecnologia primitiva para construir suas moradias. Apesar de serem recursos bastante simples e arcaicos, a caça, a pesca e as construções só eram possíveis porque os homens usavam instrumentos que possibilitavam a transformação da matéria.

Uma picareta ou um pedaço de madeira já foram exemplos de alta tecnologia, mas não são mais, é claro. No entanto, isso só acontece porque os tempos mudaram e nós desenvolvemos métodos melhores para construir e conceber os espaços — nem sempre existiram smartphones ou máquinas que empilham tijolos.

Dessa forma, é praticamente impossível pensar em Arquitetura e construção civil sem considerar a importância das aparelhagens que viabilizaram a realização desses projetos ao longo dos séculos. Portanto, não seria nenhum exagero afirmar que um esboço arquitetônico não existe sem a tecnologia, pois ele depende dela para ser concretizado e, assim, criar algo de novo para o mundo.

baixe grátis

Como essa relação está na atualidade?

São tantas tendências e novidades na área que fica até um pouco difícil acompanhar tudo o que acontece. Ainda assim, um profissional qualificado deve estar atento às mudanças que se dão em seu campo de atuação. Com Arquitetura e Urbanismo, essa regra não muda.

Aliás, é válido ressaltar que vivemos na era da informação e da tecnologia. Ou seja, a cada semana os recursos ganham novas aplicações e dão um mundo de possibilidades aos usuários. Se essa relação já era notável, ela está ainda mais forte nos tempos atuais.

Modelagem 3D

A modelagem tridimensional — ou modelagem 3D — é uma maneira de renderizar imagens e pequenos vídeos para mostrar como um ambiente ficará depois de pronto.

Imagine-se no lugar de seus clientes: você está contratando um profissional para construir sua casa e nada mais justo do que querer saber, ainda que por cima, como ela ficará após ser construída.

Ou seja, é importante que essa apresentação seja bonita e agradável, já que é necessário convencer as pessoas de que você pode entregar projetos impecáveis e que estejam de acordo com aquilo que elas desejam.

Lembre-se: a pré-visualização do projeto tem um impacto muito grande para o cliente. Por isso, a boa utilização desse recurso pode ser decisiva para qualquer profissional de Arquitetura.

Building Information Modeling (BIM)

O Building Information Modeling, significa, em tradução livre do inglês, "Modelagem da Informação da Construção". Ele é, sobretudo, um conceito que, aliado a softwares específicos, tem muito a colaborar na concepção de projetos arquitetônicos.

De modo bastante simplificado, o BIM é um processo, no qual ocorre a virtualização, a modelagem e o gerenciamento das várias atividades que se dão no ciclo de uma edificação.

Utilizando-o, você pode criar uma representação oficial de uma casa que está construindo, em 3D, 4D, 5D, 6D e até em 7D. Além disso, pode projetar as próximas etapas da construção e reunir informações relevantes sobre documentação, execução, pré-fabricação e do projeto como um todo.

Tudo que é feito através do BIM pode ser usado para a tomada de decisões durante a realização do projeto. Ele torna viável revisar o que já foi feito e acompanhar os detalhes relativos ao fluxo de execução e à entrega final. Alguns dos principais programas utilizados ao redor do mundo são:

  • autoDesk REVIT;
  • vectorworks;
  • bentley AECOsim;
  • archiCAD.

Animação

Calma!

giphy

Você não precisa se preocupar em desenvolver trabalhos de animação para o seu portfólio de arquiteto. Porém, é cada vez mais comum ver a presença de animadores ou designers gráficos em escritórios de arquitetura.

Esses profissionais utilizam a tecnologia para, a partir das modelagens e das visualizações geradas pelos arquitetos, criarem animações para os clientes. Dessa forma, a pré-visualização ganha um componente diferenciado, que certamente influencia na imagem que se tem do projeto, dando mais realismo à edificação.

CAD (Computer Aided Design)

O CAD (Computer Aided Design), também conhecido como Desenho Assistido por Computador, é um nome genérico dado a um tipo de software que ajuda a desenhar plantas e projetos de arquitetura ou construção civil.

Os primeiros esboços deste tipo de recurso tecnológico começaram ainda em 1950, quando nem os computadores eram parte de nossa realidade. Aos poucos, evoluíram significativamente e assumiram um grande protagonismo nas atividades exercidas por engenheiros, arquitetos e designers em todo o mundo.

Nele, há uma série de facilidades para desenhar uma planta ou um prédio, seja como esboço, seja de modo detalhado. Essa pesquisa, feita em 2000, entrevistou alguns escritórios de arquitetura. A conclusão, na época, foi de que cerca de 95% dos entrevistados utilizavam o CAD. Os softwares mais famosos do tipo são o AutoCAD e o AutoCAD 360°.

Como tirar proveito da tecnologia na Arquitetura?

Todas essas ferramentas, apesar de terem diferentes aplicações, são utilizadas com um único propósito: aprimorar o trabalho desenvolvido pelos arquitetos. Ou seja, o profissional que sabe como utilizá-las está à frente de seus concorrentes.

Além disso, outros recursos tecnológicos podem ser utilizados para divulgar o portfólio, conquistar uma nova clientela e criar apresentações com trabalhos já realizados. Enfim, há uma série de usos possíveis que podem impulsionar sua carreira na Arquitetura, com especial destaque para o BIM e para a pré-visualização de projetos.

Arquitetura e tecnologia estão juntas há milênios. Na modernidade, essa relação só se estreitou e vem crescendo cada vez mais. Se você quer seguir carreira na área, compreendê-la é fundamental!

Se você gostou do texto e quer encontrar outros conteúdos bacanas como este, curta nosso perfil no Facebook e fique por dentro das novidades!

clique aqui e faça o download

Recém adicionados

Veja nossas últimas atualizações
Materiais Gratuitos