BLOG DA GRADUAÇÃO

8 características necessárias para ser um dentista

Postado por Marcos Vasconcelos

A escolha de toda profissão requer sempre uma certa dose de vocação, mas também habilidades naturais e postura condizente com o mercado de trabalho. E, para quem decide ser um dentista, estas exigências não fogem à regra, principalmente quando o que está em jogo é um futuro promissor.

Então, se você pretende cuidar da saúde bucal das pessoas, é importante saber das características capazes de projetar esse profissional para uma carreira de sucesso. Afinal, não basta apenas saber realizar determinado procedimento odontológico, mas ter a capacidade de fazê-lo com maestria e transparência.

No post de hoje reunimos as principais habilidades que um dentista deve ter para perpetuar na profissão com seriedade e garantia de retorno financeiro! Confira a seguir!

8-caracteristicas-necessarias-para-ser-um-dentista.jpg

1. Boa coordenação motora

Primeiro, certifique-se que você dispõe de habilidades necessárias para executar procedimentos de qualidade nos seus clientes. Isso porque vocação nem sempre está diretamente ligada à capacidade de fazer bem.

Uma habilidade que deve ser comum a todo dentista é a boa coordenação motora. Imagine que você trabalhará na boca de pacientes, independentemente da especialidade. Sendo assim, movimentos desastrosos não vão agradar nem um pouco.

Além disso, a falta de precisão na hora de manusear os equipamentos pode resultar em acidentes recorrentes, o que rapidamente repercutirá mal entre os pacientes.

2. Identidade ao menos com uma área específica

Não adianta querer dar conta de todas as especialidades ligadas à odontologia, pois seria praticamente impossível. Mesmo que houvesse possibilidade de desenvolver múltiplas habilidades, dificilmente um profissional conseguiria conciliar tudo isso de forma organizada e eficaz.

Então, no decorrer das aulas práticas na faculdade você já será capaz de identificar qual especialidade tem mais a ver com o seu perfil. Assim, quando for montar um consultório, mantenha foco nela — pode ser cirurgia ou endodontia (tratamento de canal), por exemplo.

Quanto mais cedo descobrir essa identidade, melhor para a carreira, pois poderá se dedicar mais precocemente ao aperfeiçoamento dela. Além do mais, fazer o que realmente gosta significa ter maiores chances de colher bons frutos ao longo da prática profissional. Não se esqueça disso!

Baixar ebook

3. Competência técnica no que faz

Esta característica está bem relacionada ao tópico anterior, pois será pouquíssimo provável alcançar competência técnica sem se identificar com o que faz. Portanto, é muito importante ser bom na sua profissão (quem sabe até o melhor?).

Uma dica valiosa para ser um dentista eficiente é não buscar, exclusivamente, o sucesso financeiro, e confundir competência com formação técnica.

Acredite! Você pode ter todos os diplomas voltados para determinada especialidade, mas se não há certa afinidade, essa coleção não terá muita utilidade. Muito menos será garantia de competência, ingrediente principal capaz de dar a você uma lista imensa de clientes fiéis e com direito a recomendação aos amigos.

4. Humildade para ser um dentista

Lembra quando falamos da impossibilidade de dar conta de várias especialidades? Então, mas nem por isso você precisará dispensar pacientes no seu consultório. Uma forma de não desapontá-los é ter a humildade de firmar parcerias com colegas de especialidades distintas.

Assim, você consegue suprir o atendimento em áreas que não domina tão bem e fideliza o paciente no consultório.

Além disso, sempre que você tem a humildade de assumir que não conhece o assunto em determinada área odontológica, contará um ponto a mais com o cliente. Quem recusará a recomendação de um bom especialista, não é mesmo?

5. Disposição para se atualizar

A formação odontológica não terminará com a conclusão da faculdade. Caso você não tenha disposição para estar sempre buscando atualizações e novos métodos de trabalho, pode se esquecer de ser um dentista.

Como todas as profissões, principalmente na área de saúde, quem não acompanha as várias mudanças vai ficar para trás. Isso porque as novas técnicas surgem a todo tempo, tanto com relação a produtos e equipamentos mais acessíveis, como procedimentos menos invasivos, por exemplo.

Portanto, invista em seminários, congressos, cursos e todas as novidades ligadas à sua área. Você não vai se arrepender!

8-caracteristicas-necessarias-para-ser-um-dentista.gif

6. Pontualidade com a rotina de trabalho

Agora que você já tem fortes ferramentas para se tornar um dentista renomado, não vai colocar tudo a perder com atrasos recorrentes e uma postura irresponsável. Assim, você vai atrapalhar toda a rotina de trabalho, deixando os clientes, até mesmo os colaboradores, muito insatisfeitos.

Em pouco tempo, essa fama pode lhe custar caro, afugentando os clientes. E não estamos falando dos atrasos já previstos entre um atendimento e outro, mas sim aquele de todo dia. Isso demonstra pouco profissionalismo e falta de comprometimento com os pacientes.

Para não cair nesse erro, estabeleça horários na agenda que sejam possíveis de serem cumpridos. Agora, se o primeiro atendimento está marcado para às 9h, mas você sempre chega depois das 10h, toda a sua agenda será comprometida.

7. Honestidade com o cliente e colegas

Ninguém gosta de falsas promessas, ainda mais quando o assunto é saúde e estética. Então, além de todos os pré-requisitos já mencionados, lembre-se de prezar pela verdade no diagnóstico.

Essa postura, além de estar inserida dentro do contexto de valores, inerente a toda profissão, tende a render maior credibilidade com o trabalho. Sem ela, será muito mais difícil se manter no mercado, mesmo com competência técnica, certo?

Sendo assim, promessas só deverão ser feitas com 100% de certeza de cumprimento. Se houver riscos de um procedimento não ser bem-sucedido, o cliente precisa estar informado.

O mesmo vale para o relacionamento com os colegas, pois no exercício da profissão um dentista sempre necessita recorrer à parceria no dia a dia. Porém, se você não for honesto, inclusive em relação a pagamentos, logo a má fama ganhará proporções difíceis de serem revertidas.

8. Liderança para a solução de problemas

E, para que um dentista mantenha uma carreira sólida, é imprescindível que ele tenha capacidade para solucionar problemas. Depois de alcançar reconhecimento pelo trabalho, uma boa rede de clientes e contar com colaboradores, é preciso exercer a postura de líder nos negócios.

Portanto, mantenha o controle, mas como um verdadeiro líder, capaz de mobilizar grandes equipes de forma amigável e estimuladora. Assim, você conseguirá desenvolver um ótimo trabalho com a colaboração de funcionários e colegas.

Competência e comprometimento no que faz e com os outros já representam fortes características para iniciar um caminho de sucesso na odontologia. Daí em diante, os bônus virão gradativamente!

Com todas estas dicas, você terá grandes chances de ser um dentista respeitado! Se gostou do post, que tal curtir nossa página no Facebook e acompanhar mais novidades?

Baixar ebook

Odontologia

Marcos Vasconcelos

Marcos Vasconcelos

Graduado em Odontologia. Mestre em SAÚDE COLETIVA pela Universidade de Pernambuco (2003). Tem experiência na área de Saúde Coletiva, com ênfase em Saúde Coletiva, atuando principalmente nos seguintes temas: aids, cárie, perfil, comportamento e higiene. Experiência como executivo de operadora de planos de saúde, gestor do SUS e gestor educacional. Atua nas disciplinas de Saúde Coletiva, Bioética e Metodologia Científica.