BLOG DA GRADUAÇÃO

5 passos para se tornar um Administrador de Redes de sucesso

Se você já atua na área de Redes de Computadores e quer ir muito além com essa profissão, você precisa, além de um sólido e embasado conhecimento na área, seguir algumas etapas que te ajudam de fato a se tornar um verdadeiro administrador de redes e a conseguir, é claro, ser um profissional bem-sucedido e renomado no mercado.

Neste post, listaremos cinco passos fundamentais para que você possa ficar preparado para seguir carreira nesse vasto e promissor mercado de TI. Acompanhe com a gente e fique ligado!

Administrador de Redes

1) Graduação

Primeiramente, cursar redes de computadores, ciência da computação ou afins, no ensino superior, é essencial, afinal, o conhecimento adquirido na faculdade, além de valorizado por qualquer empresa que participar de processos seletivos, é essencial para que você adquira as habilidades e competências necessárias para ser um profissional proativo e que saiba lidar com pessoas, tecnologias e processos.

Além disso, a graduação também abre portas para um possível estágio que certamente enriquecerá o seu currículo. Essa pode ser a experiência necessária antes de entrar no mercado de trabalho como um funcionário pleno!

2) Certificados

Apostar em certificados é sempre um ótimo negócio. Afinal, esses documentos atestam o seu domínio no assunto específico, mostrando para o empregador que você é o profissional qualificado de que ele precisa. Entre os mais relevantes da área de redes, podemos destacar o MCSA e MCSE da Microsoft, FCP Fundamental e Master da Furukawa, além do famoso CCNA, ou Cisco.

Baixar ebook

 

3) Conhecer os serviços de redes de computadores

O profissional da área precisa saber quais serviços serão os mais apropriados para atender as empresas em que irá trabalhar, avaliando o custo-benefício para cada situação.

Podemos destacar três serviços para que você comece as pesquisas: OTRS, Zimbra e Bacula. O primeiro é um gerenciador de processos poderoso que pode dar suporte a varias áreas, fazer cobranças internas etc. O VMware é um provedor de e-mail muito usado internamente entre as empresas e o Bacula é, basicamente, um gerenciador de backup das redes de computadores.

4) Fluência em inglês

Ter, no mínimo, um nível intermediário do idioma é essencial para a maioria dos empregos. No caso do administrador de redes, ser fluente na língua inglesa é extremamente importante porque muitas ferramentas do trabalho apresentam as instruções em inglês. Por fim, a fluência também facilita o acesso a vários cursos disponibilizados apenas nesse idioma.

5) Sempre estudar e se atualizar

O profissional da área tecnológica não pode se contentar em sair da faculdade e, simplesmente, nunca mais estudar! Até porque a tecnologia está em constante movimento, sempre evoluindo e trazendo novidades.

Portanto, ler revistas sobre o assunto para se manter antenado é uma boa. Cursos livres relacionados a um tema que te interesse, além de agregar no currículo, também te manterão por dentro. Uma dica é investir nos oferecidos gratuitamente pela Microsoft. Mas a opção que mais vale a pena, porém requer um pouco mais de tempo e dedicação, é uma pós-graduação de qualidade, mas isso é assunto para outro post! .

Siga esses passos e suas chances de ser um administrador de redes de sucesso será grande! Gostou do artigo? Se sentiu motivado? Tem alguma dúvida sobre o que é necessário? Comenta aí!

Baixar ebook

Redes de Computadores

Felipe Soares de Oliveira

Felipe Soares de Oliveira

Possui graduação em Ciências da Computação pelo Centro Universitário de João Pessoa (2007), em Tecnologia em Redes de Computadores pelo IFPB (2008), mestrado em Informática, pelo Programa de Pós-Graduação em Informática (PPGI) da UFPB (2010). Desde 2014 é aluno de doutorado do Centro de Informática da UFPE. Atua no UNIPE como professor, instrutor do programa Cisco Net Academy e coordenador dos Cursos Tecnológicos da UBTech-TI. No mercado direciona suas ações como CEO & Co-Founder da Start-UP Media4ALL. Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Redes de Computadores e Internet, atuando principalmente nos seguintes temas: Arquitetura de Redes, Sistemas Distribuídos, Tecnologias para Educação, TV Digital e Internet.