BLOG DA GRADUAÇÃO

5 dicas para quem quer fazer faculdade de moda

Postado por Victoria Fernandez

Muitas pessoas crescem com o sonho fazer o curso de Design Moda, mas são desestimuladas devido às instabilidades e incertezas desse mercado. Infelizmente, o que essas pessoas não sabem é que essa área tem crescido exponencialmente no Brasil.

Graças à internet e às redes sociais a moda, hoje, é extremamente acessível a todas as classes, tipos e gêneros. Isso significa que existe, sim, cargos e mercados para todos, basta que você possua habilidades, diferenciais e saiba aproveitar as oportunidades que surgirem.

Design de Moda

Se você tem vontade de se aventurar nesse universo, entenda que, por ser uma área extremamente concorrida, aqueles que recorrem ao curso superior, possuem, consideravelmente, uma grande vantagem. E na faculdade você terá acesso aos principais conteúdos teóricos e práticos que irão ajudá-lo a desenvolver as habilidades e competências necessárias para o seu sucesso nessa carreira.

Para auxiliar você antes e, principalmente, durante o curso de Design de Moda, separamos 5 dicas para você se certificar de que a carreira de moda é a escolha certa para você. Confira!

1. Salve suas referências em um único lugar

Se a sua paixão pela moda é realmente algo que vai além da admiração, você provavelmente salva todos os moldes, looks, esboços, desenhos, vídeos e filmes que o inspiram, certo?

Procure fazer isso em um único lugar, pode ser uma pasta dentro do seu computador, por exemplo. O importante é que você possua um único lugar para visitar quando faltar inspiração. O mais indicado é o uso de redes sociais como o Pinterest, onde além de salvar suas referências você consegue buscar inúmeras outras. Ou, ainda, aplicativos como o Pocket, que vai te ajudar a salvar e acessar conteúdos que se identificou, mas não teve tempo de ler na hora.

Esse reservatório de links, imagens e vídeos o ajudará nas provas e trabalhos da faculdade, porém, será ainda mais útil para aumentar em você a certeza por essa carreira. Use e abuse dessa dica!

2. Persista no seu objetivo praticando suas habilidades

Se você quer mesmo seguir carreira no mundo da moda, alguma habilidade deve ter nessa área, certo? Pode ser costura, pintura, fotografia, desenho, organização, análise crítica, bom senso, ousadia ou qualquer outra habilidade valiosa para o mundo da moda.

O importante é que você, mesmo antes de entrar na faculdade, procure desenvolver o máximo possível essa sua aptidão. Por isso, se você sabe costurar, desenhar, pintar, fotografar, organizar ou analisar as tendências e looks do mundo da moda, comece agora mesmo a colocar em prática as suas ideias.

Não se importe com os erros, muito menos com a perfeição das coisas que você está criando. Este é um momento de apenas praticar as suas habilidades. O desenvolvimento delas será feito dentro de uma universidade, com professores e colegas preparados para maximizar o seu potencial.

3. Crie um blog, diário ou portfólio

Já está com as mãos na massa? O que acha de criar um blog ou portfólio para compartilhar com o mundo as sua criações? Talvez você ainda esteja muito no início e não queira compartilhar com todos os teste que faz. Mesmo que essa seja a sua situação, é muito importante que você salve as suas criações de agora em algum lugar. De preferência onde possa publicar e comentar as suas percepções, dificuldades e aprendizados sobre cada trabalho. Assim, quando estiver na faculdade, você poderá consultar sempre esse seu reservatório particular para avaliar o quanto as suas competências evoluíram.

Além de conseguir observar a sua maturidade com o passar do tempo, o blog, diário ou portfólio serve como uma excelente maneira de se apresentar ao mundo da moda. Os seus trabalhos, ainda que informais, devem ser sempre anexados ao seu currículo e constantemente divulgados em suas redes sociais para mostrar para o mundo os seus interesses e os seus talentos.

Guia prático para os futuros estudantes de Design de Moda

4. Esclareça suas dúvidas com quem entende do assunto

Essa é uma dica que serve para qualquer carreira! Se você tem dúvidas, curiosidades e gostaria de saber mais a fundo como é o dia dia do profissional que trabalha com moda, você pode conversar e fazer perguntas diretamente para quem já está nesse mercado!

Muitos professores, celebridades, blogueiras e entusiastas da moda mantêm suas redes sociais e, claro, os seus blogs constantemente atualizados — aproveite esses canais para estreitar laços, fazer amizades e contatos profissionais com essas pessoas.

Não tenha medo de interagir com elas, ou mandar as suas perguntas para a gente aqui no blog do Unipê! Temos certeza de que assim como nós, elas também farão de tudo para esclarecer as suas dúvidas e falar do trabalho.

5. Defina o seu foco

Um conselho extremamente importante para quem ainda não entrou, mas deseja muito entrar numa faculdade de Moda é: defina o seu foco. Você quer montar o seu próprio negócio? Quer trabalhar com moda para gestantes? Ou deseja se inserir, mesmo que lentamente, no glamouroso mundo dos desfiles?

Entendemos que é complicado decidir, pois muitas pessoas apaixonadas pelo mundo da moda acreditam que irão se encontrar durante o curso. Porém, quanto mais cedo você souber em qual área você quer atuar, ou quais atividades deseja desempenhar, mais cedo e com mais qualidade você conseguirá desenvolver as suas habilidades e competências.

Porém, claro, nunca deixe de aproveitar todas as oportunidades dentro do curso. Inúmeras aparecerão para você, então não tenha medo de mudar de ideia e acabar decidindo ser um produtor de moda ao invés de um estilista, por exemplo.

E aí, está animado para fazer uma faculdade de Moda? Ainda tem dúvidas? Compartilhe-as com a gente e continue navegando aqui no blog, que está recheado de informações e dicas legais sobre o curso.

Guia prático para os futuros estudantes de Design de Moda

 

Design de Moda

Victoria Fernandez

Victoria Fernandez

Victoria é natural da Argentina e se diz muito apegada à sua raiz. Veio para Recife com os pais aos 8 anos de idade e lá se graduou em Design de Moda pela Faculdade Boa Viagem – FBV e se tornou mestre em Design pela Universidade Federal de Pernambuco – UFPE, onde passou a pesquisar a relação: Moda e Fabricação Digital no contexto Fab Lab.