BLOG DA GRADUAÇÃO

5 dicas legais para quem quer ser estilista de moda

Dentro do mundo da moda, uma das profissionais mais desejadas é a do estilista de moda. Esse profissional, por trabalhar diretamente com a criação de roupas, sapatos, bolsas e acessórios em geral, costuma ser o sonho de todos que pretendem cursar Design de Moda.

Porém, o que muitos não sabem é que para ser um estilista de moda de sucesso, não basta apenas saber desenhar e criar peças com facilidade. Existem outras habilidades e técnicas que um bom estilista só vai adquirir dedicando-se aos estudos e aperfeiçoamentos.

Dicas para ser estilista de moda

E, para auxiliar nessa jornada, separamos 5 pequenas, mas valiosas, dicas para você se inserir nesse glamoroso mercado com mais facilidade. Confira!

Seja criativo

Uma importante característica que você precisa desenvolver para trabalhar como estilista de moda é ser criativo. Criatividade é alimentar o cérebro com novas informações.

Busque estimular sua imaginação todos os dias. Para isso, tente procurar dentro de você a sua essência, algo que te inspira e te empurra pra frente. Ouça músicas que você aprecia, participe de exposições de arte, fotografe, assista a filmes ou viaje, não importa, o lance é manter a sua mente trabalhando sempre. Estes momentos de lazer e até mesmo o simples fato de dar uma boa gargalhada estimulam — e muito — a área do cérebro responsável pelos “insights”. Então, usufrua-os sem moderação!

Escolha trabalhar com o que você gosta

O mercado de trabalho na área de Design de Moda é bastante abrangente e diversificado. Escolha um nicho que melhor encaixa no seu perfil e, com certeza, trabalhará mais motivado e inspirado, podemos destacar alguns:

  • Moda Gestante: mercado que oferece grandes oportunidades, principalmente com o avanço das blogueiras, que constantemente abordam o tema escrevendo sobre celebridades como Kim Kardashian, Blake Lively, Luana Piovani, Deborah Secco e muito mais.
  • Moda Plus Size: esse nicho é uma grane oportunidade para os estilistas que estão começando sua carreira. Estima-se que esse mercado movimente anualmente cerca de R$ 4,5 bilhões no país.
  • Moda Sustentável: por ser pouco explorado, esse nicho pode se tornar uma grande oportunidade para os designers mais ecológicos.
  • Moda Brechó: esse nicho é uma grande chance para os estilistas que gostam de misturar artigos modernos com peças conservadoras, dando um toque de novidade nas roupas, acessórios e calçados. Pense nisso!
  • Moda Streetwear: esse estilo, além de descolado e basicamente jovem, por causa da ousadia, tem aberto muitas portas no mundo da moda. Ele representa o “estilo das ruas” de forma moderna e original, misturando estampas florais, com poá, imagens renascentistas, tie-dye e muito mais. Para as mulheres, os bonés e toucas estão em alta, inclusive entre as famosas como Cara Delevingne e Rihanna.

Guia prático para os futuros estudantes de Design de Moda

Aprimore e aperfeiçoe as suas habilidades

Para ser um estilista de moda, você precisa saber combinar estampas, trabalhar com cores e texturas, e buscar sempre novos elementos para fazer as suas composições. E, para adquirir tais habilidades, nada melhor do que se aperfeiçoar na área.

Fazer um curso de Moda pode te ajudar a aprimorar as suas habilidades e a colocar a mão na massa de verdade. Nele, você terá a oportunidade de aprender sobre técnicas de produção e sobre todo o processo criativo envolvido na criação de roupas.

Portanto, vale a pena investir em cursos de curta duração, como: Corte e Costura, Modelagem, Fotografia, Estamparia, e por que não em uma graduação em Design de Moda. Quanto mais você estudar e se aperfeiçoar na área, mais você se tornará um profissional hábil para atuar da melhor forma possível nesse concorrido, mas promissor mercado.

Fique ligado nos eventos de moda

Essa é uma dica de ouro que deve ser guardada. Os eventos são possibilidades de se atualizar e refrescar a mente em relação a novas tendências e estilos. Não deixe de acompanhar o que os seus — talvez os seus futuros — companheiros de profissão andam fazendo. Afinal de contas, no mundo da moda, referência e troca de ideias são muito importantes.

Aproveite essas oportunidades para fazer sua rede de contatos e trocar experiências. Conhecer novas pessoas é uma ótima chance de descobrir novas histórias e pensamentos.

Conheça vários estilistas

Para ser um estilista de moda de sucesso, nada mais primordial do que conhecer sobre as referências na área. Nesse sentido, conhecer e acompanhar as pessoas mais influentes nesse universo é essencial para você criar uma bagagem cultural (até mesmo histórica sobre a moda) e para servir também de inspiração para a sua carreira e para os seus trabalhos profissionais.

Mas não se limite apenas aos grandes nomes! Atente-se também aos pequenos nichos de estilos, como, por exemplo, as rendeiras do interior. Elas poderão te ensinar muito sobre técnicas específicas, estilos de corte e manuseamento de tecido.

Gostou da nossa seleção de dicas? Tem alguma para comentar com a gente? Compartilhe conosco as suas percepções. Deixe um comentário

Guia prático para os futuros estudantes de Design de Moda

 

Design de Moda

Ana Flávia da Fonseca

Ana Flávia da Fonseca

Ana Flávia Pereira Medeiros da Fonseca é reitora do Centro Universitário de João Pessoa - Unipê. Doutora em Ciência da Informação pela Universidade de Maryland-EUA, exerceu cargo de Chefe de Arquitetura de Informação (Chief Information Architect) e Gerente do Departamento de Gestão da Informação do Banco Mundial. Possui experiência em negociação e cooperação internacional na área de projetos de informação com agências multilaterais e bilaterais, administrando programas relacionados à análise e ao apoio de projetos científicos e tecnológicos.

MAIS LIDOS